Publicidade

Estado de Minas

Série mineira infantojuvenil promete diversão e mistério

Árvore dos Araújos, ambientada em fazenda da Zona da Mata, une o mundo virtual ao rural


postado em 04/07/2020 04:00

Gravações dos 26 capítulos foram feitas em Piacatuba, distrito de Leopoldina, na Zona da Mata (foto: NICKELODEON/DIVULGAÇÃO)
Gravações dos 26 capítulos foram feitas em Piacatuba, distrito de Leopoldina, na Zona da Mata (foto: NICKELODEON/DIVULGAÇÃO)
Como explicar às crianças sobre as diferentes configurações familiares existentes? Responder a essa pergunta é um dos objetivos da série Árvore dos Araújos, que estreia hoje (4), às 11h30, no Nickelodeon, canal por assinatura. “Vai ter muita aventura, mistério, e é uma forma bacana de contar para as crianças que existe mais de uma formação familiar. Acho que conseguimos falar disso de maneira delicada e muito respeitosa”, garante o diretor Alfredo Alves.

A produção tem como cenário uma fazenda localizada no interior de Minas Gerais. Toda a equipe técnica e os atores da série são mineiros. “Gravamos perto de Piacatuba, um distrito com uns 800 habitantes (em Leopoldina). Nossa equipe tinha 100 pessoas. Foi bem legal, porque passamos a viver lá e a comunidade passou a nos acolher com muito carinho”, detalha.

Uma das protagonistas é Fernanda Farage, de 14 anos, que interpreta Flora. Para ela, a série reforça o respeito à diversidade: “Acho que essa é a parte mais interessante. Tem a ficção, mas também aborda assuntos que estão sendo discutidos atualmente e é muito importante mostrar para a criança que isso é natural”.

Na época em que as gravações começaram, em 2017, a atriz tinha acabado de completar 11 anos. “A série aborda isso de forma muito natural e eu amadureci muito lá, porque tive contato com pessoas diferentes e consegui ver essas configurações diferentes. Eu nunca tinha visto um casal de duas mulheres antes e, a partir do momento que vi isso lá, passei a ver como algo natural, porque é algo natural. Então, percebi que bonito era isso”, conta Fernanda.

Flora, como ela descreve, é uma menina muito extrovertida, que sempre quer estar por dentro de tudo. “E como ela é vlogger, em qualquer oportunidade que encontra, ela começa a gravar vídeo com o celular”, conta Fernanda.

No cenário, as reuniões em volta da mesa repleta de café, pão de queijo e empadão, as roupas, sotaques e gírias são a influência direta do lastro mineiro no enredo. “Estar diante de uma equipe e fazer parte de um compromisso que as pessoas contavam comigo… Foi um amadurecimento muito grande”, diz Fernanda, que estreava ali como atriz.

“No início, eu estranhei bastante, mas depois a gente constrói um laço muito forte. Era uma relação de família mesmo, tomávamos até café juntos. Mesmo depois de três anos esse contato não acabou”, comemora. Ela atuou ao lado de nomes como Kadu dos Anjos, Tito Delgado, Theo Carias, Helena Werneck, Sandra Emília, Léo Quintão e Leri Faria, que faleceu em abril do ano passado.

Ela cita que Flora não estava muito feliz por ir passar as férias em uma fazenda. “No começo (da série), ela está gravando um vídeo falando que ia para Orlando pisar na grama verdinha. E a cena seguinte já corta para ela pisando em monte de lama”, conta, se divertindo.

VILÃO Para o diretor Alfredo Alves, como ocorre em muitas histórias, o vilão Péricles, interpretado por Glicério do Rosário, será um dos queridinhos do público. “Não posso adiantar muito, mas ele mora na casa vizinha a Araújo, não conhece o pai e foi criado pela mãe. Hoje em dia, já adulto, ele tem um quê de estranho. Na frente, se faz de bonzinho, mas por trás ele não gosta muito das crianças e elas percebem isso de cara”, descreve.

“A gente não gosta muito dele e eu acho que é pelo fato de ele implicar muito e em qualquer oportunidade ficar dedurando para os avós. Mas a gente também apronta muito com ele”, admite Fernanda sobre a relação entre as crianças da série e Péricles.

Ela revela que a cena que mais a marcou, e que também é a preferida, ocorreu nos últimos dias de gravação. “Reunimos todo mundo, foi a única vez que isso aconteceu. Um céu muito lindo, todo mundo em sintonia, foi muito lindo”.

*Estagiária sob supervisão do subeditor Eduardo Murta


Árvore dos Araújos
.Série em 26 episódios
.Nickelodeon
.Aos sábados, às 11h30 (estreia hoje, 4)










receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade