Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas PSICOLOGIA POSITIVA

Recalculando a rota

A qualquer hora, podemos recalcular a rota e dar uma guinada na vida. Tudo depende de você aceitar sua responsabilidade no domínio da sua vida


postado em 26/01/2020 04:00 / atualizado em 21/01/2020 23:43


Como fazer seu ano mais proativo? Precisamos ter em mente que podemos e devemos dar um gás maior neste período. Hora de mudar a programação em parte ou por completo.
 
Depende do tanto que você reclamou. Se a sua vida não está como deseja, essa é a hora de fazer diferente. Começar a dar passos na direção da vida desejada. E de acordo com Daniel Goleman, em seu livro Foco, apenas 2% das pessoas fazem sucesso e atingem o que desejam; 13% aplaudem e apoiam os que fazem o que gostam e chegam ao sucesso. E o resto dos 85% da população do mundo apenas ficam na mesma.
 
Qual destino você quer dar à sua vida?
Se deseja mudar, melhor tempo para isso é o início do ano. Planejamento, trabalho, esforço e você poderá ir mudando de vida aos poucos. Se você vem errando há anos e acha que não vale mais a pena, aí que se engana! A qualquer hora, podemos recalcular a rota e dar uma guinada na vida. Tudo depende de você aceitar sua responsabilidade no domínio da sua vida.
 
Errar rápido para acertar é um lema que devemos adotar. Por isso, vamos aprender que recalcular a rota faz bem. O que aconteceu no ano passado que não deu certo, não foi bom? Ou do que você passou o ano todo reclamando? Chegou a hora de retirar isso da sua vida.
 
Acostumamos a ficar presos no desamparo aprendido. Se errei ou se não está bom é culpa do destino, da família, do patrão, da crise no Brasil etc. Sim, até pode ser. Mas se você não quer mais tal situação pode mudar. Mudar de vida, de emprego e trabalho, pode sim. Mudar de família, infelizmente, não. Mas pode aprender a lidar com as dificuldades. Transforme-as em obstáculos que serão transformados.
 
Mas eu não posso. Fazer tal coisa é importante para minha família, ou meu trabalho, ou para me sustentar, por isso é que reclamo.
 
Bom, melhor pensar duas vezes, pois o nosso corpo paga a conta daquilo que acumulamos de negativo. Tristeza, raiva e medo fazem mal ao corpo. E com o tempo, quem vai sentir será você mesmo e sua saúde.
 
Já sofre de dores crônicas? Tem alguma doença autoimune? Sofre com as “ites” da vida (sinusite, otite, vaginite etc.)? Ou tem alergias que não passam? Cólon irritável? Vemos, diariamente em nossos consultórios, pessoas infelizes adoecendo além da conta. Tudo desorganizado dentro de você mesmo. Por quê? Porque deixou de ser prioridade o que faz bem a você mesmo.
 
Pare. Recalcule a rota.
 
O que você não quer fazer mais pode não ser possível sair agora. Mas se fizer diferente poderá retirar em um ano, dois, até em cinco anos. E esse tempo pode ser crucial para ter uma vida mais saudável e feliz.
 
Comece agora:
1- Pense sobre o que mais reclamou. Escreva num papel.
2- Depois, veja como pode ficar livre dessa tarefa, horário, pessoa, trabalho. Tem como substituir? Tenho certeza de que há caminhos diferentes e você poderá seguir.
3- Faça um planejamento sobre como mudar de trabalho, de profissão, área no serviço, condição financeira, amigos... Seja lá o que for, como posso me livrar disso?
4- O que realmente desejo? Como desejo estar durante este ano? O que já posso mudar?
5- Pense e coloque metas que possam ajudar nessa transformação. Comece a fazer seus planos desde já. Se for um curso, busque se matricular. Se for um trabalho de que não gosta, reveja se há outro trabalho que possa substituir o atual e vá procurá-lo.
6- O mais importante é tomar uma atitude e acreditar que você começa sua mudança agora e ela poderá até ser lenta, mas está começando!
 
Recalcular a rota e fazer diferente está em nossas mãos. Tome a frente de sua vida e trabalhe com paixão. Tenha tempo para ser criativo. Coloque mais exercícios, meditações e durma mais cedo. Tenha tempo para os amigos. Divirta-se mais. Desacelere, fazendo uma coisa de cada vez, seja mais essencialista. Aprecie o belo e agradeça!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade