Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas EM DIA COM A POLÍTICA

As provas de fogo pairam sobre a política brasileira

No meio do caminho, tem os prefeitos, cabos eleitorais dos deputados em suas bases. É favorecer agora os prefeitos e garantir as próprias reeleições em 2022


19/07/2020 04:00 - atualizado 19/07/2020 07:31

Uma nuvem política paira sobre o Brasil. Só na semana passada, foram, pelo menos, três derrotas do governo federal na Câmara dos Deputados. Novas provas de fogo, logo a partir de amanhã, estão previstas. E o prognóstico político nada tem de animador. Muito antes pelo contrário, o buraco nas contas públicas tende a crescer ainda mais antes do recesso parlamentar.

No meio do caminho, tem os prefeitos, os cabos eleitorais dos deputados em suas bases. É favorecer agora os prefeitos e garantir suas próprias reeleições em 2022. É assim que funciona e não vai mudar.

Se não bastasse, tem a COVID–19 monopolizando o cenário. E ela atinge o mundo inteiro, em maior número de casos o Brasil e os Estados Unidos, os campeões, que trazem junto a África do Sul e a Índia.

Se pode piorar, há um novo recorde diário de novos contaminados pelo novo coronavírus, informa a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Já que tratamos disso, vale um registro mineiro, afinal a deputada estadual Laura Serrano (Novo) teve diagnóstico confirmado. Melhor ela própria explicar educadamente: “Estou em isolamento em casa desde a realização do exame, mas precisei cumprir algumas agendas parlamentares antes disso. Peço a quem eventualmente me encontrou nos últimos dias que fique atento a quaisquer sintomas”.

Ela agora fará companhia aos seus colegas na Assembleia Legislativa (ALMG), os deputados Antonio Carlos Arantes (PSDB), Guilherme da Cunha (Novo) e João Vítor Xavier (Cidadania), por ordem alfabética não por datas de confirmações da contaminação. Já que estamos neste assunto...

A gripezinha informa a agenda oficial do presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, que está em quarentena. Amanhã ele tem previstas videoconferências. De acordo com a agenda, das 14h às14h30, com o ministro de Economia, Paulo Guedes. Um pouco mais tarde, das 17h às 17h30, é a vez do ministro–chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Jorge Antonio de Oliveira.

É, voltando ao início, vale um registro da nuvem, mas não é a política. A previsão foi feita ontem à tarde pelo chefe da Divisão de Defesa Sanitária Vegetal da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do Rio Grande do Sul, Ricardo Felicetti: uma nuvem de gafanhotos que está na Argentina volta a preocupar agricultores no sul do Brasil.

Com as temperaturas mais altas, a expectativa é de que ela possa chegar ao Rio Grande do Sul até quarta-feira desta semana. Como o clima anda bem frio em Belo Horizonte, só resta encerrar a coluna por hoje e ficar bem agasalhado. Bom domingo a todos!

(foto: PDT/Divulgação)
(foto: PDT/Divulgação)

Fala quem sabe

Fala quem sabeJá que é médico. Primeiro, o deputado Mário Heringer (foto) (PDT–MG) registrou que a dinâmica de contágio em Minas foi nas cidades pequenas. “Os prefeitos não gastaram recursos para combater a pandemia da COVID–19. No entorno da região metropolitana eles se dirigiam a Belo Horizonte.

O vírus passou a andar de ônibus. A dinâmica no interior, que é mais longe a BH, eles optaram para ir ao sul de São Paulo ou foram para o Rio de Janeiro. Ele usou, como exemplo, o fato de a Bahia ainda não ter sido muito atingida. Ou seja, estava longe dos grandes centros, tanto que nem respiradores compraram.

Temperatura

Para a volta das atividades comerciais, os shoppings precisam garantir que as pessoas tenham total segurança dentro dos estabelecimentos. E uma das propostas é a medição diária da temperatura de todos os lojistas, funcionários de lojas, trabalhadores e terceirizados.

Quem apresentar sintomas e/ou temperatura elevada deverá ser atendido imediatamente e submetido ao teste RT- PCR, em uma estrutura montada e bancada pelos próprios centros comerciais.

Amanhã?

Em plena segunda-feira? Pois é, o fato é que o plenário da Câmara dos Deputados marcou para amanhã, às 15h, uma sessão deliberativa virtual para a votação da Medida Provisória 944/20, que concede linha de crédito para empresas pagarem a folha salarial em meio à crise causada pelo coronavírus.

E tem o toque mineiro, já que o relator é o deputado Zé Vitor (PL–MG). De acordo com ele, poderão ter acesso às medidas propostas os agricultores e empreendedores familiares, os pescadores, os extrativistas, os silvicultores e os aquicultores.

Mel Dels..

.”Minha mãe analisou o local de 39m², o que foi omitido na chamada. Nós poderemos ficar mais perto de irmãos, pai, filhos e netos. A desinformação não para! Não morarei no Texas ou Marte, continuo no RJ, sou pré-candidato, presente nas sessões e tudo segue normal!” Tudo isso para negar que esteja disposto a se mudar para Brasília ou pegar um avião para deixar o país. Se o presidente Jair Messias Bolsonaro se mantém recluso no Palácio da Alvorada, seus filhos cuidam de virar notícias nas redes sociais. Vida que segue…

A infecção

O Brasil conta agora com o reforço de 7.994 ventiladores pulmonares entregues pelo governo federal, pelo Ministério da Saúde, para auxílio no atendimento aos pacientes com COVID–19. Os equipamentos foram entregues em todos os estados e no Distrito Federal.

E ainda: o Brasil já conta com 10.498 leitos de UTI habilitados para tratar pacientes graves ou gravíssimos com COVID–19. Do total, 247 são pediátricos.

O Ministério investiu R$ 1,5 bilhão, pago à vista, para que estados e municípios possam custear leitos pelos próximos 90 dias. Foram adquiridos ainda 54,8 mil unidades de medicamentos para intubação na região sul em parceria com empresas uruguaias.

Pinga fogo


Em tempo, ainda sobre ACM Neto: essa medida é a melhor alternativa para permitir a reabertura dos shoppings, sem a necessidade de testar todos os comerciários. “Esperamos e estamos trabalhando muito para que esta retomada aconteça já na semana que vem.”

A propósito: o governo da Bahia suspendeu o transporte intermunicipal em mais oito cidades, como medida de combate à propagação do coronavírus. A partir de hoje, com essa atualização, o total de cidades com transporte intermunicipal suspenso chega a 380.

Que me perdoem os apresentadores e apresentadoras da CNN Brasil. Enquanto o presidente Bolsonaro e apoiadores que estavam no Palácio da Alvorada faziam questão de cantar trecho do Hino Nacional, falaram o tempo todo enquanto a bandeira era hasteada. Foi uma falta de respeito.

(foto: Fanny ANDRE/AFP)
(foto: Fanny ANDRE/AFP)

Se teve incêndio na Catedral de São Pedro e São Paulo (foto), em Nantes, na França, e destruiu vitrais do século 16 e a perda do órgão foi tratada pelo padre François Renaud, que é o administrador diocesano, como “inestimável”, melhor encerrar por hoje.

Afinal, inestimável tem como sinônimos “difícil, impossível de ser estimado, avaliado, inapreciável e incalculável”, melhor ficar por aqui. Só rezando mesmo. Aproveite o domingo e siga a #FiqueemCasa.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade