Publicidade

Estado de Minas Comportamento

A energia das pedras e cristais

Carregadas de significado místico, elas são utilizadas para alinhar os centros de vitalidade do corpo, melhorar o sono e favorecer o bom humor


01/11/2020 04:00 - atualizado 31/10/2020 21:06

(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press )
(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press )


Gestados por milhões de anos pelas forças profundas do planeta, cristais e pedras são poderosos armazenadores e canalizadores de energias. São elementos aclamados por sua beleza, brilho, cor, transparência, dureza e como refletores da luz. Muito mais que seus aspectos físicos, carregam um significado místico e atuam diretamente na saúde e bem-estar. Têm propriedades terapêuticas, podem ser usados como amuletos, na decoração, lapidados ou em forma bruta, e ainda se ligam à astrologia.

Símbolos da vitalidade da natureza, nas esferas física, psíquica, espiritual e emocional, as pedras e cristais alinham os centros de energia do corpo, melhoram o sono, favorecem o bom humor e servem ao combate a diferentes doenças. Isso devido à capacidade de modular as frequências energéticas do organismo e dos ambientes, em sua relação mais ampla com o todo. A perspectiva holística ensina que tudo o que há na existência está interligado.
 
É de família o interesse de Gustavo Willian, de 27 anos, e o irmão, Marcos Vinícius, de 57, por pedras e cristais. Eles são naturais de Corinto, município mineiro na região do Alto São Francisco conhecido com a Terra dos Cristais. O pai, Marcos, começou a trabalhar no ramo na cidade há mais de 25 anos, onde durante 12 anos foi garimpeiro. Agora, mantém uma empresa de lapidação e os filhos, no mesmo caminho, coordenam há 1 ano uma loja no Mercado Central, na capital, especializada em pedras e cristais.

Na GW Cristais e Acessórios tem de tudo um pouco. Entre versões lapidadas e naturais, estão disponíveis quartzos em diferentes cores, ametista, citrino, obsidiana negra (pedra vulcânica mexicana), olho de tigre e malaquita (africanas), lápis-lazúli (importada do Afeganistão e do Egito), entre muitos outros tipos. "Há muitos anos, o interesse maior era para exportação. Com o tempo, começou a surgir a aplicação esotérica e as pessoas descobriram a energia das pedras e cristais. São usados para radiestesia, em tratamentos com mesa radiônica, para mandalas, no tarô e nos búzios, e diferentes rituais. Na cultura milenar chinesa, por exemplo, pedras e cristais eram aplicados para tratar o câncer", diz Gustavo.

BENEFÍCIOS 


São muitos os benefícios e cada pedra detém um significado. O quartzo rosa trata do amor, o verde de cura, o azul para meditação, pedras negras, como ônix, turmalina e obsidiana para proteção, citrino e pirita para prosperidade, ametista roxa para elevação espiritual, ágata para saúde e proteção, e a lista é infinda. "Os cristais vêm do centro da Terra, têm uma energia muito forte. Cada pessoa escolhe dependendo da energia que quer atrair para si", continua Gustavo.

Passeando pelos corredores do Mercado Central, chamam a atenção as três lojas coordenadas por José Marcos Barbosa, de 61, que há 12 anos está no centro de compras no segmento de pedras e cristais. Entre pedras preciosas, lapidadas ou brutas, compondo joias e outros acessórios, são mais de 300 tipos, de origem brasileira ou estrangeira.
 
José Marcos também é nascido em Corinto e foi caminhoneiro por boa parte da vida. Quando o concunhado, que tinha a loja no mercado, faleceu, ele assumiu o negócio. Em uma ocasião em que estava com rigidez no pescoço, conheceu uma mulher norte-americana que fez o problema acabar usando uma pedra. "Comecei a estudar e, hoje, o que essa mulher fez comigo é o que faço com as outras pessoas. Aprendi a admirar a energia das pedras. Independemente de fé ou crença. Não precisa entender para sentir essa energia. Se tem uma pedra do lado, ela vai fazer o seu trabalho", conta.

Ali por perto está a loja JK Pedras do Brasil, onde trabalha, há quatro anos, Karina Paula Barbosa, de 46. O proprietário está no ramo há 40 anos. Karina diz que foi por acaso que entrou para o comércio de pedras e cristais. Coincidência ou não, quando ingressou na loja tinha um diagnóstico recente de depressão. "Comecei a conversar com as pessoas, e tudo o que aprendi foi por acaso, convivendo com as pedras. Me apaixonei", diz. Nessa época, começou um tratamento de saúde com a crisocola, pedra que transforma energias de raiva e mágoa em amor e perdão, e a super seven, com propriedades de autocura.
 
(foto: Gladyston Rodrigues/em/d.a press)
(foto: Gladyston Rodrigues/em/d.a press)

Há muitos anos, o interesse maior 
era para exportação. Com o tempo, começou a surgir a aplicação 
esotérica e as pessoas descobriram a energia das pedras e cristais. São 
usados para radiestesia, em tratamentos com mesa radiônica, para mandalas, no tarô e nos búzios, e diferentes rituais”

Gustavo Willian, que comanda com o irmão a loja GW Cristais e Acessórios, no Mercado Central
 
Em tempos de pandemia, pedras e cristais podem ser importantes para lidar com esse momento. "Todo mundo foca só nos aspectos práticos, no que é palpável. Deus fez o mundo parar e perceber as coisas mais sutis. Os minerais, os aromas, as ervas, as plantas, todos os elementos da natureza. Tudo tem sua energia, e está aí para quem quiser. Tudo o que a gente precisa para manter uma vida saudável está na natureza, não precisa de remédios", diz Karina.

Agora, ela recorre às pedras e cristais para minimizar tristezas, ter alegria, saúde, amor, coragem, confiança, para autocura, harmonizar os chacras e abrir a consciência espiritual. "Uso as pedras para tudo e indico. Sou uma antes e outra depois delas", compara.



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade