Publicidade

Estado de Minas SÉRIE

Quinta temporada de 'Superstore' mantém pique da comédia

Funcionários da grande loja de departamentos nos EUA enfrentarão agora problemas como ameaça de deportação e batalha sindical


24/07/2020 04:00

Funcionários da grande loja de departamentos nos EUA enfrentarão na quinta temporada de Superstore problemas como ameaça de deportação e batalha sindical(foto: WARNER/DIVULGAÇÃO)
Funcionários da grande loja de departamentos nos EUA enfrentarão na quinta temporada de Superstore problemas como ameaça de deportação e batalha sindical (foto: WARNER/DIVULGAÇÃO)
Outra comédia ambientada no Meio-Oeste dos Estados Unidos é Superstore – Uma loja de inconveniências. A Warner Channel lança a quinta temporada no início de agosto. No ar desde 2015, Superstore, também uma produção da TV aberta americana (canal NBC) só vê seu prestígio (e consequentemente, sua audiência) crescer em temporadas mais recentes.

Ambientada em uma loja de uma grande rede (a fictícia Cloud 9) em St. Louis, no Missouri, a série criada por Justin Spitzer (The office) passou suas primeiras temporadas mostrando situações divertidas com uma visão crítica sobre o que é trabalhar no mundo (sem nenhum glamour) do varejo. 

A partir do quarto ano, a produção passou a se concentrar nos problemas dos americanos comuns dos dias de hoje. Um imigrante sem documentos que está prestes a ser deportado e a tentativa de sindicalizar os funcionários foram alguns dos destaques da temporada anterior. Tais questões são levadas a sério, mas o tom da comédia permanece leve, mesmo em meio aos dramas.

VERVE 

A quinta temporada mantém a verve. O primeiro episódio mostra Amy (America Ferrara), a gerente, tendo dúvidas sobre os esforços para a sindicalização. Muda de ideia ao visitar o colega Mateo (Nico Santos), que enfrenta deportação para as Filipinas. "Os guardas acham que todas as pessoas sem documentos são latinas, então continuam gritando comigo em espanhol, e eu não entendo o que elas estão dizendo", afirma o personagem.

Além de lidar com a imigração e a negociação coletiva, a estreia também aborda a ameaça que a automação representa para muitos assalariados, nos EUA e no exterior. Enfim, ainda que seja uma comédia americana, Superstore consegue dialogar com o mundo todo. A segurança do elenco, todo muito coeso, é também um dos méritos da produção.

SUPERSTORE – UMA LOJA DE INCONVENIÊNCIAS
A quinta temporada, com 21 episódios, estreia em 3 de agosto, às 13h30, na Warner 
Channel. As quatro temporadas iniciais estão disponíveis na Amazon Prime Video.








receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade