Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Psicologia positiva

Setembro Astral

Setembro pode ser iluminado se você espalhar luz e caminhos possíveis. Alegrar e contagiar seu meio com delicadezas, mimos e uma ressonância positiva


06/09/2020 04:00 - atualizado 03/09/2020 12:37



Iniciando o mês de setembro, onde todos falam sobre a campanha contra o suicídio – o Setembro Amarelo, quero convidar você para repensar esse tema. Que tal fazermos do “Setembro Amarelo” um “SETEMBRO ASTRAL”? Dar luz, iluminar positivamente aqueles que só enxergam de maneira escura e sombria seu destino, a vida.

Podemos e devemos espalhar luz. Doar positividade e atos de gentileza espalhando amor e fazendo pessoas mais felizes.

Dalai Lama disse: “Uma única vela pode acender mil outras velas sem encurtar sua chama”.

Acredito que se cada um de nós puder contribuir com uma ajuda positiva, faremos um mundo mais feliz. Aumentaremos a felicidade das pessoas com pequenos gestos de solidariedade, generosidade. Um acolhimento vale mais que muitas palavras.

Gestos pequenos que acolhem podem ser significativos para quem sofre de depressão e neste momento precisa de acolhimento, ternura e compreensão.

Ele não é um preguiçoso, sem vontade de fazer suas tarefas. Ele está doente e merece nossa atenção e apoio. Precisa de medicação correta, apoio familiar e a compreensão de todos de que a doença pode torná-lo sem vontade de nada por algum tempo.

Mas o amor e o carinho dado podem ser formas de regular as emoções negativas, apoiar e dar seguimento ao florescer de alguém que se congelou na gélida depressão.

Como podemos ajudar e iluminar pessoas assim? Apoio.

Como fazer? Seja amigo, acolha com carinho, converse e se disponha a ajudar como puder. É sempre importante lembrar o papel fundamental do psiquiatra, lógico, que vai medicar. Nem sempre a pessoa que está prestes a cometer suicídio conta ou dá pistas, mas em algum momento já ameaçou.

E por esse motivo, fique atento, cuide melhor, dê carinho e ajude-o a ver que qualidades e habilidades essa pessoa tem. Ajude-o dando suporte de fato: carinho, escuta empática, atenção.

Muitos morrem sem que a gente saiba o que houve. Naturalmente, nos sentimos culpados, como não vi?! Mas, infelizmente, é assim. Então, se tiver um familiar ruim, é hora do Setembro Astral.

Me acompanhe pelas minhas mídias sociais, estou divulgando um programa de áudios e videoaulas gratuitas para quem precisa escutar uma palavra boa, um apoio e até mesmo para ajudar a ajudar outros que necessitam.

Setembro pode ser iluminado se você espalhar luz e caminhos possíveis. Alegrar e contagiar seu meio com delicadezas, mimos e uma ressonância positiva nas atitudes do seu dia.

Afirmações positivas ao levantar podem ajudar você a ficar firme em suas intenções. Nunca deixe de sonhar, mesmo que os resultados possam ser interrompidos pelo caos que vivemos. Desapega do resultado imediato e veja a longo prazo, você pode chegar lá.

O merecimento do bom está ao alcance de todos. Precisa de esforço e de acreditar. A crença de que não somos merecedores atua de forma a atrapalhar a realização dos nossos sonhos. E, dessa forma, sabotamos aquilo que possa vir. Aprenda a doar o que você tem de bom, acreditando que existe uma lei natural do dar e receber, que atuam espontaneamente.

Então, se você é um doador de coisas boas, pode também ser um bom receptor de coisas abundantes e prósperas. Não estou dizendo para você doar só para receber, estou dizendo que é natural. Se você dá ao vizinho um docinho, ele te presenteia com empadinhas de queijo!

Imagina doando naturalmente o que você mais sabe fazer sem escolher nada e nem a quem vai doar, mas simplesmente adotando este sistema de lidar com a vida: se tenho, posso doar o que tenho. A vida vai lhe premiar com contribuições pela ressonância do Universo, trazendo até você as infinitas possibilidades.

Agora, voltando ao deprimido, que pode vir a querer tirar a vida, se nos colocamos à disposição de ajudar emanando o que temos de melhor, criamos à nossa volta um meio iluminado e mais feliz.

Esse lugar pode acolher pessoas em sofrimento e dar sem ao menos percebermos um lugar mais aconchegante. Quanto mais espalhamos felicidade, mais pessoas felizes teremos e assim poderemos contribuir para o menor sofrimento no mundo.

Isso se chama corregulação! Olhar nos olhos, emanar apoio e amor, acalmar com um abraço, um apoio, dar luz numa casa sem vida. Corregular e passar amor ao próximo. Se você se ilumina, doa e recebe o bom, já viu que é possível contaminar o meio à sua volta e fazer ressonar a iluminação positiva.

Assim, espero que durante este mês você possa ser mais um a contribuir com a felicidade alheia. Contribua, faça a corrente do bem. Doe algo bom que faça alguém mais feliz. No mínimo, faremos um mundo mais feliz!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade