Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Todos os caminhos levam a Roma

Longa de Alfonso Cuarón é o favorito para os Prêmios Platino, com nove indicações. Ganhadores saem hoje. Brasil concorre somente com música de O Grande Circo Místico


postado em 12/05/2019 05:07

Yalitza Aparicio, de Roma, está na disputa da premiação de Melhor Atriz: neste ano, evento ocorre no México(foto: NETFLIX/DIVULGAÇÃO %u2013 10/9/18 )
Yalitza Aparicio, de Roma, está na disputa da premiação de Melhor Atriz: neste ano, evento ocorre no México (foto: NETFLIX/DIVULGAÇÃO %u2013 10/9/18 )

Pelo segundo ano consecutivo, a Riviera Maya receberá a cerimônia de entrega dos Prêmios Platino de Cinema Iberoamericano, que realiza sua sexta edição neste domingo. Itinerante desde que foi criado, em 2014, o retorno ao Teatro Gran Tlachco, no complexo turístico e arqueológico Xcaret, em Playa del Carmen, veio a calhar. É do México o grande destaque da noite: Roma, com nove indicações, incluindo Melhor Filme e Melhor Direção para Alfonso Cuarón. Depois de colecionar prêmios por todo o mundo, a produção original da Netflix poderá ser celebrada também em seu país de origem.

O drama em preto e branco, lançado no fim de 2018 e vencedor de três Oscar, dois Globos de Ouro e quatro prêmios no BAFTA (British Academy of Film and Television Arts), pode levar o Platino ainda por Melhor Atriz, com Marina de Tavira e Yalitza Aparicio entre as indicadas, além de Melhor Roteiro, Fotografia, Direção de Arte, Montagem e Som.

Além de Roma, outro destaque é Uma noite de 12 anos. A coprodução entre Uruguai, Argentina e Espanha sobre os anos que o ex-presidente uruguaio José Mujica esteve preso pelo governo militar de seu país concorre a Melhor filme e em outras cinco categorias, assim como o colombiano Pássaros de Verão. O longa, passado nos anos 1970, mostra uma família nativa, de origem wayuú, que vive a bonança e a ruína pelo narcotráfico que se desenvolvia na época. Além ser incluído entre os nove pré-indicados a Melhor Filme em Língua Estrangeira no Oscar deste ano, sem avançar para a seleção final, também foi exibido em Cannes em 2018.

A comédia dramática espanhola Campeones completa a lista dos quatro indicados na principal categoria. Dirigido por Javier Fasser, o filme mostra a história de um treinador de basquete que arruína sua carreira e vida pessoal, mas tem a chance de se recuperar no comando de uma equipe de pessoas com deficiência. No Goya, maior disputa do cinema da Espanha, ele saiu com três prêmios. Outra produção com rodagem vitoriosa no circuito internacional de premiações é o paraguaio As herdeiras, que, entre outros troféus, ganhou o Urso de Prata de Melhor Atuação Feminina para Ana Brun, no Festival de Berlim, em 2018.

A presença do Brasil é bem tímida na edição deste ano. Nas 17 categorias, três delas dedicadas à produções televisivas, o cinema nacional aparece indicado em apenas uma: Melhor Música Original, com O Grande Circo Místico, cuja trilha foi composta por Chico Buarque e Edu Lobo. A dupla não estará presente no México. Criado pela Entidade de Gestão de Direitos dos Produtores Audiovisuais (Egeda) da Espanha, junto com a Federação Ibero-Americana de Produtores Cinematográficos e Audiovisuais (Fipca) com o objetivo de promover o cinema feito na América Latina, Portugal e Espanha, o Platino promete novamente uma festa cheia de pompas.

CONVIDADOS DE PESO Recheada de shows e convidados carismáticos, a cerimônia de gala terá como apresentadores principais o diretor e roteirista espanhol Santiago Segura, ao lado da atriz mexicana Cecília Suárez, que está indicada ao Platino de Melhor Atriz em Minissérie por sua atuação em La Casa de las Flores. Também subirão ao palco para entregar prêmios figuras conhecidas do audiovisual latino, como as atrizes Mariana Ximenes e a chilena Daniela Vega, premiada ano passado, além do argentino Chino Darín. A parte musical contará com a presença de estrelas do pop latino, como a argentina Lali Espósito, a mexicana Sofía Reyes e a brasileira Malía. O evento está começará às 22h (Brasília) e terá transmissão ao vivo do Canal Brasil a partir das 21h55.


Publicidade