Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas coluna do jaeci

"O Futebol da Seleção Brasileira de Tite é vergonhoso e medonho"

Querem vender um produto que não existe. Um time mal treinado, mal dirigido, com jogadores preocupados com redes sociais e com o secador de cabelos.


09/10/2021 04:00

 
 
.
O atacante Gabigol comemora seu único gol nas Eliminatórias até agora. É exemplo dos jogadores que fracassaram na Europa (foto: Yuri Cortez/AFP)
 
Ao mesmo tempo em que a Seleção Brasileira não apresenta bom futebol e é execrada pela torcida brasileira, ela conseguiu um feito inédito: 9 vitórias em 9 jogos pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do Catar. O problema é a falta de qualidade, de futebol, de empatia desse grupo e do treinador com o povo brasileiro. Um futebol medonho e medíocre, que perdia para a Venezuela por 1 a 0 até os 25 minutos do segundo tempo, no jogo de quinta-feira. Querem vender um produto que não existe. Um time mal treinado, mal dirigido, com jogadores preocupados com as redes sociais e com o secador de cabelos. Se temos dificuldades contra essas seleções medonhas, nossas vizinhas, imaginem quando pegarmos uma seleção europeia. E não precisa ser de primeira linha. Qualquer Dinamarca da vida, hoje, nos encara com a maior tranquilidade.


Redes sociais
Os jogadores da atualidade estão mais preocupados com as redes sociais do que em jogar futebol. Vários deles fracassaram na Europa, e deitam e rolam por aqui. Gabigol é um grande exemplo. Reserva na Inter de Milão e Benfica, fez 1 gol no Velho Mundo, e foi mandado em- bora. Gérson vai pelo mesmo caminho, pois tem jogado “pedrinha” no Olimpique de Marselhe. E para piorar, tem jogador, desconhecido, batendo boca com apresentador de TV. O tal de Douglas “não sei o quê”, questionou o apresentador e ex-jogador Neto ao ser criticado por ele. Disse que “Neto não jogou em grande clube”. De que planeta vem esse tal de Douglas “não sei o quê”? Neto foi craque e se jogasse hoje seria cobiçado pelos grandes clubes europeus. Jogava muito! Já os jogadores da atualidade batem um “bolão” somente nas redes sociais. Aliás, publicam cada besteira que só mesmo a geração nutella para gostar!


Liga das Nações
Quem assistiu a França 3 x 2 Bélgica, pela Liga das Nações, pôde perceber a distância abissal que separa o futebol do Velho Mundo do sul-americano. Dribles, passes, gols, jogadas geniais, e as duas equipes preocupadas em jogar futebol de verdade. O árbitro, chamado pelo VAR, não demorou 30 segundos para ver no monitor a jogada em que Grezmann foi derrubado na área. Marcou a penalidade rapidamente. Duas equipes bem-organizadas, taticamente, com jogadores de alto nível. De Bruyne, Lukaku, Mbappé, Benzema, só para citar alguns. Na Seleção Brasileira temos Thiago Silva, Marquinhos e outras aberrações, que entregaram o Brasil em tantas competições, mas que têm cadeira cativa com o fraquíssimo Tite. Façam suas apostas: em que fase da Copa do Catar o Brasil será eliminado? Sou capaz de dizer que se pegarmos um grupo um pouco mais forte na primeira fase, voltaremos para casa. Basta uma Dinamarca, República Tcheca ou qualquer seleção mediana para nos amedrontar. Ninguém respeita a camisa amarela!

Data-Fifa
Essas Eliminatórias estão servindo para desfalcar os clubes brasileiros em momento decisivo do Brasileirão e outras competições, além de os técnicos entregarem jogadores lesionados. Arrascaeta sentiu a coxa. Deverá desfalcar o Flamengo em vários jogos. O Galo perdeu Arana e Alonso, convocados para suas seleções, mas, felizmente, estão inteiros. É curioso como os jogadores, convocados por Tite, voltam para seus clubes em má forma física e técnica. A Seleção Brasileira, que antes fazia bem, hoje faz mal aos jogadores e clubes. O único país que não respeita data Fifa é o Brasil. Os clubes pagam altos salários aos seus jogadores, são obrigados a liberá-los para a Seleção, e recebem de volta um pacote de lesões e em má forma. Até quando continuaremos com esse amadorismo? Data Fifa deveria obrigar à paralisação das competições. Na Europa e no resto do mundo, é respeitada. No Brasil, é essa zona toda! 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade