Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas COLUNA HIT

Novo presidente arregaça as mangas para salvar o Automóvel Clube

Sérgio Murilo Diniz Braga, eleito em chapa única, tem os pés no chão e reconhece as dificuldades do clube, mas não perde a esperança


03/12/2020 04:00

(foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)
(foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)
O novo presidente do Automóvel Clube, Sérgio Murilo Diniz Braga, tem os pés no chão quando o assunto é o futuro da instituição, que completa 95 anos, no dia 17. Eleito em chapa única, o advogado reconhece que os novos costumes e o fato de os filhos dos associados não assumirem o AC são as principais causas do esvaziamento do clube. “Ele perdeu todo o seu brilho”, observa, preocupado com a estrutura arquitetônica e a importância histórica do prédio. A presidência ainda não foi transferida para Sérgio Murilo. A fase é de transição. Devido à pandemia, não haverá posse, apenas um ato administrativo. Por enquanto, o novo presidente não sabe que valor que há em caixa, mas reconhece que a situação é precária.

• • •

Nem a pandemia nem a falta de dinheiro desanimam o novo presidente do Automóvel Clube. Membros do conselho e da chapa eleita estão se cotizando para ajudar da melhor forma possível. O terceiro andar, o Salão Verde, onde funciona o restaurante, já está em reformas. “Imagine a situação, depois de seis meses fechados sem manutenção. Vamos lutar para resgatar a estrutura e a grande dimensão do Automóvel Clube”, afirma o advogado, que tem no currículo resultados positivos na gestão de instituições em situação financeira precária como o Automóvel Clube. Tapetes e carpetes serão retirados em benefício da qualidade sanitária. Por enquanto, as reformas estão sendo feitas com doações silenciosas. “Ninguém quer plaquinha de agradecimento, mas as pessoas se sentem orgulhosas de participar deste movimento”, diz.

• • •

Entre os projetos, Sérgio quer que o Automóvel Clube assuma sua importância histórica e social para Belo Horizonte e Minas Gerais. “A ideia é criar um circuito turístico com o Tribunal de Justiça e o Conservatório de Música da UFMG”, revela o presidente, que descarta a realização do réveillon, devido à determinação de protocolos de saúde para se evitarem aglomerações.

RONALDO FRAGA
LINHA DE MÓVEIS

A nova linha de móveis Amplio, com assinatura de Ronaldo Fraga, será lançada hoje, às 17h, no Grande Hotel que leva o nome do estilista. Peças de fórmica dos anos 1960/1970 e o mobiliário de madeira da cultura popular serviram de inspiração para Fraga.

Equipe do Seminário Corpo Cidadão 2020 faz intervalo na reunião on-line e manda seu recado: use máscara (foto: Reprodução)
Equipe do Seminário Corpo Cidadão 2020 faz intervalo na reunião on-line e manda seu recado: use máscara (foto: Reprodução)

À MESA
ARTE E CULTURA

Mirinha Pederneiras enfrentou os mais diversos desafios para colocar em pé o Seminário Corpo Cidadão, criado por ela como braço social do Grupo Corpo. O projeto começou a ser desenhado em junho para execução em setembro. Vieram outras demandas e pensou-se em adiá-lo para 2021. “Como já estava na pauta, decidimos mantê-lo para o período de 3 a 6 dezembro, este fim de semana”, conta, satisfeita com os resultados de um projeto feito com a força de voluntários e da equipe da ONG criada por ela.


• • •

Gilberto Gil foi o primeiro a topar fazer parte do grupo. O baiano abre o seminário, às 20h15, ao lado de Ailton Krenak. Ao grupo foi se juntando mais gente, como o pessoal do Rolê Maravilha, responsável pela parte técnica. “Você acredita que decidi que precisava de tradução e o pessoal do Rolê conseguiu um tradutor, que também vai nos ajudar?”, comemora Mirinha, reafirmando que a ideia do seminário é “fortalecer a importância e a necessidade da arte no nosso dia a dia”. O seminário será transmitido no YouTube e no Facebook do Corpo Cidadão.

Rodrigo de Castro, curador da mostra e filho de Amilcar de Castro, na exposição comemorativa dos 100 anos do artista, na galeria do Centro Cultural Minas Tênis Clube(foto: Orlando Bento/Divulgação)
Rodrigo de Castro, curador da mostra e filho de Amilcar de Castro, na exposição comemorativa dos 100 anos do artista, na galeria do Centro Cultural Minas Tênis Clube (foto: Orlando Bento/Divulgação)

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade