Publicidade

Estado de Minas STREAMING

Série investiga os maiores crimes ambientais brasileiros 

'O ambientalista' procura adotar o estilo 'forense', com trama investigativa. Os 10 episódios estão disponíveis na Amazon Prime Vídeo


25/01/2021 04:00 - atualizado 25/01/2021 08:32

Equipe passou 74 dias viajando para as gravações da série, concluída em 2017 e lançada no CineBrasilTV. Agora, está no catálogo da Amazon(foto: Arquivo pessoal/Neylor Aarão)
Equipe passou 74 dias viajando para as gravações da série, concluída em 2017 e lançada no CineBrasilTV. Agora, está no catálogo da Amazon (foto: Arquivo pessoal/Neylor Aarão)
 
Uma oportunidade para refletirmos sobre os aspectos ambientais que envolvem nossas vidas, direta e indiretamente, num importante sinal de alerta. É assim que Neylor Aarão define a série O ambientalista, que ele apresenta e cujos 10 episódios (de 26 minutos cada um) estão disponíveis na plataforma Amazon Prime Video

Especialista em direito, impacto e recuperação ambiental, ele se define como “um ambientalista de uma corrente moderna que vivenciou os avanços acadêmicos e conceituais do desenvolvimento sustentável, mas acredita que, no momento atual, não cabem discussões”. Na opinião do ativista, “o que se precisa é colocar em prática tudo o que se aprendeu até hoje, pois as tecnologias e o conhecimento disponíveis são mais do que suficientes para que possamos equilibrar as relações entre economia, meio ambiente e sociedade. O que falta agora é muito mais vontade e determinação”.

Nessa primeira temporada, O ambientalista aborda 10 dos maiores crimes ambientais brasileiros, em um clima de suspense, ao estilo que o apresentador define como ‘ambientalismo forense’. Ele afirma que a série dirigida por Marcelo Marques adotou como estilo a investigação científica de crimes, pautando suas narrativas em acontecimentos e denúncias da população local, do Ministério Público e de especialistas da área, além de associações e organizações não governamentais.

Aarão conta que ele e a equipe de gravação da Guerrilha Filmes viajaram cerca de 10 mil quilômetros pelo Brasil, durante 74 dias, passando por Minas, Bahia, Pará, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Distrito Federal. “Viajávamos de barco, carro e avião, conhecendo florestas, tribos, ilhas, locais áridos e inóspitos, para contar a história desses importantes episódios sobre esses 10 grandes crimes ambientais. As gravações começaram em 2016 e foram finalizadas em 2017.”

Além da série, produzida com recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), a peregrinação vai originar o Diário de um ambientalista, sobre o desenvolvimento do projeto e o dia a dia das gravações.

Foi em 2010 que Aarão começou a pensar numa série com esse tema. “Na época, estava pesquisando as questões ambientais e vendo alguns filmes, como sempre fiz. Achava que faltava um programa que pudesse despertar mais o interesse das pessoas em assistir, que tivesse uma abordagem mais investigativa e despertasse também a curiosidade e o interesse das pessoas em acompanhar o desenrolar das histórias.”
 
Formado em direito, Aarão se especializou na área de impacto e recuperação ambiental. Sobre o engajamento da série, ele diz: “Falar que ela não é tendenciosa é difícil, porém seguramos ao máximo, durante a edição, deixando o próprio telespectador tirar a sua conclusão de tudo que estamos investigando. Há muita irresponsabilidade e sempre um problema social acompanha o ambiental. E, geralmente, há algum político e partido envolvidos e levando vantagem de alguma forma.”.

Finalizada em 2017, O ambientalista teve exibição no Canal Cine Brasil TV, no ano seguinte. “Como terminou a exclusividade de exibição, o projeto pôde ser negociado então com outros canais, o que está acontecendo agora.”

Lembrando que “o Brasil está entre os países que mais matam pessoas da área ambiental”, o apresentador diz que, “às vezes, as pessoas acham que estamos representando quando fazemos esse tipo de programa, o que não é verdade. Não estou encenando. Chegamos a ser perseguidos algumas vezes, houve momentos de tensão e ameaças. Mas essas ameaças não podem parar o que cada um precisa fazer”.

Os episódios da série têm por tema: A cidade radioativa, O lixão do Planalto, Armas químicas na lavoura, Amazônia Parte I – Desmatamento, Amazônia Parte II – Invasão de terras indígenas, Barragens, Por trás de Belo Monte, O Eldorado, As crianças contaminadas, Zona de sacrifício.
  
O AMBIENTALISTA
• Os 10 episódios da série de 2017 estão disponíveis na Amazon Prime Vídeo


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade