Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Conta-Gotas


postado em 09/12/2018 05:06

(foto: Sumaia Garcia/Divulgação )
(foto: Sumaia Garcia/Divulgação )

 

 

 

 





Spa express em sua casa


Pensando em quem precisa lidar com a falta de tempo e busca comodidade e praticidade, a empreendedora Andressa Travizani trouxe para a capital mineira um negócio inovador do setor de beleza e bem-estar, o Spa Express, serviço de delivery que oferece tratamentos estéticos corporais e faciais de alto padrão, no tempo do cliente e no conforto do seu lar. O menu conta com mais de 20 procedimentos, incluindo massagens relaxantes, drenagem linfática pós-operatório, drenagem corporal para gestantes, detox, limpeza de pele com ação anti-idade, Método Renata França – queridinho das celebridades – e outros, feitos por uma equipe de profissionais de massoterapia e fisioterapia, que se apresentam uniformizadas, levam maca portátil, usam materiais descartáveis e trabalham somente com produtos profissionais da Adcos e Anna Pegova. O agendamento é feito pelo telefone ou WhatsApp: (31) 97400-1790.
Mais informações no https://www.instagram.com/spaexpress_bh/



Método menos invasivo
Recentemente chegado ao Brasil, e agora, em Belo Horizonte, o Stretta, considerado como método menos invasivo para tratamento da doença do refluxo gastroesofágico (DRGE), é feito por endoscopia e já foi realizado em cerca de 40 países, atendendo mais de 25 mil pessoas. Diferentemente dos demais procedimentos para tratamentos da doença, o Stretta tem o objetivo de estimular o pleno funcionamento do próprio corpo. Ele usa energia de radiofrequência para fortalecer e melhorar a função do músculo que evita a regurgitação ou o refluxo. Tudo isso por meio de procedimento endoscópico ambulatorial, com alta no mesmo dia. Para quem não deseja continuar tomando medicamentos ou realizar cirurgias é o procedimento ideal. O cirurgião geral Mauro Jácome, membro da Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Laparascópica e da Federação Brasileira de Gastroenterologia, diretor técnico da Cronos Medicina Diagnóstica, é um dos pioneiros no tratamento em Minas Gerais. Ele explica que o Stretta, além de não ser nocivo ao corpo, tem longa durabilidade. De acordo com ele, aproximadamente 90% dos pacientes que foram submetidos ao procedimento do Stretta saíram satisfeitos com os resultados.



Como evitar os
pelos encravados

O encravamento dos pelos é uma questão comum a todas as mulheres que têm o hábito de se depilar. O problema ocorre quando o pelo não consegue romper a pele para crescer, inflamando a região e gerando a temível foliculite. Além da relação com a qualidade do serviço prestado e a genética da pessoa, o verão é outro agente que agrava esse incômodo, que pode ser evitado, segundo a fundadora do instituto Pello Menos, Regina Jordão, seguindo algumas regrinhas básicas. “Procure esfoliar a pele três dias antes do procedimento, isso remove as células mortas da derme, ajuda o processo depilatório e evita o risco de infecção”, comenta a empresária. Além disso, durante o verão, a alta exposição ao sol, o ressecamento da pele e a umidade recorrente do suor favorecem a inflamação dos poros, que carecem de mais higiene e nutrição. Para evitar o problema, é fundamental não usar roupas apertadas, manter uma rotina saudável de esfoliação e ter a pele sempre hidratada.


Tártaro prejudica
a saúde bucal

O tártaro é o resultado do acúmulo e endurecimento mineralizado de restos de comidas, resíduos de células, sais minerais e de agentes bacterianos que aderem à superfície dos dentes, em consequência da má alimentação e higienização bucal deficiente. Essa sedimentação pode se depositar no esmalte dos dentes e na margem da gengiva, causando a inflamação e irritação da mucosa, que, por sua vez, pode transformar a boca em um ambiente propício a doenças, como a halitose, cárie, gengivite e periodontite e, em alguns casos, pode acarretar até a perda dentária. Ao proporcionar o crescimento da placa bacteriana, o tártaro contribui para o surgimento de doenças periodontais, que já atingem cerca de 82% dos adultos de 35 a 44 anos e quase a metade dos jovens entre 15 e 19 anos. O problema também acomete 98,2% dos idosos brasileiros com idade entre 65 e 74 anos, segundo dados do Ministério da Saúde. De acordo com o cirurgião-dentista Carlos Cordeiro, além de prejudicar a saúde dos dentes e da gengiva, o tártaro influi de maneira direta na estética bucal dos pacientes. “Quando o tártaro se forma na superfície dos dentes, normalmente, essa placa de bactérias se caracteriza por uma consistência grudenta, dura e áspera, que pode ter uma aparência de tom esbranquiçado, amarelado ou ainda mais escuro, dependendo de cada caso. Por fazer com que os dentes fiquem porosos, o tártaro os torna mais suscetíveis ao aparecimento de manchas. Sendo assim, pessoas que fumam e consomem café ou chá diariamente devem ter um cuidado ainda maior com a prevenção do problema”, esclarece. O especialista explica que para prevenir o endurecimento da placa bacteriana as pessoas devem adotar o hábito diário de escovar os dentes e fazer uso do fio dental após cada uma das refeições.


Inspiração para uma noite de sono revigorante

No mundo contemporâneo, exigente, apressado e competitivo, é grande o número de pessoas que chegam ao final da jornada diária exaustas. Em meio às muitas atividades e responsabilidades do dia a dia, não são poucos os homens e mulheres que se sentem sufocados diante de tantas demandas, preocupados com o amanhã. É pensando nessa situação que a Editora Mundo Cristão traz ao público a obra Boa noite: Leituras diárias para aquietar a alma, de autoria do pastor Israel Belo de Azevedo, mestre em teologia e doutor em filosofia. Nele, Israel convida os leitores para um momento diário de paz, inspiração e alívio, por meio de 365 mensagens edificantes. O livro elucida temas essenciais à caminhada cristã, aplicando a milenar sabedoria bíblica às diversas situações do cotidiano.







Curso de ioga


Mestra em ioga e reiki, a professora Maria José Marinho vai promover o seu tradicional workshop de aperfeiçoamento de hatha ioga. O objetivo do evento é ensinar a metodologia da hatha ioga dentro de sua filosofia prática e pedagógica, desenvolver e estruturar planos de aulas voltados para o ensino do ioga, demonstrar aos participantes o funcionamento e os valores terapêuticos de cada postura, bem como as variações para capacitar os participantes. O workshop começa amanhã e vai até sexta-feira. Inscrições no www.mjm@pontoequilibrio.com.br ou pelo (31) 3223-8340.




Cirurgia refrativa X lente

O brasileiro não gosta de usar óculos de grau, principalmente as mulheres. Prova disso é que elas predominam na parcela da população que usa lente de contato. Muitas pessoas fazem esta opção por acreditar que é maior o risco da cirurgia refrativa para corrigir definitivamente a miopia, hipermetropia ou astigmatismo. De acordo com o oftalmologista Leôncio Queiroz Neto, do Instituto Penido Burnier, o maior risco da cirurgia refrativa é a contaminação da córnea, que ocorre em 0,24% dos casos no mundo todo. Metanálise feita nos EUA mostra que o uso de lente de contato por um ano causa três vezes mais contaminação que a cirurgia e sobe para sete vezes em cinco anos. “Os prontuários do hospital mostram que 20% dos usuários de lente já tiveram alguma ceratite, inflamação da córnea. A recorrência das inflamações aumenta o risco de levar ao transplante e até a perda da visão”, adverte Queiroz Neto. As principais causas da ceratite elencadas pelo oftalmologista são a má higiene, não retirar para dormir, contato com água, usar além do prazo de validade e reações alérgicas às soluções de limpeza. Entre esses riscos, adverte, um dos maiores é dormir com lente, hábito que aumenta de 10 a 20 vezes o risco de contrair úlcera. Isso porque, durante a noite, a produção da lágrima é menor e aumenta o atrito com a superfície da córnea, explica. Outro risco é o contato com água da torneira, mar ou piscina, especialmente no verão. “A água é o maior veículos de transmissão de infecção crônica por Acanthamoeba, parasita de difícil controle, que recentemente causou um surto de ceratite no Reino Unido”, salienta.


Publicidade