UAI
Publicidade

Estado de Minas ECOLOGIA

Txai e Almir Suruí defendem a Amazônia no 'Roda viva'

Dupla será entrevistada nesta segunda-feira (29/11), no programa exibido pela Rede Minas. Filha e pai se destacam na luta contra a destruição da floresta


29/11/2021 04:00 - atualizado 29/11/2021 07:50

A líder indígena brasileira Txai Suruí sorri, usando cocar e roupa típica de sua tribo, sentada num palco durante a COP-26, na Escócia
Txai Suruí durane a COP-26, na Escócia (foto: Jordi Zamora/AFP)
Txai e Almir Suruí, importantes lideranças da luta em defesa da Amazônia, serão os entrevistados do “Roda viva” desta segunda-feira (29/11), às 22h, com transmissão pela TV Cultura e Rede Minas.


Filha de Almir, Txai foi a primeira indígena a discursar na Conferência do Clima da ONU. Ela participou da COP-26, realizada este mês, em Glasgow, na Escócia.

“O clima está aquecendo, os animais estão desaparecendo, os rios estão morrendo e nossas plantas não florescem como antes. A Terra está falando, e ela nos diz que não temos mais tempo”, afirmou Txai, ao exigir providências urgentes contra a destruição da floresta amazônica, invadida por garimpeiros, madeireiros e grupos que atuam ilegalmente na região.



Coordenadora do Movimento da Juventude Indígena, Txai vai se formar em direito, no final deste ano, pela Universidade Federal de Rondônia. Ela trabalha na assessoria jurídica da Associação de Defesa Etnoambiental, ONG que defende os direitos dos indígenas.

O movimento que Txai dirige promove ações em defesa da demarcação de terras e da garantia dos direitos de povos originários. O programa “Roda viva” é comandado pela jornalista Vera Magalhães.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade