Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Adeus ao medo de falar em público

Hipnose ajuda a perder a timidez e a criar desenvoltura para se comunicar com grande número de pessoas. Técnicas de oratória já podem ser aprendidas em escola de BH especializada no assunto


postado em 14/07/2019 04:06

(foto: Geralt/pixabay )
(foto: Geralt/pixabay )






Falar em público requer muito controle emocional, e ter uma mente saudável e programada para os resultados faz a diferença. Um estudo de 2015, realizado pelo jornal britânico Sunday Times, indica que o “receio de falar em público” é o maior medo de 41% dos entrevistados (foram ouvidas 3 mil pessoas no Reino Unido), ficando à frente do temor de conviver com problemas financeiros (22%) e medo de doenças e da morte (19%).
O medo pode parecer inofensivo, mas especialistas revelam que a falta de comunicação pode limitar a carreira profissional. Uma pesquisa da Universidade de Chapman, com mais de 600 empregadores nos Estados Unidos, em 2014, descobriu que entre as principais habilidades que os recrutadores procuram, "comunicação oral" é a número um e "talento para apresentação" fica em quarto lugar, enquanto habilidades tradicionais de administração como "coordenar atividades administrativas" ficaram em último.

É verdade que o medo de falar em público interfere na vida de muitas pessoas. Agora, que existem métodos para superar este receio, muita gente não sabe. Em Belo Horizonte existe uma escola especialista no assunto. Com nome sugestivo, a Tagarela School já contribuiu para uma comunicação assertiva de mais de 1.400 pessoas em quatro anos de mercado. Os cursos ministrados formam pessoas mais seguras e capazes de expor suas ideias, de modo a fazer a diferença em suas famílias, sociedade e atividades profissionais.

Apesar de boa parte do trabalho no mundo atual ser feita via computador, a progressão na carreira ainda depende de ser visto e ouvido. “O profissional que tem uma comunicação mais assertiva e segura, com certeza vai ter uma performance melhor. Não basta só ser técnico se não passar seu conhecimento. Se na empresa você fica o tempo todo na sua sala, sem se expor, sem trazer ideias novas, a tendência de você ficar estagnado é muito grande. Com isso, com certeza o profissional perde muitas oportunidades”, afirma o especialista Paulo Felipe Rodrigues.

Falar em público é uma habilidade essencial que precisa ser ensinada e praticada. “A comunicação é uma aliada de qualquer profissional que queira alçar um lugar melhor dentro da empresa ou algum outro lugar na sua carreira. É um diferencial competitivo”, afirma Paulo. “E o mais importante: se você tem segurança com a comunicação, não somente suas relações profissionais melhoram, mas também as relações pessoais”, conclui.

Em busca de um método inovador para continuar ajudando pessoas com dificuldades de se expressar, Paulo Felipe Rodrigues, responsável por ministrar as aulas, criou o curso de oratória hipnótica, que revela técnicas de comunicação e hipnose para conseguir passar a mensagem com mais segurança e assertividade.

No curso, em parceria com a Associação Mineira de Hipnose (AMH), o público aprende aspectos da comunicação alinhada com estratégias de hipnose. “Para a comunicação existir com eficácia, a pessoa precisa ter controle do corpo, da voz, do conteúdo e claro, da mente”, afirmou Paulo Felipe.

Douglas Assis, diretor da Associação Mineira de Hipnose (AMH) e instrutor do grupo O Hipnotista, explica como a hipnose atua na mente do ser humano. “Quando temos 5 anos, caímos e ralamos o joelho, a nossa mãe dá um beijo e a dor desaparece. Isso acontece porque não criticamos a informação. Com o tempo, o beijo da mãe perde as propriedades curativas. A hipnose tem como principal função rebaixar esse senso crítico e ajudar você a encontrar esse poder que tinha aos 5 anos”, explicou.

“Você é hipnotizado várias vezes por dia, quando dirige para a casa e passa alguns quarteirões, e nem percebe o caminho, a sua mente está em outro lugar, e mesmo assim você permaneceu dirigindo”, exemplifica Douglas. “A hipnose prolonga este estado para trabalhar a ferramenta mais poderosa que existe de transformação: a ressignificação”, completa.

Às vezes, a pessoa fala que tem medo de falar em público, mas na verdade é como a pessoa significa aquela situação. É o mesmo que o medo de barata, por exemplo. Algumas pessoas sentem nojo, outras medo, outras nada, e mesmo assim muitas pessoas têm medo do inseto. Para o especialista, depende da representação para cada pessoa. “Se fosse a barata, toda pessoa teria medo. Mas fala isso para quem tem medo, a pessoa não vai acreditar, porque o senso crítico está analisando de forma ‘inteligente’ o mundo dela, e no mundo dela o medo de barata é real”, disse Douglas.

Com a hipnose e o afastamento do senso crítico é possível dar um novo significado para a barata e o medo vai embora, assim também funciona com o medo de falar em público. Por isso, o curso oratória hipnótica usa o melhor da hipnose e o melhor da oratória para além de ressignificar o medo, mas para ainda instruir técnicas para se comunicar com maestria.






curso permite:

» fazer reprogramação mental;
» alinhar o mindset para receber críticas;
» eliminar crenças limitantes que travam a comunicação;
» aprimorar a fala diariamente, com técnicas de alto impacto;
» dominar técnicas para efetuar o controle de voz ideal;
» transmitir com assertividade e segurança a mensagem ao público;
» dominar as emoções;
» respirar adequadamente;
» criar apresentação poderosa, e muito mais.

Com os melhores especialistas da área, esta é uma grande oportunidade de dar um salto em sua comunicação e superar de vez todos os entraves e medos em relação a falar em público.



Como se tornar excelente comunicador
Mais do que uma necessidade, melhorar a comunicação e falar em público com maior desenvoltura é para muita gente a superação de um temido desafio. Vista também como uma ponte capaz de levar o indivíduo à evolução pessoal e profissional, bem como ser bem-sucedido, desenvolver a habilidade de falar bem, não somente em palestras, mas no dia a dia em geral, traz uma série de benefícios.
Seja em uma conversa com o chefe, solicitando um aumento, por exemplo, ou na iminência de apresentar um trabalho, ou quem sabe, ainda, buscando uma melhor interatividade social, melhorar a comunicação é fator determinante para o seu sucesso. A seguir, o especialista Paulo Felipe Rodrigues, responsável pela Tagarela School, separou algumas dicas que podem ajudar a lidar melhor com esta necessidade. Confira:

» Treine sua comunicação: preparar-se bem para apresentar determinado conteúdo, e antes de apresentá-lo ao público geral treinar diante de amigos, familiares, e até mesmo gravando vídeos, poderá lhe dar mais segurança quando a apresentação “for pra valer”.

» Faça um curso de oratória e comunicação: cursos de oratória em Belo Horizonte, como o que é oferecido pela Tagarela School, escola especialista no assunto, abordam desde comunicação com foco no segmento empresarial, até mesmo oratória em inglês ou ainda, oratória jurídica.

» Analise outras pessoas: perceba como pessoas que você admira se comportam, como elas falam, o tom da voz, os gestos, a postura diante do público, e com certeza você terá um rico material comunicativo para abordar e para se estimular a falar bem e melhor.

» Procure entender a timidez: seja qual for a razão que leva você à timidez, identificar os motivos facilita para que se possa trabalhar tais aspectos e lidar com eles, minimizando seus efeitos negativos.

» Saia de sua zona de conforto: puxar conversas com estranhos, apresentar um projeto novo para seu chefe, se apresentar na sala de um novo curso, enfim, tomar a iniciativa e enfrentar o bloqueio gerado pela timidez vai tirá-lo da zona de conforto, promovendo um desafio pessoal.

» Treine! Encare-se e faça sua apresentação “teste” como se estivesse diante do público. Isso irá dar mais segurança quando for pra valer.

»  Leia mais, informe-se mais e estude mais: busque ler mais e se informar melhor sobre diferentes assuntos. Quanto mais seguro você estiver sobre seu repertório de conversa, melhor poderá falar sobre qualquer assunto, com qualquer pessoa.


Publicidade