Publicidade

Estado de Minas MÚSICA

Músico mineiro decide retomar a carreira com o single 'Lockdown'

Vocalista da extinta banda Maghi, Túlio Freitas prepara álbum com canções autorais


10/04/2021 04:00 - atualizado 09/04/2021 22:29

O cantor e compositor Túlio Freitas traduziu no single
O cantor e compositor Túlio Freitas traduziu no single "Lockdown" seus sentimentos e ideias sobre a crise da COVID-19 (foto: No Bake Promo/Divulgação)
 
“O futuro não pertence a nós. Os planos, os rumos podem sempre mudar. E a vida vem sempre para nos ensinar. Nós não sabemos de nada”, diz a letra de “Lockdown”, single lançado pelo cantor e compositor belo-horizontino Túlio Freitas

O músico compôs a canção durante o período inicial da quarentena, imposta como forma de tentar deter a disseminação do novo coronavírus, em março do ano passado. “Foi uma forma de expressar tudo que se passava no mundo, tudo que eu estava sentindo”, diz.
Naquele momento, “de repente, de um dia para o outro foi preciso nos isolar de tudo e de todos, estávamos presos em casa, sem saber o que fazer”, recorda. Desde então, a situação se agravou. “Ainda estamos assim, infelizmente. Perdi amigos e familiares por conta da COVID-19, e isso me fez refletir muito sobre tudo. Definitivamente, não estamos no controle de nada”, afirma o cantor e compositor.

Na letra de “Lockdown”, ele atesta que a crise sanitária jogou “holofotes na desigualdade/holofotes na fragilidade do nosso ser”. Em sua avaliação, a pandemia oferece aos indivíduos e ao mundo uma chance de corrigir o rumo.

“Acho que essa crise mundial veio nos ensinar e mostrar que o ser humano precisa e deve melhorar em muitos sentidos. Precisamos melhorar, precisamos ter mais empatia e entender que somos frágeis. Assim surgiu a inspiração para essa composição.”

O single faz também homenagem aos profissionais de saúde, classificados como o setor da “linha de frente, heróis de verdade”. Túlio canta com acompanhamento apenas de um violão. Ele gravou os vocais em BH. A faixa foi produzida e mixada em São Paulo por Tadeu Patolla, que já assinou trabalhos com Charlie Brown Jr, Biquíni Cavadão, Beto Lee, Projota e Sideral, entre outros. O clipe da canção, disponível no YouTube, foi gravado em uma casa em Casa Branca (Brumadinho).

Túlio Freitas foi vocalista da banda de pop rock Maghi, que se desfez em 2015. Com “Lockdown”, ele encerra um hiato na carreira musical, que pretende retomar em formato solo. “Estou em fase de pré-produção de um álbum com canções autorais, que também será produzido pelo Tadeu Patolla, mas ainda sem data certa para lançamento. Provavelmente, no segundo semestre”, diz.
 
*Estagiária sob supervisão da editora Silvana Arantes



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade