Publicidade

Estado de Minas PODER DO BRUXO

'Harry Potter' ganha edição comemorativa aos 20 anos de lançamento no Brasil

Editora aposta no perfil colecionador dos fãs do bruxo e mantém calendário mesmo durante a pandemia do novo coronavírus


postado em 30/04/2020 04:00

O ator britânico Daniel Radcliffe, que interpreta o bruxo, em cena do filme Harry Potter e as relíquias da morte 2(foto: Warner/Divulgação)
O ator britânico Daniel Radcliffe, que interpreta o bruxo, em cena do filme Harry Potter e as relíquias da morte 2 (foto: Warner/Divulgação)

Nãos, a escritora J. K. Rowling recebeu vários antes de conseguir emplacar Harry Potter. Em um bilhete, o primeiro agente literário que ela procurou escreveu: “Minha lista está cheia. A pasta que você enviou não caberia em um envelope”.

Mais tarde, já com um agente, foram 12 negativas de editoras, até que ela conseguisse fechar um contrato com a Bloombury Publishing. Então, a partir de julho de 1997, quando a edição inicial de Harry Potter e a pedra filosofal foi lançada – com apenas 500 cópias, vale dizer – a magia começou a acontecer.

No Brasil, Harry Potter desembarcou em 30 de abril de 2000, quando já era um sucesso não só no Reino Unido, como também nos Estados Unidos – na época, o filme de estreia da franquia (2001) estava em produção.

Vinte anos mais tarde – e 5 milhões de exemplares vendidos, o que faz do Brasil o sétimo maior mercado editorial da obra –, a Rocco lança edição comemorativa.

Os sete livros, publicados originalmente no país entre 2000 e 2007, ganharam novas edições de capa dura – há também um box com todos os volumes. A arte da capa é assinada pelo escritor e ilustrador norte-americano Brian Selznick, autor de A invenção de Hugo Cabret, outro sucesso editorial que ganhou vida no cinema.

Para trazer um novo sabor à edição, as ilustrações se complementam: unidos, os sete exemplares formam um grande desenho com personagens e elementos que representam a história.

A pandemia do novo coronavírus não chegou a mudar os planos da Rocco, que manteve o lançamento para a data prevista. “É uma das séries mais importantes da casa, pois abriu espaço para outras. As pessoas acham que, como ele saiu há muito tempo, está esquecido, mas a gente trabalha o tempo todo (em Harry Potter). Ele representa quase uma editora dentro da editora”, comenta Ana Lima, editora-executiva da Rocco.

SÉRIES

Aproximadamente um terço do catálogo da editora, fundada há 45 anos, é voltado para o público juvenil. Ao lado da saga de J. K. Rowling, a Rocco também publica outras séries: Divergente, Legend, Eragon, Milésimo andar, Crônicas lunares, Renegados, Fala sério, Legado Ranger e O reino das vozes que não calam. 
    
Depois de Harry Potter, a de maior vendagem é Jogos vorazes. A trilogia de Suzanne Collins, publicada entre 2008 e 2012, ganhou neste ano um quarto livro. Ambientada 64 anos antes da narrativa da série distópica, A cantiga dos pássaros e das serpentes será lançada no próximo dia 19 de junho.

Esta não é a primeira vez que a Rocco lança edições com novo projeto gráfico de Harry Potter. Ao longo dessas duas décadas, houve várias novas edições, em que se destacam uma de 2012, com capa branca; a de 2015, com desenhos que atualizavam as capas das versões originais; e a de 2017, com uma capa mais conceitual.

Toda essas, vale dizer, não trazem nenhuma vírgula diferente da tradução originalmente feita por Lia Wyler. Pelo menos cinco edições estão disponíveis, incluindo a primeira, que até hoje está no mercado.

Além dos sete livros principais, a editora também publica três complementares (Animais fantásticos e onde habitam, Quadribol através dos séculos e Os contos de Beedle, o bardo), o roteiro da peça Harry Potter e a criança amaldiçoada, seis guias de referência dos filmes da franquia Harry Potter (que soma uma bilheteria mundial de US$ 9 bilhões), de Animais fantásticos e onde habitam e Animais fantásticos: os crimes de Grindelwald. Já haviam sido lançados os quatro primeiros livros da série em versão ilustrada por Jim Kay.

COLECIONADORES

“Os fãs de Harry Potter, como também os de outras séries, mas principalmente as dos segmentos juvenil e jovem adulto, são colecionadores”, diz Ana Lima. Tudo o que é publicado no Brasil vem do exterior.

“E tem que ser aprovado por eles. É um processo longo.” Os números oficiais da saga dão conta de 450 milhões de livros vendidos em todo o mundo – leia-se: duzentos países e setenta idiomas.

É um mercado que não dá sinais de esgotamento, já que novas gerações vão sendo apresentadas à saga. “Quem leu 20 anos atrás já está apresentando o livro para os filhos, uma vez que as edições ilustradas são para ler junto. Mas o mais legal é que quem tem 30 anos continua sendo fã”, observa a editora-executiva. 

Além disso, há os produtos derivados da série. Um dos mais esperados pelos brasileiros teve que ser interrompido por causa da pandemia. Previstas para ter início em Londres em 16 de março passado, as filmagens de Animais fantásticos e onde habitam 3, novo filme da franquia cuja narrativa antecede os acontecimentos do universo Harry Potter, nem chegaram a começar. Não há previsão de retomada do projeto, quanto mais de a produção chegar ao Brasil, já que parte do longa será rodado no Rio de Janeiro.

• Edição comemorativa dos 20 anos da série no Brasil
•Editora Rocco
•À venda individualmente ou em um box com os sete livros (R$ 449,90)

(foto: Rocco/Reprodução)
(foto: Rocco/Reprodução)

NÚMEROS

450 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo
5 milhões de exemplares no Brasil
2.145 palavras criadas para a edição brasileira
200 países
70 idiomas
US$ 25 bilhões  é o valor aproximado da franquia Harry Potter como um todo
30%  foi o aumento de visitação do parque Universal Orlando desde a abertura do Mundo Mágico de Harry Potter, há 10 anos

Harry Potter e a pedra filosofal (R$ 49,90)

Ao completar 11 anos, Harry Potter, órfão criado pelos tios, descobre que é um bruxo. O romance narra sua entrada na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts e o início de sua amizade com Rony Weasley e Hermione Granger. O trio terá que enfrentar Lord Voldemort, o assassino dos pais de Harry. 

Harry Potter e a câmara secreta (R$ 54,90)

Uma câmara secreta localizada na Escola de Hogwarts abriga um monstro que matará todos aqueles que não se originam de famílias mágicas. Depois que alunos aparecem petrificados, Harry
é apontado como o
maior suspeito. 

Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban (R$ 64,90)

Um novo antagonista aparece: Sirius Black, que teria assassinado 13 pessoas, fugiu da prisão de Azkaban e começa a perseguir Harry. Com Rony e Hermione, o garoto começa a investigar o assassino e descobre novos segredos sobre sua família.

Harry Potter e o cálice de fogo (R$ 74,90)

Um século mais tarde, o Torneio Tribuxo, competição entre as três maiores escolas europeias de bruxaria, volta a ser realizado. Apenas alunos maiores de 17 podem se inscrever. Mas Harry é escolhido pelo Cálice de Fogo e se vê forçado a competir.

Harry Potter e a Ordem da Fênix (R$ 89,90)

No quinto ano da Escola de Hogwarts, Harry e seus amigos têm que se preparar para os testes de magia e ainda lutar contra o Lord Voldemort.

Harry Potter e o enigma do príncipe (R$ 69,90)

O protagonista se prepara para a batalha final contra Voldemort, cujo poder está cada vez maior. Com o diretor Alvo Dumbledore, Harry vasculha o passado de seu oponente para tentar entender como poderá destruí-lo.

Harry Potter e as relíquias da morte (R$ 79,90)

Sem a proteção de seus professores, Harry, Rony e Hermione tentam destruir as horcruxes, que são as fontes da imortalidade de Voldemort. Embora devam confiar um no outro mais do que nunca, forças das trevas ameaçam separá-los.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade