Publicidade

Estado de Minas CINEMA

Oscar será entregue em 25 de abril de 2021

Pandemia obriga a Academia de Ciências Cinematográficas a adiar a festa de entrega dos prêmios, que seria realizada em fevereiro, em Los Angeles


postado em 16/06/2020 04:00

Escultura da estatueta do Oscar exposta no Dolby Theatre, em Los Angeles, na cerimônia realizada em fevereiro deste ano (foto: Valerie Macon/AFP)
Escultura da estatueta do Oscar exposta no Dolby Theatre, em Los Angeles, na cerimônia realizada em fevereiro deste ano (foto: Valerie Macon/AFP)

A 93ª cerimônia do Oscar foi transferida para 25 de abril de 2021 devido à pandemia global causada pela COVID-19. O anúncio foi feito ontem pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas e a Rede de Televisão ABC, em Los Angeles. A entrega dos prêmios estava marcada para 28 de fevereiro de 2021.

Coincidindo com a celebração do Oscar, o Museu da Academia de Cinema, cuja abertura ao público estava programada para 14 de dezembro, será inaugurado em 30 de abril, também como resultado da crise da saúde.

“Há mais de um século, os filmes têm desempenhado papel importante, nos confortando, inspirando e entretendo nos momentos mais sombrios. Eles certamente têm feito isso este ano. Nossa esperança, ao estender o período de elegibilidade e a data de entrega, é fornecer a flexibilidade necessária para que cineastas finalizem e lancem filmes sem ser penalizados por algo além do controle de qualquer pessoa”, anunciou o comunicado do presidente da Academia, David Rubin, e do CEO da instituição, Dawn Hudson.

“O próximo Oscar e a abertura do novo museu marcarão um momento histórico, reunindo fãs ao redor do mundo para se unirem através do cinema”, declarou a dupla.

“Nós nos encontramos em território desconhecido este ano. Continuaremos a trabalhar com nossos parceiros na Academia para garantir que o show de 2021 seja um evento seguro e comemorativo que também capture a emoção da abertura do Museu de Cinema da Academia”, afirmou Karey Burke, presidente da ABC Entertainment.

Projetado pelo arquiteto Renzo Piano, vencedor do prêmio Pritzker, o Museu da Academia de Cinema terá seis andares, com espaços para exposições, setores educacionais e eventos especiais, além de um estúdio de conservação, um restaurante e uma loja de museu. Também funcionarão lá os teatros David Geffen Theatre, com 1 mil lugares, e Ted Mann, com 288 assentos.

“Falo por todos nós quando digo que estamos aguardando ansiosamente o momento em que poderemos compartilhar o Museu da Academia com os amantes do cinema de todos os lugares”, afirmou Bill Kramer, diretor da instituição. “Com esta pandemia sem precedentes ocorrendo em todo o mundo e nosso compromisso com a saúde e a segurança de nossos visitantes e funcionários, tomamos a difícil decisão de esperar mais alguns meses para abrir as portas. Felizmente, com os protocolos de segurança em vigor, as exposições continuam sendo instaladas”, informou. “Estamos ansiosos para abril de 2021 chegar. Los Angeles e o mundo poderão se unir enquanto a Academia celebrará o Oscar abrindo seu tão sonhado museu.”

PRAZOS As datas também mudaram para o período de elegibilidade do Oscar, com novos prazos de inscrição e eventos relacionados à temporada de prêmios.

O período de elegibilidade foi estendido. Fixado para até 31 de dezembro, ele passou para 1º de janeiro de 2020 a 28 de fevereiro de 2021.

Inscrições para categorias especiais (animação, documentário longa-metragem, curta-metragem documental, longa-metragem internacional, curta-metragem de animação e curta-metragem de ação ao vivo) poderão ser feitas até 1º de dezembro de 2020.

Já o prazo de inscrição para categorias gerais – melhor filme, trilha original e canção original – vai até 15 de janeiro de 2021. (Estadão Conteúdo)














receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade