Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas JAECI CARVALHO

Galo goleia, é o maior pontuador, e vai decidir em casa

O adversário era o inexpressivo La Guaira, justamente o único time que tirou pontos do alvinegro


25/05/2021 23:30 - atualizado 25/05/2021 23:49

O Atlético entrou em campo para chegar aos 16 pontos e ser o maior pontuador da fase de grupos(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
O Atlético entrou em campo para chegar aos 16 pontos e ser o maior pontuador da fase de grupos (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
O Atlético Mineiro goleou o Deportivo La Guaira por 4 a 0, no Mineirão, gols de Savarino, Marrony, Hulk e Nathan, garantindo o primeiro lugar geral na fase de grupos da Libertadores. Confirmou seu favoritismo, no grupo considerado o mais fraco da competição. O Galo não tinha nada com isso. Fez o que precisava e venceu todos os adversários, exceto na estreia, contra o próprio La Guaira, quando empatou, perdendo dois pontos. 

O Atlético entrou em campo para chegar aos 16 pontos e ser o maior pontuador da fase de grupos da Libertadores. O adversário era o inexpressivo La Guaira, justamente o único time que tirou pontos do alvinegro. Como na Venezuela o primeiro esporte é o Beisebol, o segundo o Boxe, o terceiro o ciclismo, ficando o futebol em quarto lugar, não havia dúvidas de que o Atlético Mineiro venceria e, até com possibilidade de golear. Isso tudo escrito antes de a partida começar.

Com certeza a tônica da partida seria a seguinte: o time venezuelano se defendendo para perder de pouco, e o Galo em cima, o tempo todo, querendo fazer muitos gols. O La Guaira chegava vez ou outra, mas a retranca era o seu forte. Claro que o Galo precisava jogar pelas extremas. O meio estava muito congestionado. Porém, lançar bolas na área apenas para se livrar dela, como faziam os laterais, não era a melhor forma de tentar o gol. Hulk recebeu na direita, entrou na área e foi egoísta ao chutar. Savarino estava sozinho.

Na segunda oportunidade, porém, Hulk foi lançado na esquerda e dessa vez tocou para Savarino, livre, empurrar para o gol. 1 a 0. Estava aberta a porteira.

Nacho quase fez em cabeçada. Guga em belo chute de fora da área, também. O Galo dominava completamente e marcou o segundo gol com Marrony, após rebote do goleiro. 2 a 0 no primeiro tempo, ficou barato.

No segundo tempo o Atlético Mineiro queria mais gols, para fechar com chave de ouro a fase de grupos. E fez em tabela Nacho-Hulk, e o artilheiro fez 3 a 0, chegando ao seu sexto gol na competição. Cuca fez alterações, já pensando em poupar jogadores para a estreia no Brasileiro, domingo, contra o Fortaleza. Sasha e Vargas entraram. Marrony e Savarino saíram. O tempo passou e no último lance do jogo, Nathan completou para as redes, fazendo 4 a 0. Libertadores, agora, só em julho. Vem aí o Brasileirão e a Copa do Brasil. O Galo fez o melhor dever de casa, e passou na primeira fase, com louvor!

FLU EM PRIMEIRO

No Monumental de Nuñes, o Fluminense conseguiu uma vitória gigante diante do Ríver Plate. 3 a 1, garantindo o primeiro lugar do grupo. Fred foi o nome do jogo, dessa vez como garçom, com dois preciosos passes para os dois primeiros gols. Considerado o grupo da morte, o Flu foi a grande surpresa com a liderança. O Ríver ficou em segundo lugar, garças ao empate do Júnior Barranquilla. No sorteio, qualquer primeiro colocado poderá pegar o time argentino, nas oitavas-de-final. 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade