Publicidade

Estado de Minas OPINIÃO SEM MEDO

Mais rachadinha: Carlos Bol$onaro é chefe de quadrilha, segundo MP do Rio

Carluxo é arruaceiro digital travestido de vereador e membro ativo do clã das operações milionárias em dinheiro vivo


24/09/2021 08:12

Pai e filhos,
Pai e filhos, "gênios das finanças" (foto: Reprodução/Twitter)


Se há um bobalhão ‘de pai e mãe’ nessa ‘famiglia’ Bolsonaro, este é Carlos - ou Carluxo. Consegue superar com folga o irmão Bananinha. Já o senador Flávio Wonka, o  rei dos panetones  em dinheiro vivo, é bem mais esperto. Assim como o caçula Renan, aquele com cara de galã canastrão de filme mexicano. Não é à toa que moram em  mansões milionárias , pagando preços de barracos de um cômodo.

Carluxo vive pegando no meu pé. É o príncipe que virou um chato, que vive dando no meu saco, hehe. Ê, Cássia Eller… esse ano será histórico, e você terá de pular e gritar muito ‘aqui é Galo, porra!’, aí em cima. Ah, se sobrar tempo e tiver intimidade, peça ao ‘homi’ para dar uma mãozinha aqui ‘pra nóis’, porque tá osso, viu, cumadi? Mas deixe-me voltar ao suposto quadrilheiro de peculato.

CHEFE DE QUADRILHA

O Ministério Público do Rio de Janeiro apurou que o honestí$$imo 02 é mais um Bol$onaro adepto do  ‘empreguismo de fanta$ma$’ . Sim, aquele que adora acusar os outros, usando cifrões, para inferir algum tipo de ilícito financeiro, contratou oito pessoas em seu gabinete, nos últimos anos, que trabalhavam em outros empregos. Coincidentemente, algumas eram parentes da ex-mulher do papai Jair.

Por falar nela, Ana Cristina, segundo apuração da Justiça, efetuou, em seis anos, algo como 1.185 saques de dinheiro, totalizando 1.150 milhão de reais, da conta de sua empresa de consultoria. A ex era a chefe de gabinete do pimpolho Carlos, e, vejam só, depositou cerca de 530 mil reais (em dinheiro vivo!!), em duas únicas operações, nas mesmas datas em que vendeu cinco de seus terrenos.

GÊNIOS DAS FINANÇAS

Mas se o(a) amigo(a) aí está achando estranho, vai pirar o cabeção ao saber que tais terrenos valorizaram, desde a compra até a venda, em um período de cinco anos, nada menos que 1.100%. Juro!! Ela - ainda casada com Jair Bolsonaro, o verdugo do Planalto, comprou o ‘latifúndio’ por 160 mil reais e vendeu por quase 2 milhões. Por falar em 1.100% de lucro, e o superfaturamento de 1.000% , hein?

Esse  clã Bolsonaro  está mesmo desperdiçado na política. São gênios financeiros e imobiliários. Compram mansões de 14 milhões de reais, por  apenas 6 milhões . Alugam mansões de 25 mil reais mensais, por 3 mil. Compram terrenos por 160 mil reais e revendem por… 2 milhões!! É incompreensível os quatro Bolsonaros, que nunca tiveram emprego que não fosse público, não estarem no setor privado.

O GADO DEFENDE

Em que pese todas as provas já encontradas - e  confissões, como a do amigão Queiroz  - há ruminante tão sem vergonha, tão sem amor próprio, tão igualmente imoral que comete crimes para defender aqueles que, cristalinamente, vêm lhe tomando dinheiro há pelo menos três décadas. Mas é bom que saiba: a conta vai chegar! E não falo de grana, não. Como chegará para os idiotas que o seguiram.

A despeito das manobras que o devoto da cloroquina  realizou na Polícia Federal e no COAF, a fim de inibir e frear as apurações, com a benção de ministros amigos - tratados como inimigos! -, bem como a pressão sobre delegados e procuradores, a Justiça prossegue no encalço da família mais bem sucedida do País. Em algum tempo essa gente perderá o poder. E em algum tempo a cadeia chegará. Ainda que demore um pouco.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade