Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

conta-gotas


postado em 21/04/2019 05:05

O que saber antes de aplicar toxina botulínica

A aplicação de toxina botulínica para rejuvenescer a face tem ficado cada vez mais popular. Segundo dados divulgados em 2016 pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, os procedimentos não cirúrgicos, como o preenchimento e a toxina botulínica, chegam a ocupar 47,5% da agenda de especialistas. Porém, segundo a cirurgiã plástica Beatriz Lassance, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e da International Society of Aesthetic Plastic Surgery (Isaps), muitas pessoas chegam ao consultório com dúvidas sobre o procedimento. Assim, a especialista explica tudo o que você precisa saber antes de aplicar a substância:

» A toxina botulínica é uma neurotoxina que age interrompendo a conexão entre o nervo motor e o músculo, o que paralisa a musculatura. Desse modo, eliminamos as rugas, já que essas são consequências da contração muscular. Logo, os lugares mais comuns para a injeção da substância são a testa e ao redor dos olhos e da boca

» Você recebe o que você paga. Cuidado com aplicações muito baratas da toxina botulínica, pois, apesar de parecer um bom negócio à primeira vista, elas podem ser feitas com produtos de qualidade duvidosa, o que pode trazer sérias complicações, como irritações, reações inflamatórias, alergia e infecções. A diluição do produto também é importante, pois, se for muito diluído, ficará obviamente mais barato, mas sua durabilidade e efeito serão menores

» Demora cerca de uma semana para mostrar resultados. A toxina botulínica não age instantaneamente, demorando alguns dias para esgotar o neurotransmissor entre o nervo e o músculo. Por isso, tenha paciência. Geralmente, após três ou quatro dias você sentirá uma leve restrição de movimento no local da aplicação

» Rugas e linhas finas não são as únicas indicações para a substância. A toxina botulínica tem inúmeras outras indicações, seja no tratamento da acne, hiperidrose, rosácea e cicatrizes, seja depressão. No tratamento de rosácea, por exemplo, a toxina botulínica age. Já no tratamento da sudorese, a substância bloqueia a liberação do suor pelas glândulas sudoríparas na área, sem aumentá-lo em outros lugares do corpo

Chocolate nos cosméticos

Que o chocolate é uma delícia, não restam dúvidas. Do que poucas pessoas se lembram é que o verdadeiro protagonista dessa história é o cacau. O fruto é a principal matéria-prima para a produção da gostosura e tem se destacado não só na gastronomia, mas também no universo dos cosméticos, tratando desde a pele até as madeixas. Exemplo disso é a infinidade de produtos para cuidados estéticos no mercado, como a Máscara Prestígio, de uma linha mineira de cosméticos. Idealizada pela terapeuta capilar Renata Fraga, em parceria com a cosmecêutica Self, o produto é indicado para todos os tipos de cabelos, e tem ação potencializada quando os fios estão fragilizados quimicamente, por proporcionar fortalecimento. Tudo isso se dá pelo fato de o cacau ser rico em antioxidantes, combater o envelhecimento das células e ter ação umectante, tornando-se eficaz para amaciar e hidratar profundamente, além de higienizar.

Saúde emocional por meio de objetos de decoração

Presentear com afeto e ambientar com proteção é a proposta da Mãos de Arte, mais recente projeto da arquiteta Roberta Fermann. Mas engana-se quem pensa que se trata de mais uma loja de decoração. A marca vai além dos adornos comuns e das tendências de mercado. A empresária buscou, do outro lado do continente, inspiração para os mais de 400 objetos que expõe. Com artigos fundamentados na filosofia budista e composição de ambientes vindos da Tailândia, Indonésia, Índia e Marrocos, o Mãos de Arte tem nas esculturas e adornos de madeira, entalhados a mão por artesãos balineses, seu carro-chefe, mas sob uma nova perspectiva. Pensando nisso, a escolha das peças, em especial as de origem energética e espiritual, é minuciosa. Com 13 atacadistas que trazem contêineres diretamente da Ásia, a empresária fica a cargo de selecionar os produtos que acredita terem ‘a cara’ do Mãos de Arte, buscando ainda custo/benefício atrativo. “Mesmo as peças sendo de ótima qualidade e, em grande maioria, importadas, a ideia é viabilizar o consumo por parte dos clientes. A intenção não é transformar o Mãos de Arte em butique”, diz Fermann. Fugindo de formatos convencionais de lojas, foi em um quiosque de 360 graus que a empresária encontrou o ambiente receptivo e o mais aberto possível, que acredita ser ‘a chave’ para melhor interação entre o público e as peças. “Exemplo disso são a fonte em marmorite, na qual os clientes deixam suas moedas e fazem pedidos, e os Budas esculpidos, que são a atração do espaço e parada obrigatória para fotos”, conclui Roberta.

Curso de socorrista


A Santa Casa BH Ensino e Pesquisa oferece o curso de socorrista. Com início em 4 de maio e carga horária de 40 horas (aulas em cinco sábados), a capacitação prepara os alunos para agir de forma segura e eficaz até a chegada do serviço médico de emergência ao local do acidente. O requisito para participar é ter idade a partir de 18 anos. O investimento é de R$ 80 (matrícula) e duas parcelas de R$ 170. As inscrições devem ser feitas no site www.santacasabh.org.br/ver/iep. Mais informações: (31) 3238-8672 e (31) 3238-8601.

 

Cuidado com a fumaça do cigarro eletrônico

Com mais de 21 milhões de fumantes no Brasil, o tabagismo é responsável por cerca de 90% dos casos de câncer de pulmão, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca). Apesar de muitas pesquisas levantarem os malefícios causados pelos cigarros tradicionais, o cigarro eletrônico ainda está longe de ser uma alternativa saudável. Estudo publicado na revista científica Thorax, realizado pela Universidade de Birmingham, revelou que o vapor inalado por meio do cigarro eletrônico pode debilitar as células que protegem os tecidos pulmonares. Os macrófagos alveolares – importantes células que promovem o controle de elementos estranhos no corpo – que foram expostos ao vapor apresentaram danos maiores em relação à exposição apenas ao líquido do dispositivo. A ideia de que a fumaça do cigarro eletrônico não é prejudicial também se estende aos fumantes passivos, aqueles que, involuntariamente, inalam o fumo dos fumantes ativos próximos. De acordo com pesquisa publicada na revista Pediatrics, em março, apesar de muitos pais terem regras rígidas sobre o cigarro tradicional dentro de casa, muitos utilizam o vape ao redor dos seus filhos, acreditando que a fumaça é segura. O estudo contou com mais de 700 pais que fumavam cigarros comuns e usavam vape ou ambos. E o resultado mostrou que apenas um em cada cinco pais que utilizam o cigarro eletrônico não fuma dentro de casa ou em carros.

Resgate da pediatria familiar

Não é comum para mães e pais – especialmente os de primeira viagem – fazerem o pré-natal com um médico pediatra, mas isso faz toda a diferença. O famoso “E agora?” na cabeça de todas as mães pode ser respondido por esse especialista nas últimas consultas que antecedem o parto. As orientações são recomendáveis para transpor, com serenidade, os cinco dias de ‘desespero’ quando o bebê nasce. “É uma volta à pediatra ‘das antigas’”, explica a pediatra Isabela Faria Borges, do núcleo pediátrico da Especialmed. Segundo ela, essa boa e velha fórmula funciona, porque ajuda os pais a resolverem o problema da família e o mundo em volta da criança. “O pediatra não deve cuidar somente das doenças em si, como falta de apetite, agressividade ou obesidade. O atendimento passa pela questão comportamental da família”, defende Isabela Borges.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade