UAI
Publicidade

Estado de Minas

Inspirado no filósofo grego, ''Diógenes'' traz dramas de morador de rua

Monólogo on-line com Alexandre Toledo traz morador de rua como filósofo, poeta, sociólogo, revolucionário marginal e disparando pérolas para a plateia


30/09/2021 04:00 - atualizado 30/09/2021 07:27

None
(foto: Igor Cerqueira/DIVULGAÇÃO)

Alexandre Toledo apresenta no YouTube do Memorial Vale a peça “ Diógenes ” nesta quinta-feira (30/09), às 19h30. O monólogo, com texto e atuação do ator e direção de Fernando Chagas, é sobre um morador de rua , livremente inspirado no filósofo grego Diógenes, que viveu na Grécia no quarto século antes de Cristo. Diógenes passou para a história como cínico e muitos de seus ditos ecoaram pelos séculos seguintes e foram recolhidos no texto apresentado por Toledo.

• • •

“Meu personagem é um morador de rua profundamente crítico com o mundo que o cerca”, diz o ator e dramaturgo. “Ele nasceu da necessidade de me posicionar frente ao que estava acontecendo no Brasil em 2013 e cujos reflexos continuam produzindo resultados bem nefastos até nossos dias.” Durante 50 minutos, o morador de rua, uma espécie de filósofo, poeta, sociólogo, revolucionário marginal, dispara suas pérolas para a plateia. Mas tudo o que fala esconde uma dor que, aos poucos, vai se revelando. Diógenes fala do mundo para falar de si e de suas dores.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade