Publicidade

Estado de Minas MÚSICA

Luiza Brina compõe ''oração' para estes tempos de crise

Cantora e compositora mineira lança single, cuja letra fala de aprendizado e silêncio. A baiana Josyara faz participação especial


01/08/2020 04:00

Josyara e Luiza Brina em ilustração de Dan Pascoaleto criada para o projeto Oração 12
Josyara e Luiza Brina em ilustração de Dan Pascoaleto criada para o projeto Oração 12

"Não podemos negar que estamos tendo a oportunidade de escurecer as coisas, ver o que não estava exposto em meio a tanta luz"

Luiza Brina, compositora

Pavimentando o caminho para o que será o primeiro EP de sua carreira, a mineira Luiza Brina lançou o single Oração 12, com participação da artista baiana Josyara. Duas expressões do violão brasileiro hoje, as duas se encontram pela primeira vez para celebrar a música popular entrelaçando suas doces vozes.

Embora tenha nascido antes da pandemia, foi durante o confinamento que Luiza concluiu a canção. Também foi no contexto do isolamento que o EP, previsto para o final de agosto, ganhou seus retoques finais.

“Conversando com minha irmã, ela me contou sobre como Pasolini, diretor italiano de quem gostamos muito, vinha falando sobre o excesso de holofotes sob os quais vivemos hoje, e como a beleza reside, em geral, no sentido oposto a isso. O vagalume, por exemplo, não pode ser visto na claridade. Não há beleza numa pandemia, claro, mas não podemos negar que estamos tendo a oportunidade de escurecer as coisas, ver o que não estava exposto em meio a tanta luz”, comenta Luiza.

A mineira começou a criar as “orações” depois de ter crises de pânico que a impediam de sair de casa, anos atrás. “Era uma forma de usar a canção como suporte para me mover daquele lugar. Fiz a primeira sozinha, a segunda com a Julia Branco e a terceira com o Vovô Bebê. Depois, segui fazendo e gravei mais uma, a Oração 11, que compus com a Brisa Marques”, revela Luiza.

A composição se soma à série que a compositora vem lançando em seus álbuns – há três delas em seu segundo disco, Tão tá (2017), e a quarta faz parte de Tenho saudade mas já passou, lançado em 2019. Desse último ela escolheu a faixa Quero cantar, parceria com a banda Tuyo, para o clipe gravado na Serra do Rola Moça, mostrando um grupo de mulheres durante um passeio de bicicleta.

Realizada em agosto do ano passado, a produção cria um belo contraste ao combinar bonitas imagens com o uso marcante da cor vermelha. A direção é de Raquel Pinheiro. No elenco estão nomes da cena mineira contemporânea, como Julia Branco, Brisa Marques, Mariana Cavanellas e Marina Sena.

Lançado pela Tratore, o novo single de Luiza Brina e Josyara já está disponível nas plataformas digitais.

ORAÇÃO 12

Preciso aprender
o silêncio
como uma oração

Preciso apagar
tantas luzes
e olhar pra escuridão

Porque
o silêncio cuida
da canção

Assim
como um vagalume
vem na escuridão


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade