Publicidade

Estado de Minas COMIDA DA TERRA

Jardim do Éden - Por Junia Freire


postado em 14/07/2015 21:57 / atualizado em 14/07/2015 22:20

Toda a cultura humana se principia na gastronomia. Pela mesa a gente reconhece em que lugar está. Fogão aceso, flor no vaso e música no ar transformam uma casa em lar. A presença humana. Os outros seres vivos compartilham do espaço. A gente o transforma. Para o bem e para o mal. Fazemos arte e lixo ao mesmo tempo. E precisamos rever a trajetória enquanto a natureza ainda só sinaliza que está incomodada. Vamos concordar que ela teve muita paciência com a gente? Que nem as maravilhas que a humanidade já criou justificam o esgoto jogado no rio? Nós aqui das montanhas, trilhas e cachoeiras sabemos como é tomar água de nascente. A gente sabe como é que a mãe natureza nos entrega a água. Uma pureza de cristal. O que a gente faz com ela não se justifica sob nenhum ponto de vista. Mais do que outra nova tecnologia que vai engolir o que era novo ainda ontem, o mais urgente, mundialmente falando, é zerar o lixo. Vamos assumir que o mundo não diz mas está estranhando esse secar dos rios. E, sem eles, quem somos nós? De onde viemos e para onde vamos? Donos de uma tecnologia que quando acaba a luz, volta para a idade da pedra. Ainda dá tempo de reconstruir, mas é preciso acordar, assumir os erros e refazer. Frutas são obras de arte, perfeitas em si mesmas, cheias de perfume e sabor. Experimente um crepe de maçã acompanhado de um chá de erva-doce e hortelã. Se você acredita que a nossa vida ainda pode ser um paraíso, aprenda agora.

CREPE DE MAÇÃ

Os segredos

Comece pelo recheio:
» ¼ de xícara de manteiga
» ¼ de xícara de açúcar mascavo
» ¼ de xícara de rum (branco ou escuro)
» 4 maçãs vermelhas pequenas sem sementes e fatiadas com casca
» ½ colher de chá de canela em pó
» ½ xícara de passas sem sementes

Em uma frigideira média, junte a manteiga e o açúcar. Cozinhe até a manteiga derreter. Acrescente o rum e a maçã. Abaixe o fogo e cozinhe até a calda engrossar, por uns 10 minutos. Retire do fogo, junte a canela em pó e as passas sem sementes. Deixe descansar enquanto prepara os crepes.

Fazendo os crepes (8 unidades):
» 1 xícara de farinha de trigo (120g)
» 1 e ¼ de xícara de leite (300ml)
» 1 colher de chá de açúcar
» 1 pitada de sal
» 1 colher de chá de fermento em pó
» 1 ovo

No liquidificador, bata todos os ingredientes até obter um creme liso. Numa frigideira de aproximadamente 23cm de diâmetro, antiaderente e aquecida, abaixe o fogo e coloque ¼ de xícara de massa, inclinando a frigideira para que se espalhe pelo fundo. Deixe dourar, vire a massa com uma espátula e doure do outro lado. Reserve numa travessa e repita o processo até acabar os crepes. Divida o recheio em oito porções, recheie os crepes.

Dica


Polvilhe nozes moídas por cima.

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade