Publicidade

Estado de Minas LANÇAMENTO

Thiago Ramil reúne música e imagem em álbum inspirado nas quatro estações

Durante a pandemia, compositor gaúcho mobilizou 10 produtores e artistas visuais para criar 'O sol marca o andar do tempo e a imensidão do universo todo dia'


04/05/2021 04:00 - atualizado 04/05/2021 07:04

Thiago Ramil criou álbum visual durante a pandemia, com todos os participantes em home office (foto: Geórgia Macedo/Divulgação)
Thiago Ramil criou álbum visual durante a pandemia, com todos os participantes em home office (foto: Geórgia Macedo/Divulgação)

Sobrinho dos irmãos Kleiton, Kledir e Vitor Ramil – destaques gaúchos da MPB –, o cantor, compositor e instrumentista Thiago Ramil lança o disco “O sol marca o andar do tempo e a imensidão do universo todo dia” (Escápula Records) com uma proposta diferente. As estações do ano inspiraram quatro EPs que formam um álbum visual com13 canções e quatro curtas-metragens, “costurados” pela bailarina e antropóloga Geórgia Macedo.

“Unidas, as faixas revelam minhas distintas linguagens artísticas. São quatro caminhos com elementos que se amarram por um fio condutor tanto do ponto de vista musical, da minha composição, quanto visual, com a figura de Geórgia, cuja performance permeia todos os vídeos”, explica o artista gaúcho.

DEGRADÊS 
O álbum visual de Thiago passeia pelas transições – verão (amarelo), outono (vermelho), inverno (azul) e primavera (verde) –, que remetem ao arco-íris e seus degradês. “As músicas variam de cor e som à medida que se afastam de uma estação e se aproximam da outra”, explica. O projeto envolveu quatro produtores musicais e quatro artistas visuais.

Todas as 13 faixas foram compostas por Thiago. “É meu álbum mais longo, com quase uma hora de duração. Quase tudo foi feito no período pandêmico, de isolamento social. Cada um gravou em seu home studio. As parcerias foram virtuais, com diálogos à distância. Fiquei contente com o resultado. É algo novo, em função da situação em que estamos vivendo.”

A adversidade funcionou como metáfora para o novo projeto. “O limite pode ser também potência”, diz Thiago. “Estou feliz por termos conseguido realizar esse trabalho, apesar das dificuldades. Parece que estamos todos muito próximos, como se tivéssemos nos encontrado, embora o tenhamos feito em isolamento.”

Esse é o terceiro álbum de Thiago. “Na verdade, é o encontro de quatro EPs”, observa. “Buscamos a unidade dentro da proposta de quatro expressões. Fui trabalhando com os produtores musicais e com os diretores visuais a ideia das intenções das estações, não como uma coisa explícita, mas como um conceito que permeasse a abordagem de cada trabalho de uma maneira sutil.”

“Verão” tem produção musical de Felipe Zancanaro e Vini Albernaz, com criação visual do coletivo Ilha Maravilha (Vini Albernaz, Marcelo Gafanha e Alércio Pereira). Produzido por Guilherme Ceron, “Outono” tem criação visual assinada por Lucas dos Reis. “Inverno”, com produção musical de Pedro Dom, traz a criação visual de Isabel Ramil e Geórgia Macedo. “Primavera” tem produção musical de Andressa Ferreira e criação visual de Guilherme Becker.

O título traduz o encaixe das quatro peças, explica o compositor. “Ele é a soma dos títulos dos quatro EPs, conforme a ordem de lançamento”, diz, observando que o álbum visual busca dar unidade ao projeto. “As linguagens são bem distintas. O primeiro é animação, o coletivo Ilha Maravilha desenhou imagens sobre os movimentos de Geórgia. O segundo tem linguagem mais cinematográfica, quem assina a direção é Lucas dos Reis, que trabalha com cinema. Este tem a paisagem como protagonista, busca a estética do outono, o frio que vivemos aqui no Rio Grande do Sul”, conta Thiago.

DANÇA 
O terceiro traz a contribuição de Isabel Ramil, prima de Thiago e filha do compositor Vitor Ramil. “Artista visual incrível, ela assina a direção com Geórgia. ‘Inverno’ é muito intenso. No último, assinado por Guilherme Becker, a linguagem é mais próxima do videoclipe, explorando bastante a dança. Estou contente de ter tantas produções e artistas dialogando”, afirma o jovem gaúcho.

Entre os convidados estão os músicos François Muleka, Marissol Mwaba, Gutcha Ramil (irmã de Thiago), Thayan Martins e Pâmela Amaro, além da banda Alívio, que tem se apresentado com Thiago Ramil, que planeja para breve o lançamento do álbum físico.

REPERTÓRIO

Verão (O sol marca)
» “Janela do rosto”
De Thiago Ramil e Tayan Martins
» “A pulga”
De Thiago Ramil e Jonas Samauma
» “Acúmulo”
De Thiago Ramil, Geórgia Macedo, Gutcha Ramil e Andressa Ferreira
» “Manequim”
Thiago Ramil

Outono (O andar do tempo)
» “Receita”
De Thiago Ramil e Gabriel Nunes
» “Cheiro de chuva”
De Thiago Ramil e João Ortácio
» “Marujo”
De Thiago Ramil, João Ortácio e João Salazar

Inverno (E a imensidão do universo)
» “Ser”
De Thiago Ramil, Guilherme Becker e Pedro Dom
» “Gravidade”
De Thiago Ramil e Pedro Dom
» “Roda”
Thiago Ramil

Primavera (Todo dia)
» “Voltar a voar”
Thiago Ramil e Geórgia Macedo
» “Das oito às oito”
Thiago Ramil e Ricardo Borges
» “Aroma de romã”
Thiago Ramil, François Muleka, Jairo Pereira e Jady Hauani

“O SOL MARCA O ANDAR DO TEMPO E A IMENSIDÃO DO UNIVERSO TODO DIA”
.De Thiago Ramil
.Escápula Records
.13 faixas
.Disponível nas plataformas digitais



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade