Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas FORA DA CAIXA

A hora é da moda sem gênero e sustentável

Com 280 milhões de usuários, Mercado Livre cria novas categorias do comércio eletrônico conectadas com o respeito à diversidade e à sustentabilidade no consumo


postado em 12/10/2019 04:00 / atualizado em 11/10/2019 22:03

Ambientes virtuais abrem espaço para a busca de produtos e serviços por consumidores preocupados com a evolução da consciência ambiental e que valoriza uma sociedade inclusiva(foto: Cláudio Reis/Esp.CB/D.A Press - 18/4/16)
Ambientes virtuais abrem espaço para a busca de produtos e serviços por consumidores preocupados com a evolução da consciência ambiental e que valoriza uma sociedade inclusiva (foto: Cláudio Reis/Esp.CB/D.A Press - 18/4/16)


Negócios que incentivam a sustentabilidade e a diversidade ganham força em ambientes virtuais. As duas temáticas ganharam seções exclusivas no Mercado Livre – empresa líder em tecnologia para comércio eletrônico, com 280 milhões de usuários e 19 milhões de vendedores. No Brasil, são cerca de 77 milhões de visitantes únicos ao mês.
 
A diretora de vendas do Mercado Livre no Brasil, Julia Rueff, diz que empresa valoriza o consumo consciente(foto: mercado livre/Divulgação)
A diretora de vendas do Mercado Livre no Brasil, Julia Rueff, diz que empresa valoriza o consumo consciente (foto: mercado livre/Divulgação)
 
Lançadas há poucos dias, as duas novas categorias do e-commerce superaram as melhores expectativas da diretora de Vendas do Mercado Livre no Brasil, Julia Rueff  (foto). “Tem a ver com os valores internos da companhia e com uma nova onda de consumo conectada a um mundo melhor, de respeito à diversidade e com foco na sustentabilidade”, afirmou. Segundo ela, a consequência será atrair à plataforma novos compradores que compartilham dos mesmos valores.

 
Os próximos passos são fomentar os negócios on-line das marcas incluídas, lançar mais vendedores, ter maior variedade e oferta para o consumidor, fazendo com que as seções ganhem mais representatividade no marketplace. “Em um primeiro momento buscamos posicionamento, a performance financeira é um objetivo de longo prazo, de três anos”, disse Julia.
  

Consumo consciente

 
Estudo realizado pelo Mercado Livre com 18 mil entrevistados na América Latina revelou que 94% expressam estar familiarizados com o conceito de “consumo responsável". Os brasileiros estão entre os menos familiarizados com o tema, são 89%. Com relação à preocupação frente a questões ambientais, sete em cada 10 latino-americanos disseram estar “muito preocupados” com a atual situação do planeta.
O estudo mostrou também que a preocupação com considerações ambientais e sociais na hora de escolher um produto on-line é mais acentuada entre os millenials (20% dos entrevistados) e é mais perceptível nas pessoas que têm filhos (73% da amostra). Além, disso, nove entre 10 millennials latino-americanos levam em conta o impacto ambiental em decisões de compra.


Pequenos negócios on-line

Setenta e sete por cento dos pequenos negócios mineiros têm acesso à internet. Desse universo, 39% divulgam seus produtos no ambiente virtual e apenas 20% fazem vendas on-line, de acordo com dados da Pesquisa Transformação Digital das MPE, feita pelo Sebrae. Para ampliar a presença e o sucesso desse nicho no mercado digital, a 8ª edição da Feira do Empreendedor oferece, entre a quinta-feira da semana que vem e sábado, palestras gratuitas com transmissões ao vivo pela internet. Para participar, inscreva-se no site www.feiradoempreendedormg.com.br.
 
Maior salão de negócios de moda na América Latina, o Minas Trend debaterá os temas da responsabilidade e diversidade(foto: Minas Trend/Fiemg/divulgação )
Maior salão de negócios de moda na América Latina, o Minas Trend debaterá os temas da responsabilidade e diversidade (foto: Minas Trend/Fiemg/divulgação )


O tema da 25ª Minas Trend, maior salão de negócios de moda da América Latina, é “Tecendo futuros”, propondo debates sobre inovação, democratização, responsabilidade e diversidade. O algodão, principal insumo da indústria têxtil, é o protagonista dessa edição. O salão de negócios reunirá estandes de mais de 200 marcas – o acesso ao espaço é limitado a compradores e empresários do setor da moda. Realizado pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), o evento será de
22 a 25 deste mês, no centro de convenções Expominas.


Universidade-empresa-governo

O edital “Tríplice hélice” prevê investimento de R$ 60 milhões em projetos de empresas mineiras que busquem utilizar tecnologias geradas pelas Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação no Estado de Minas Gerais (ICTMG). É uma chamada pública da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig). Para apresentar detalhes, será realizado o evento “Conexão Universidade-Empresa-Governo”, na quinta-feira da semana que vem, às 8h30, no Parque Tecnológico de Belo Horizonte (BH-Tec). Mais informações em bit.ly/conexaobhtec.


Opção de investimento

A Investor, empresa que atua há mais de 10 anos no mercado financeiro, lançou a Vangardi, uma plataforma de investimento coletivo (equity crowdfunding, na expressão em inglês), para pessoas físicas que querem comprar títulos de empreendimentos imobiliários em construção ou de startups em desenvolvimento. Para atingir a meta de captação de R$ 1 milhão, referente ao edifício residencial Streit, da F2 Construtora, no Bairro São Pedro, Região Sul de Belo Horizonte, reuniu 55 investidores, em apenas oito horas. 
 
 


Publicidade