Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas

Brasil tem muito pouco a comemorar no Dia da Árvore

Ambientalistas lutam, mas as florestas brasileiras vêm sendo destruídas por fazendeiros, madeireiros e mineradores em busca do lucro a qualquer custo


postado em 20/09/2019 04:00

(foto: Rafael Aleixo/AFP)
(foto: Rafael Aleixo/AFP)


Amanhã é o Dia da Árvore, data ligada ao início da primavera. Com a devastação em massa da floresta amazônica e de incontáveis reservas em várias regiões, consumidas por incêndios e desmatamentos criminosos, há pouco para se comemorar. Um grande número de ambientalistas bem-intencionados há anos luta contra grupos de fazendeiros, madeireiros e mineradores que fazem do lucro a qualquer custo motivo para justificar a destruição das florestas. Atualmente, a situação não está nada boa para os ambientalistas. Mas a luta continua, companheiro, como dizia um ex-presidente do Brasil.

GREVE GLOBAL
MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Em boa parte do mundo, acontecerão hoje manifestações populares exigindo providências em relação às mudanças climáticas, ignoradas por vários governos e por grandes corporações industriais, agrícolas e financeiras. Trata-se da Greve Global pelo Clima. No Brasil, elas terão lugar em várias capitais e cidades de pelo menos 20 estados. A chamada Coalização pelo Clima, frente ampla composta por 70 organizações ambientalistas do país, coordena o processo.

• • •

A ONU apoia o movimento global. A famosa ativista sueca Greta Thunberg, de 16 anos, está em Nova York desde a semana passada, ajudando a articular os protestos. A onda de incêndios na Amazônia será novamente focalizada com força. Deve sobrar para o presidente Jair Bolsonaro quando ele for a Nova York, na terça-feira, falar na abertura oficial da 74ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas. Aliás, na segunda-feira, também em Nova York, será realizada a Cúpula da Ação Climática da ONU.

GIRO EUROPEU
DILMA ROUSSEFF

Um pouco esquecida pela mídia, a ex-presidente Dilma Rousseff se encontra em um giro pela Europa. Escolheu Paris como seu centro de operações. Já se encontrou com vários líderes esquerdistas, de quem se aproximou quando exercia a Presidência. A propósito, seu irmão, Igor Rousseff, continua sem aparecer em Belo Horizonte para rever os amigos.

RETIRO DAS PEDRAS
ALMOÇO DE ANIVERSÁRIO

A jornalista mineira Rejane Guerra, que mora no Rio de Janeiro, resolveu festejar seu aniversário em BH, a fim de registrar um ligeiro retorno às origens. A comemoração será amanhã, com almoço campestre no Retiro das Pedras, na Rua das Braúnas, a partir das 13h. Presença de amigos de BH, Rio e outras praças.

RIO DAS VELHAS
EM QUEM ACREDITAR?

São extremamente preocupantes as declarações do presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas, Marcus Vinícius Polignano, a respeito do rio responsável pelo abastecimento de água para 70% da população de Belo Horizonte e 41% da região metropolitana. Elas deveriam fazer com que a Prefeitura de BH e o governo de Minas declarassem de extrema gravidade a situação em toda a região.

• • •

Por outro lado, como a Copasa continua a afirmar que não há necessidade de medidas extremas para reduzir o consumo de água pela população, o morador não sabe de que lado ficar. Obviamente, não há situação pior do que o cidadão ficar sem água para suas necessidades mínimas. Aí no caso, sem querer imitar o sapateiro da fábula, mais vale prevenir do que remediar. Com a estiagem declarada e a insegurança de não saber quando as chuvas virão, é dureza...

O desembargador Otávio de Abreu Portes foi agraciado com a Medalha JK pelo governador Romeu Zema, durante solenidade em Diamantina(foto: TJMG/divulgação)
O desembargador Otávio de Abreu Portes foi agraciado com a Medalha JK pelo governador Romeu Zema, durante solenidade em Diamantina (foto: TJMG/divulgação)


MINERAIS
ENCONTRO DE COLECIONADORES

Oficialmente, o evento – único no país – ocorre desde 2014. Amanhã, no Museu das Minas e do Metal, na Praça da Liberdade, vai se realizar o 6º Encontro de Colecionadores de Minerais, iniciativa daquela instituição. É grande o número de pessoas que se dedicam a colecionar todos os tipos de minerais, principalmente os mais bonitos e raros. Aliás, este colunista conheceu um ex-banqueiro mineiro, já falecido, que era grande colecionador, mas só de pepitas de ouro. Sua coleção devia ter mais de 200 pepitas de todos os tamanhos.

PAPAS
FATOS SINGULARES

Nota a título de curiosidade. O primeiro papa foi São Pedro, que exerceu a chefia da Igreja Católica a partir do ano 30 da era cristã. Portanto, o papado está para completar 2 mil anos. Pois bem. A data de hoje marca três fatos únicos na história dos sumos pontífices. Em 537, morreu o papa Agapito, o único com esse nome. Também pudera... Já em 1276, houve a eleição para o papado de João XXI, o único papa português da história. Em 1378, foi eleito o antipapa Clemente VII, que se opôs ao papa legítimo, Urbano VI. Foi quando teve início o Grande Cisma do Ocidente.

RESTAURAÇÕES
PATRIMÔNIO MINEIRO

Notícia simpática em torno do valioso patrimônio histórico, arquitetônico e artístico de Minas Gerais: várias preciosidades de seu acervo se encontram em fase final de restauração. Uma delas é a Igrejinha da Pampulha, em obras há mais de dois anos, que deve ser reaberta em outubro. Outra reabertura auspiciosa será a do Teatro Municipal de Sabará, marcada para novembro. Em junho, o teatro completou 200 anos.

• • •

Outra restauração importante que entrou em fase final é a da Catedral da Sé de Mariana, cuja terceira etapa contempla as pinturas do forro e outros elementos artísticos. Também estão em andamento as obras na Matriz Nossa Senhora da Conceição, de Antônio Dias, em Ouro Preto. A restauração arquitetônica já foi feita, com as cores antigas de volta. A igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, em Mariana, também está no esquema. Ação do Iphan.


Publicidade