Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Dicas de português

Aprenda a não confundir tráfego e tráfico


18/10/2020 04:00 - atualizado 18/10/2020 08:22

Recado
“Felicidade é quando o que você pensa, o que você diz e o que você faz estão em harmonia.”

 Mahatma Gandhi

Bandido à solta
Eta semana pesada! Nos sete dias, imperou um assunto – a libertação de André do Rap. O chefão do PCC saiu da cadeia de segurança máxima pela porta da frente. Fez agrados no advogado, entrou no carro, bateu asas e voou. Para onde? Sabe-se lá. Suspeita-se de Paraguai e Bolívia.

Sem confusão
O noticiário, claro, falou em tráfico. Alguns escreveram tráfego. Pintou, então, a dúvida: há diferença entre as duas palavras? Há. E põe diferença nisso. É tão grande quanto a distância entre a água e o azeite:

Tráfego = trânsito, grande atividade, afã, comércio: tráfego aéreo, tráfego marinho, tráfego rodoviário.

Tráfico = comércio, não necessariamente ilícito. Daí se dizer tráfico ilegal ou tráfico ilícito. Melhor evitar confusão. Use tráfico só na acepção de comércio ilícito: tráfico de droga, tráfico de influências, tráfico de mulheres.

Por falar em trânsito...
O s que aparece na palavra trânsito soa z. O que aparece na palavra transubstanciação soa ss. Por quê? Ambos os vocábulos são formados pelo prefixo trans-. A resposta está no que vem depois.

Trânsito, como transigir, transatlântico, transar e transístor, é seguido por letra diferente de s: trâns(ito), trans(igir), trans(atlântico), trans(ar), trans(ístor).

Transubstanciação, como transiberiana, transumir e transugar, é seguida de palavra começada por s. Viu? S de um lado e s de outro são dose dupla. Na escrita, um deles some. Mas na pronúncia soa como se estivesse presente: trans(substanciação), trans(siberiana), trans(sumir), trans(sugar).

Rosa que te quero rosa
A campanha Outubro Rosa veste os monumentos de cor-de-rosa. Trata-se de forma charmosa de chamar a atenção para a necessidade de prevenir o câncer de mama. À noite, as cidades ganham toque de magia. Os cidadãos circulam pelas ruas encantados. Fotografam. Postam comentários e imagens nas redes sociais. É um show.

Sai ano, entra ano, ao divulgá-la, pinta a pergunta. Por que cor-de-rosa se escreve com hífen e as demais cores não? São artes da reforma ortográfica. Antes, cor de laranja, cor de carne, cor de vinho, cor de abóbora se grafavam com o tracinho. Agora, circulam livres e soltas. E cor-de-rosa? É a exceção que confirma a regra.

Câncer
Por que câncer se chama câncer? Câncer chegou ao português via latim (cancer). Mas o vocábulo nasceu grego. Na língua de Aristóteles e Platão, era karkinos. A trissílaba quer dizer caranguejo. O que a doença tem a ver com o crustáceo? A aparência: o desenho das veias da região afetada pela doença lembra … caranguejo.

Olha o Hércules
Hércules enfrentou a Hidra de Lerna. Pra vencer o dragão com nove cabeças de serpente, tinha de cortar todas elas. Como? Mal decepava uma, a danada renascia. Ele, então, queimou com uma tocha os pescoços cortados. Oba! A deusa Hera, inimiga do valentão, mandou um caranguejo mordê-lo. O herói o esmagou. Hera recolheu os pedaços espalhados pelo chão. Com eles, formou a constelação de Câncer, que quer dizer caranguejo.

Leitor pergunta
Ouço pessoas dizerem "por conta de" no lugar de "por causa de". Estão certas?

Maria Eliza Duval-BH

Por conta de na acepção de por causa de é modismo. Muitos o rejeitam. Como falamos e escrevemos para o outro, é melhor seguir esta regra:Por causa de = devido a, por motivo de, em razão de, em virtude de, graças a, por obra de: O senador Chico Rodrigues deixou a vice-liderança do governo por causa do dinheiro na cueca. Muitos se sentem ansiosos por causa do isolamento social. Houve interrupção das aulas por causa da pandemia.

Por conta de = a cargo de, à custa de, sob a responsabilidade de, custeado ou financiado por alguém: O cafezinho é por conta da casa. As definições da obra ficam por conta do engenheiro. Diverte-se por conta dos pais.

 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade