Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas EM DIA COM A POLÍTICA

A julgar por Bolsonaro e adversários já declarados, 2022 já começou

Enquanto o presidente insiste em voto impresso, o PSD se empenha em cacifar o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, para a disputa à presidência


22/07/2021 04:00 - atualizado 22/07/2021 07:26

O presidente Jair Bolsonaro diz que entrega a faixa presidencial em
O presidente Jair Bolsonaro diz que entrega a faixa presidencial em "eleições limpas", sugerindo fraude sem comprovação (foto: Miguel Schincariol/AFP )
“Eu entrego a faixa para qualquer um, se eu disputar a eleição, né? Se eu disputar, eu entrego a faixa para qualquer um. Uma eleição limpa”, disse a apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada. “Agora, participar de uma eleição com essa urna eletrônica…

“Estamos trabalhando, inclusive, uma pequena mudança ministerial, que deve ocorrer na segunda–feira, para ser mais preciso, e para a gente continuar aqui administrando o Brasil. Temos uma enorme responsabilidade. Sabia que o trabalho não ia ser fácil, mas realmente é muito difícil. Não recomendo essa cadeira para os meus amigos”, afirmou Bolsonaro.

Se parece que o ano que vem já começou, o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, que tem uma extensa biografia política, de ministro a prefeito de São Paulo, entre vários cargos, esteve na terça-feira em Belo Horizonte. E, claro, veio tratar de política. Ele está empenhado em cacifar uma candidatura do presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (ainda no DEM), para a disputa presidencial.

“Sinto, por tudo o que ouço de amigos e companheiros de partido em Minas, que Kalil é um extraordinário candidato. Caso vença, vai ser um grande governador, como tem sido grande prefeito. Esses palanques regionais, tendo Minas como carro–chefe, vão permitir a Pacheco ter uma base de lançamento de sua candidatura muito expressiva”, deixou claro Kassab.

Já que estamos em Minas, melhor tratar do Judiciário, já que a ministra e ex–presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Cármen Lúcia rejeitou um pedido de impeachment contra Bolsonaro. Ele partiu de integrantes do PT para obrigar o presidente da Câmara dos Deputados, Artur Lira (PP–AL), a colocá-lo em pauta. É do ano passado. O melhor a fazer é deixar esta pendenga para lá.

Melhor atualizar, já que política e futebol não se discutem, mas pode trazer um registro interessante. “Eu sou como o Benjamin Button. Eu vou de mais a menos. Poder estar aqui é muito especial para mim. Bati na trave duas vezes e, na terceira, aconteceu. Sou muito grato pela confiança e pelo respeito ao trabalho construído em toda a carreira. Eu sou uma pessoa que tem espírito muito jovem.

Tudo isso quem disse foi Daniel Alves, de 38 anos, que é o jogador mais vitorioso na história do futebol mundial. Ah! E o Benjamin Button é aquele que invés de envelhecer com o passar do tempo, rejuvenesceu.

Bons números

“Todos os sinais que estão vindo da Receita Federal, exportações, importações, ritmo de pagamento de impostos em todas as variedades, todos dão sintomas clássicos de uma vigorosa retomada de crescimento econômico”. A declaração é do ministro da Economia, Paulo Guedes, destacando que o valor é o segundo maior para os meses de junho desde o início da série histórica em 1995, da Receita Federal. Os valores foram devidamente corrigidos pela inflação. Ele destacou que, dos 86 setores, apenas seis ainda estão com arrecadação abaixo do período pré–pandemia.

(foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado - 26/5/21)
(foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado - 26/5/21)

O argumento

Fala por si. O senador Randolfe Rodrigues (foto) (REDE–AP) é um político muito ativo no combate à pandemia da COVID–19 e também é um fervoroso defensor do meio ambiente e do Acordo de Paris. Melhor ir direto ao fato: o governo da França anunciou, ontem, que dará a comenda Légion d'honneur, que é a mais alta honraria nacional, para o senador brasileiro. A medalha será entregue pelo presidente Emmanuel Macron. “É muito mais do que eu mereço, e mais longe do que pensei chegar. A comenda não pertence a mim, mas às famílias enlutadas pela pandemia”, diz Randolfe.”

Redes sociais

Atenção! Meu Whatsapp foi clonado na manhã de hoje – leia-se ontem– e muitos contatos receberam mensagens solicitando a transferência de quantias em dinheiro para uma conta bancária. É um golpe, não transfiram nenhuma quantia em dinheiro e não respondam. Tudo isso partiu da rede social @mariliacontagem. Mais Bolsonaro: “costumo dizer aos meus amigos: não queiram essa cadeira, que isso aqui tem Kriptonita, brocha o super–homem, quem dirá eu”. Foi em entrevista à rádio “Jovem Pan” Itapetininga. E o presidente disse que não aconselharia amigos a concorrerem ao cargo.

O alerta

“A Olimpíada é importante, mas não houve consenso mundial de que ela poderia ter sido realizada, porque a pandemia ainda está ativa. Nós temos várias variantes, inclusive a Delta, que é altamente transmissível, sobretudo em aglomerações”. Quem alerta é o médico Julival Ribeiro, integrante da Sociedade Brasileira de Infectologia.

Para encerrar

“De maneira geral, as commodities vêm sofrendo aumento de preço. Algumas já registram estabilidade. Mas comparado com o ano passado, a combinação de preços e dólar leva a esse faturamento expressivo”. Quem diz é o presidente do conselho diretor do Ibram, Wilson Brumer, que, como não poderia deixar em branco, é mineiro de Belo Horizonte.

PingaFogo


Em tempo, o Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) ainda sobre o os royalties da mineração. Eles são distribuídos assim: 10% para a União, 15% para o estado onde ocorre a produção, 15% para os estados afetados pela produção e 60% para o município onde ocorre a produção.

Detalhe sobre a nota “Bons números”: a economia brasileira voltou a criar oportunidades de estágio. Na pandemia, a escola precisou de reforço, por causa da turma dividida e, como ficou claro, as aulas on-line exigiram e trouxeram tarefas novas.

Para lembrar: o líder da oposição, senador Randolfe Rodrigues (Rede–AP), foi às redes sociais para chamar o ministro Ricardo Salles, de “anti–ministro” e de “inimigo do meio ambiente”. Não foi à toa que foi demitido. Fica aí o registro, só para ilustrar.

(foto: Wilson Pedrosa/Estadão Conteúdo 27/5/2020)
(foto: Wilson Pedrosa/Estadão Conteúdo 27/5/2020)
Alguém aí ainda se lembra do Roberto Jefferson (foto) aquele do mensalão? Pois é, está de volta. O Tribunal de Justiça da São Paulo (TJ–SP) sacramentou a pena imposta a ele de pagar R$ 60 mil de indenização ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes.

Em temporada epidêmica mundo afora, o jeito é encerrar por hoje. Um bom dia a todos e se cuidem. A COVID–19 ainda está por aí e nunca traz boas notícias. FIM!






*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade