Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas ANNA AOS DOMINGOS

Hoje é o último dia do 'I Love Jazz' na Praça do Papa

Produzido pela Lado A Produtora, com apoio do grupo Diários Associados, o festival traz artistas renomados do Brasil e do exterior


26/06/2022 04:00 - atualizado 26/06/2022 08:55

público no festival I Love Jazz
Primeiro dia do festival reuniu grande público na Praça do Papa (foto: Marcos Vieira/EM/D.A.Press)
Hoje é o último dia do Festival Internacional I Love Jazz, na Praça do Papa, a última oportunidade para quem gosta de música de qualidade curtir o melhor do jazz doas anos 1920. Um dos programas mais queridos da cidade ficou ausente dois anos por causa da pandemia e voltou neste fim de semana.

Produzido pela Lado A Produtora, com apoio do grupo Diários Associados, o festival trouxe artistas renomados do Brasil e do exterior para comemorar um século da era de ouro do estilo que conquistou o mundo. Por isso o tema deste ano é “Os anos 20 estão de volta”.

Com entrada franca e para toda a família, a programação de hoje começa às 15h, com aula de lindy hop com os Behoppers, seguido de Jazz Band Ball (16h). Depois tem Christiano Caldas (17h30), Dave Mackenzie Quintet (19h) e termina com Heather Thorn and Vivacity (20h30). Imperdível.

Camila, Adriana e Ana
Camila Medrado, Adriana Vasconcelos e Ana Lúcia Rodarte (foto: Foto Isabela Teixeira da Costa)

JANTAR MUSICAL
Lilian Furman

Será na próxima quinta-feira, 30, às 20h30, o Jantar Musical promovido pela dinâmica e querida Lilian Furman, na Cantina Provincia de Salerno, em Santa Efigênia. A novidade deste mês fica por conta do menu, que é assinado por Bruno Peluso, mais um chef da família italiana que já provou por gerações que domina a arte da culinária. Couvert, entrada, quatro opções de prato principal e sobremesa regados pela música do cantor Ênio Bretas.

MUSEU DAS COISAS
no MinasCentro

Depois um bom tempo “esquecido” o Minascentro está sendo revitalizado. O empresário Rômulo Rocha – leia-se Chevals – ganhou a licitação da concessão do espaço. Na verdade, ele estava à frente desde meados de 2019, mas quando ia começar as ações foi surpreendido – como todo mundo – pela pandemia. Agora, sim, conseguiu colocar em prática seu projeto. O espaço privilegiado tem capacidade para receber até 8 mil pessoas simultaneamente nos seus 3 andares, e será voltado para negócios, arte e cultura. Já é certo que terá uma parte voltada para a gastronomia de qualidade. Outra novidade é que o Minascentro vai abrigar o Museu das Coisas, do colecionador Antônio Carlos Figueiredo, e terá projeto e curadoria da competente arquiteta e designer premiada Isabela Vecchi.

Gislene, Cássia e Jorge
Gislene Lopes entre Cássia e Jorge Papazoglu

DECORAÇÃO
resgate da memória

Foi bastante concorrido o coquetel de abertura da “Modernos eternos”, na última segunda-feira. O congestionamento maior foi para entrar, já que o acesso ao local se dá por elevador. Dois estavam disponíveis para os visitantes, mas, querendo ou não demandam um tempo de espera. No sobe e desce, muita gente se encontrando, e os ambientes cheios. Momento alegre de reencontros, uma vez que muita gente ainda está vivendo o momento de flexibilização da pandemia controlada. Mas surpreendeu a coluna o número de pessoas relatando que pegaram a Covid recentemente, pela segunda vez. Fica o alerta para manterem cuidado. A “Modernos” está no antigo prédio do Bemge, na Praça Sete, hoje chamado P7 Criativo. Imperdível o museu, no 3º andar. E dia 1º, às 16h, esta colunista interina fará um talk sobre uma breve história dos Diários Associados, com foco na sociedade e cultura das décadas de 1960 e 1970. Fica o convite.

ANIVERSÁRIO
Noite italiana

A animada Adriana Vasconcelos Oliveira fez 60 anos no final de maio, mas a festa de comemoração só pôde ser marcada para 2 de julho por causa dos inúmeros compromissos pessoais e profissionais, que ela faz questão de cumprir, porque, como faz questão de dizer, “a vida não tem replay”. Será uma noite italiana na casa em que está morando, no Village Terrace, enquanto controem sua casa no condomínio Quintas do Morro, para um grupo de amigos mais próximos. E ninguém melhor que Cantídio Lanna para cuidar do bufê, que ele garantiu que vai aquecer todo mundo. O presente são brinquedos para crianças de 2 a 4 anos, que serão destinados às creches beneficiadas pela Jornada Solidária Estado de Minas.

AUTOMÓVEL CLUBE
97 anos

O clássico e britânico Automóvel Clube de Minas Gerais vai comemorar seus 97 anos em grande estilo. A diretoria está preparando um jantar-dançante. Anotem em suas agendas, porque será imperdível: dia 26 de agosto, às 21h. Afinal, é muita história pra ser contada, e eles querem reunir todos que fizeram e fazem parte dela. Os convites podem ser adquiridos através da plataforma Sympla, ou pelo whatsapp (31) 97515-5515 com Alejandro Garcia.

AUTORES MINEIROS
programas

O Sempre Um Papo, projeto de incentivo à leitura criado há 34 anos por Afonso Borges, acaba de disponibilizar em seu canal no YouTube  25 programas gravados com escritores de diferentes cidades de Minas, onde atua a Gerdau, patrocinadora do projeto, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais, via Secult MG. O objetivo da série é dar visibilidade à literatura produzida no interior do estado. Entre os autores, está Flávia Péret, de Ouro Preto, que falou sobre seus livros, sobre sua infância, juventude e a influência da cidade histórica em suas obras.

DANUZA LEÃO
feminismo refinado

O feminismo inteligente, com propósito e sem raiva, perdeu Danuza Leão, cuja vida & vivências simbolizam tudo aquilo que enfrentaram as mulheres desafiadoras a partir dos anos 1950. Primeira brasileira recebida pelo líder chinês Mao Tse Tung, abandonou a vida de socialite para se casar com um compositor, Antônio Maria, e viver os dramas e misérias que isso significava na época. Para sobreviver, trabalhou como assistente de novela, relações-públicas de boate, modelo e acabou brilhando como escritora popular. Sempre com refinamento e dignidade, desprezava (sem medo) o festival de besteiras que molda a sociedade atual. Por isso mesmo, foi cancelada pelas redes sociais e na imprensa nos últimos tempos. Uma perda, realmente, lamentável.

UNIVERSO FASHION
Programação

A programação do Universo Fashion prossegue até o próximo sábado, 2 de julho, com talks sobre Moda plus size e a revolução do movimento body positive (27/6); Novos comportamentos de produção e consumo de moda (29/6); e Decolonização da moda (1º de julho). O professor Aldo Clécius e o stylist e produtor Rodrigo Cezário, curadores do evento, estarão no comando das atividades do projeto inovador, que é realizado por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura. O acesso aos talks é gratuito e eles podem ser conferidos no canal www.youtube.com/UniversoFashionBH. Basta entrar e participar.

SOCORRO
Salva Bandas

As bandas de músicas do interior mineiro estão correndo sério risco de desaparecer – caso não recebam ajuda imediata. A onda da COVID acelerou o desmantelamento, com pouco mais de 1/3 delas voltando às atividades após o auge da pandemia. Agora, é a falta de recursos. São cerca de 800 bandas nessa situação. O fato é que a burocracia impede a obtenção rápida do incentivo governamental. Um esforço para amenizar os danos, está sendo feito pela Assembleia Legislativa com o projeto Salva Bandas. Mas se não forem ágeis, será tarde demais.

DIOR
Plaza Cerrada

Uma das ferramentas de marketing mais poderosas da moda internacional são os desfiles das coleções Cruise – espalhadas por várias cidades do mundo. Na semana passada, a Dior levou sua turma para Sevilha (na Espanha), fechando a praça mais famosa da cidade para o vaivém das modelos. Até aí, nada de mais. O problema é que, embora tenha sido uma boa promoção para o turismo local, para a população (e até parte da imprensa de lá) o assunto foi encarado com um tremendo descaso. O mal-estar foi indisfarçável entre os convidados vips da marca.

>>>

Quem fez sucesso foi a modelo brasileira Raynara Negrine, que fechou o desfile, consagrando a nova top na moda internacional. Com apenas 18 anos, Raynara (@raynaranegrine) já coleciona trabalhos para grifes de peso, como Versace, Hermès, Fendi, Celine, Valentino, Jean Paul Gaultier, Jacquemus, Alaïa, Paco Rabanne e Carolina Herrera, entre diversas outras. Nascida na pequena Cachoeiro de Itapemirim, no Espírito Santo, a jovem foi revelada pela Joy Management em 2017.

GLACIAL
Minas fria

Que a intensa onda de calor na Europa e de intenso frio por aqui é resultado do aquecimento global todo mundo sabe. Novidade mesmo são as consequências disso para a economia (principalmente o turismo) nas regiões atingidas. No hemisfério norte, a estimativa é de 50 dias a menos no outono e na primavera. Aqui, é o aumento do inverno. Já tivemos quase um mês a mais de frio. Em Monte Verde, os donos de pousadas já observam temporadas de frio mais longas de uns tempos pra cá. Com satisfação, claro.

MALBEC
rumo ao fim

Os apreciadores do vinho argentino são as mais recentes vítimas potenciais do degelo nos Andes. É que a cepa malbec é cultivada, principalmente, em Mendoza, e está sob risco de desaparecer em razão da escassez de água no vale onde estão os vinhedos. O derretimento das geleiras andinas está levando ao plantio de cultivares mais resistentes. Em breve, uma garrafa de malbec argentino vai virar objeto de colecionador.

REDES SOCIAIS
intimidade pública

Quem ainda pensa que as redes sociais não devem ser regulamentadas e que o vazamento de vídeos irresponsáveis é apenas uma brincadeira de desocupados deveria assistir à minissérie ‘Intimidade’, que a Netflix está exibindo. Ali é mostrado como uma cena de intimidade de uma moça, postada na rede, provoca um tsunami de ordem pessoal, política, social – até chegar ao drama de suicídios e assassinatos. A obra contribui para rever a confortável posição da maioria de culpar a vítima pelo seu ‘descuido’.

TRABALHO
semana quebrada

Desde que os ingleses inventaram a semana com 5 dias de trabalho, esse ritmo laboral se tornou referência no Ocidente. Mas isso está perto de ser alterado, pois, em vários países, a semana de 4 dias já está sendo adotada. O primeiro a experimentar foi a Islândia. A fórmula abre a quarta-feira como novo dia de folga. Nos países escandinavos, o trabalho por meta, e não por carga horária, é adotado há anos. 

A semana de 5 dias criou o que conhecemos como fim de semana. Já a nova folga vai criar a broken-week (semana partida). Mesmo para quem trabalha no home office.

POR AÍ...

O mais novo queridinho da turma descolada no circuito musical é o cantor Jão (assim mesmo, sem ‘o’), cujo repertório e estilo deixam os ‘mudernos’ em êxtase. O que poucos sabem é que o seu maior incentivador foi o mineiro Pedro Tófani – que, atualmente, é também seu empresário.

>>>

E por falar em modernos, o grupo que comanda o Bar Ofélia (no Bairro Funcionários) está com doses boas de novidades por lá. Entre elas, os drinks inspirados nos tarôs. Entre os que atuam ali estão Lucas Durães e Bruce Laviola.

>>>

A expô de Olavo Machado Neto no Museu de Minas e dos Metais, na Praça da Liberdade, foi encerrada com sucesso. Além de performance bacana, teve também um talk sobre ‘NFTs e o mercado de arte’ com o artista + o Fábio Szwardcwald, Frederico Meinberg e o Pedro Lázaro.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade