Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas PSICOLOGIA POSITIVA

Entusiasmo e iluminação

Quem realmente acredita que pode fazer alguma coisa especial se enche de uma energia abrangente e muda sua vida


postado em 22/03/2020 10:41


Você já sentiu algo muito especial, que o fez saltar de alegria? Você já sentiu vontade de ficar trabalhando com algo que passou horas sem ver o tempo e simplesmente se sentiu realizado ao terminar?

En = dentro THUS= Deus. 
Ter deus dentro de nós. Uma boa tirada! Sim! Sentir algo maior que nos impulsiona e dá aquele gás especial. Turbina nossa vontade, muda nossa atitude. Com essa energia de fazer algo maior, damos conta de superar obstáculos, lutar diante das dificuldades e vencer os maiores desafios.



A
ssim é a premissa que muitos utilizam – ACREDITA & REALIZA!

Quem realmente acredita que pode fazer alguma coisa especial se enche de uma energia abrangente e muda sua vida. Para isso, você precisa primeiro descobrir o que gosta de fazer. E o que tem talento.

Gosto muito da parábola bíblica que fala dos talentos. Um mestre sai de viagem e deixa cinco talentos com um funcionário, deixa três com outro e um talento com o terceiro. Resumindo: ao voltar, pergunta o que cada um fez com seus talentos. O primeiro diz que produziu mais cinco talentos. O mestre lhe dá o reino dos céus. O segundo diz que fez também o dobro, produziu mais três talentos. O mestre lhe diz o mesmo, que receberá o reino dos céus. O terceiro, no entanto, diz ao mestre que como havia recebido apenas um único talento e seu mestre já era muito rico, resolveu enterrar seu talento para não o perder. O mestre não lhe abre as portas do reino dos céus.

Cada um recebe do Divino, em seu nascimento, algum tipo de dom especial. Cabe a nós fazer esses dons serem bem aproveitados. Uns tem o dom da música, outros da matemática. Alguns do cozinhar, outros do bordar, da pintura, da leitura, da ciência...

Qu
ando ouvi tal parábola e fui entender a moral da história, percebi tantas maravilhas ali contidas. Que sabedoria. Talentos podemos chamar de nossas habilidades. Aquilo que ganhamos de presente na vida. O que fazemos com nossas habilidades? Aproveitamos e multiplicamos com nossos talentos as dádivas divinas que recebemos e com isso somos mais felizes? Ou achamos que não temos habilidades e ficamos enterrados no sofá de casa apenas lastimando nossa má sorte? Mesmo tendo apenas um único talento, podemos, sim, multiplicar. Com isso, ganharemos o entusiasmo, a energia de fazer a vida se renovar dentro e fora de nós.

Precisamos acreditar que temos dentro de nós tais talentos. A divindade em forma de habilidades. Sim, alguns terão mais habilidades que outros. Mas isso não quer dizer que não podemos ser prósperos e mudar nossa vida ainda para melhor.

Iluminação é colocar foco no que é o seu talento e se sentir um privilegiado com os talentos divinos que recebeu. Então ir lá, fazer render os lucros do que recebeu de presente do que é divino. Iluminação é jogar sua luz na direção do que você sabe fazer e nasceu com este dom.

Realizar tarefas que possam espalhar mais do que você tem de bom. Sentirá então que desfrutou, aprendeu e rendeu ao mundo mais luz. Fazendo o quê? Agindo com entusiasmo e trabalhando com o que há de divino dentro de você.

Deepak Chopra, em seu livro As sete leis espirituais do sucesso coloca como sétima lei a Lei do Darma – do propósito de vida. Todos têm um propósito de vida, um dom singular para dar aos outros. E quando misturamos este talento singular com os benefícios aos outros, experimentamos o êxtase da exultação de nosso próprio ser, fazendo um objetivo maior e divino.

“Quando você está trabalhando, o passar das horas deve ser como música extraída de uma flauta… E o que é trabalhar com amor? É como tecer uma roupa com fios que vêm do coração como se fosse o seu bem-amado a usá-la...” – Kalil Gibran, O profeta.

A palavra Darma em sânscrito quer dizer propósito de vida. Ganhamos um talento único e devemos usar dele com um propósito de ajudar aos outros de forma especial. Assim, cada um com seu dom especial terá uma forma única de ajudar ao próximo. Trabalhar com propósito significa doar algum serviço especial que só você o faz de forma especial a serviço do bem do próximo. Quando assim agimos, nossa vida floresce. E, desta forma, criamos riquezas naturalmente.

Todos temos talentos e podemos os colocar a serviço de um mundo melhor. É como um chamado que acende uma chama para que possamos seguir uma direção e com este dom iluminar o mundo e encher nossas próprias vidas de uma riqueza especial que o dinheiro não compra. Mais amor.


E então, vai me contar qual é seu talento? Como trabalha com entusiasmo com ele?



Publicidade