Publicidade

Estado de Minas REABERTURA

Salas de cinema de BH reabrem com estreias e continuações

Onze filmes estarão em cartaz a partir deste sábado (31), no retorno dos cinema em BH. 'Tenet' e longas infantis são a aposta dos exibidores para convencer o público a voltar às salas


31/10/2020 04:00 - atualizado 31/10/2020 08:01

Em Tenet, de Christopher Nolan, John David Washington é o Protagonista, agente secreto que tem a habilidade de viajar no tempo (foto: Warner Brothers/Divulgação)
Em Tenet, de Christopher Nolan, John David Washington é o Protagonista, agente secreto que tem a habilidade de viajar no tempo (foto: Warner Brothers/Divulgação)
Depois de quase oito meses de espera, o público poderá se reencontrar com as telonas em Belo Horizonte a partir deste sábado (31), quando três redes exibidoras abrem suas salas, adotando uma série de protocolos sanitários definidos no decreto que autorizou a retomada do funcionamento dos cinemas na capital mineira.

Nos meses em que as salas tiveram que permanecer fechadas, muitas produções aguardadas para 2020 foram sucessivamente adiadas e ficaram para o ano que vem, enquanto outras acabaram lançadas exclusivamente nos serviços de consumo doméstico. Ainda assim, a reabertura dos cinemas em BH conta com um leque eclético de opções, com 11 filmes em cartaz a partir de hoje, entre estreias e continuações. 

O grande destaque é Tenet. A ficção dirigida por Christopher Nolane e estrelada por John David Washington e Robert Pattinson se tornou peça de resistência das redes de cinema contra a pandemia em todo o mundo, ocupando o posto de grande lançamento do ano na reabertura.

Depois de três três adiamentos, a Warner decidiu bancar a estreia de Tenet na última semana de agosto em vários países do hemisfério norte, que iniciavam a flexibilização. A decisão foi motivo de polêmica. Enquanto Nolan defendia a necessidade da tela grande para potencializar a qualidade gráfica do filme, que custou US$ 200 milhões, houve quem sugerisse até um boicote às primeiras sessões no exterior, pelos riscos de contaminação do público. 

Após ser lançado, o longa também dividiu opinões. A proposta, que tem John David Washington como um Protagonista (o personagem se chama exatamente assim), capaz de viajar pelo tempo na função de agente secreto, com a missão de evitar a Terceira Guerra Mundial, foi apontada como confusa por críticos de publicações internacionais, como o diário britânico The Guardian e a revista norte-americana Variety. 

O jornal The New York Times classificou o longa como “inegavelmente divertido”, mas ponderou que “sua grandiosidade serve apenas para destacar a fragilidade de sua suposta inteligência”. Encarando a pandemia e as restrições de público, Tenet já arrecadou US$ 341,6 milhões de bilheteria mundialmente (dados do Mojo Box Office). Com classificação indicativa para maiores de 14 anos, o longa vai estrear neste sábado em 33 salas da Grande BH, com versões dubladas e legendadas.

Por enquanto, sua grande concorrência nas bilheterias será com Os novos mutantes, que também estreia hoje. Com rostos mundialmente conhecidos, como Maisie Williams (Game of thrones), Anya Taylor-Joy (The witch), Charlie Heaton (Stranger things), além dos brasileiros Henry Zaga (13 reasons why) e Alice Braga, e trama ligada ao universo de X-Men, o filme é outro candidato a fazer bons números, mesmo com as restrições impostas pela pandemia. 

A história adaptada dos quadrinhos conta sobre outros personagens com habilidades especiais e tem uma abordagem um pouco mais sombria do que os filmes da saga principal. Entretanto, a proposta não agradou à crítica estrangeira, que chegou a classificar o filme como “genérico e, no melhor dos casos, esforçando-se para ser sincero”, no caso do The Hollywood Reporter. 
O francês A maldição do espelho volta ao cartaz, como opção para os fãs do terror (foto: Paris Filmes /Divulgação )
O francês A maldição do espelho volta ao cartaz, como opção para os fãs do terror (foto: Paris Filmes /Divulgação )

ANIMAÇÃO 

Outro candidato a bom público é a animação Scooby! O filme. Com classificação livre, a nova aventura do conhecido personagem canino já estreou em algumas cidades brasileiras onde os cinemas já foram reabertos e figura como a maior arrecadação até aqui da retomada da atividade pós-quarentena. 

O filme também estava disponível em serviços de streaming desde maio. Quem pretende aproveitar a possibilidade de revisitar os cinemas com as crianças ainda tem outras opções nos próximos dias. Uma das estreias deste sábado é Como cães e gatos 3: Peludos unidos!. 

O novo título da franquia iniciada em 2001 tem os personagens caninos e felinos juntos contra um papagaio diabólico empenhado em recomeçar a guerra entre as espécies, que vivem uma trégua. Ainda mais lúdico, É doce também chega às telonas neste sábado. A animação alemã trata de uma turma de gnomos amigáveis e gentis que ajudam um confeiteiro a recuperar sua loja. O filme está em cinco salas, apenas com versões dubladas

Para quem quer drama, uma opção é 40 Dias – O milagre da vida, que acompanha a história de Abby Johnson (Ashley Bratcher), diretora de uma maternidade que revê seu posicionamento em relação ao aborto. O longa é apontado como uma propaganda contrária às campanhas pelo aborto seguro e legal. 

Já a coprodução entre Israel e Bélgica Tel Aviv em chamas, selecionada pelo Festival de Veneza, tem como protagonista um jovem palestino chamado Salam (Kais Nashif). Ele se torna um escritor de novela após um encontro casual com um soldado de Israel de quem fica amigo, em uma sátira sobre a situação conflituosa entre as duas nações. 

Entre os já lançados anteriormente, retornam o terror norte-americano A Ilha da Fantasia e o francês A maldição do espelho. O argentino O roubo do século, baseado em fatos reais, que trata do grupo de atiradores conhecido como Falcon, naquele que seria considerado o maior roubo a banco da Argentina, é outro que reestreia. A lista de filmes em cartaz nesta primeira semana de reabertura tem ainda um peso-pesado para o público juvenil: o documentário Break the silence – BTS, que acompanha os bastidores da turnê mundial Love yourself: Speak yourself, da banda sul-coreana BTS, em 2019, incluindo sua passagem pelo Brasil.
Selecionado pelo Festival de Veneza, Tel Aviv em chamas aborda com humor o conflito árabe-israelense (foto: Samsa Films/Divulgação)
Selecionado pelo Festival de Veneza, Tel Aviv em chamas aborda com humor o conflito árabe-israelense (foto: Samsa Films/Divulgação)


ADIAMENTOS 

“Tentamos fazer uma programação para agradar a todos, com alguns lançamentos configurados para essa reabertura, como Tenet, que é um excelente filme de ação e foi muito bem onde já foi lançado. Ainda temos Os novos mutantes e os filmes infantis. Vários filmes que esperávamos para este ano foram adiados para 2021, mas ainda temos boas opções para ver na tela grande, que é um grande diferencial”, diz Lúcio Otoni, gerente-geral da cadeia de exibição Cineart em Minas e diretor do Sindicato das Empresas Exibidoras de Belo Horizonte, Betim e Contagem.

Na reabertura, nenhum filme nacional estará em cartaz. Segundo Otoni, as produções brasileiras devem aparecer nas próximas semanas. Mas ele não cita nenhum título especificamente. Se produções hollywoodianas muito esperadas para 2020 ficaram para 2021, como Velozes e furiosos 9, Viúva Negra e Um lugar silencioso: Parte 2, e outros foram direto para o streaming, como Mulan, lançado no Disney TV+, ainda há expectativa por grandes filmes até dezembro. 

“Nosso retorno é gradual e vamos programando. Teremos filmes nacionais, e ainda a animação Trolls 2, da Universal, para o início de dezembro, e Mulher-Maravilha: 1984, mais para o fim do ano”, afirma Otoni, sobre as estreias previstas para 2020.

A reabertura em BH é gradual. Muitos cinemas da capital optaram por não reabrir hoje. É o caso das salas da rede Cinemark, presente nos shoppings Pátio Savassi, BH Shopping e Diamond, e dos cinemas de rua, como o Belas Artes e o Cine 104, todos ainda sem previsão. A princípio, as redes que voltam hoje são Cineart, Cinépolis e Sercla. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade