Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Quer manter os biscoitos sempre gostosos e crocantes?

Truques e dicas ajudam a manter as guloseimas tão gostosas como quando são comprados ou preparados


18/07/2020 04:00 - atualizado 18/07/2020 11:35

Truques e dicas ajudam a manter os biscoitos tão gostosos como quando são comprados ou preparados(foto: Viação Cipó/Reprodução)
Truques e dicas ajudam a manter os biscoitos tão gostosos como quando são comprados ou preparados (foto: Viação Cipó/Reprodução)

 
Tinha uma prima que morava no Rio, que tinha uma cozinha inexplicavelmente perfeita – isso porque nada que ali era feito podia ser reproduzido com simplicidade na casa da gente. Uma das sobremesas mais constantes da casa era um pudim de claras, que aparecia na mesa depois das refeições, impecavelmente branco, perfeitamente enformado, com uns 20cm de altura, cercado por uma calda de baunilha. Tentei copiar algumas vezes, mas nunca consegui, apesar de, modéstia à parte, saber cozinhar.
Outra delícia da casa era um biscoitinho de queijo, enroladinho, torradinho, que derretia na boca. Esse nunca tentei copiar, porque não tenho paciência para enrolar biscoito um a um. E me lembrei deles porque, na próxima segunda-feira (20), é o Dia do Biscoito. A indústria tem caprichado, inventando essas datas para aumentar o consumo de uma coisa ou outra. Acontece que até biscoito tem seus truques de conservação e manutenção e a Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães e Bolos Industrializados (Abimapi) encaminhou alguns dos truques legais para quem gosta de manter os biscoitos tão gostosos como quando são comprados ou preparados.
O primeiro truque ensina como é possível manter o biscoito legal, sem ficar murcho, mesmo de um dia para o outro. Isso acontece porque, em contato com o ar, o biscoito absorve umidade, ficando desse jeitinho desagradável mesmo. As informações da Abimapi para manter os biscoitos crocantes e fresquinhos são simples e curiosas. Vamos a elas:

1. Dica de ouro: pote de vidro
O segredo é armazenar os biscoitos em um pote de vidro bem fechado. Isso vai impedir que ele absorva a umidade do ar e acabe ficando murcho.

2.  Temperaturas baixas
Outra opção é colocar os biscoitos em sacos hermeticamente fechados e depois colocá-los na geladeira, isso ajudará a manter todas as qualidades e texturas do alimento.

3. Que tal um pãozinho?
Fresquinho ou amanhecido, o pão pode ser um ótimo aliado para manter a crocância dos biscoitos. Tem um alto poder de absorção, basta colocar um pedaço dentro do pote e o pão ficará com a tarefa de absorver a umidade.

4. Nosso amigo micro-ondas
Para recuperar a crocância, basta dispor os biscoitos sobre uma travessa ou um prato, de forma que um biscoito não fique sobre o outro. Em seguida, leve ao micro-ondas por 1min em potência alta e pronto. É só retirar e esperar esfriar que eles estarão crocantes e fresquinhos.
n TÁ CURIOSO?

1. É biscoito ou bolacha?
Este é um dos questionamentos mais frequentes e curiosos entre os brasileiros. As duas expressões estão corretas e equivalentes no que diz respeito à legislação. A diferença está no modo de preparo. Ambos são feitos com massa de farinha de qualquer cereal, com ou sem açúcar, gordura ou levedura. Normalmente, as bolachas são secas, enquanto os biscoitos podem ser secos ou úmidos. Apesar da pluralidade em seus formatos, as bolachas distinguem-se dos biscoitos por serem planas. A palavra biscoito vem do latim bis (duas vezes) + coctus (cozido) e chegou ao português pela palavra francesa biscuit, que surgiu no século 12. O nome vem da prática de assar o alimento duas vezes para que ficasse menos úmido e durasse mais sem estragar. Bolacha vem de bolo (do latim bulla, objeto esférico) com o sufixo “acha", que indica diminutivo. A palavra holandesa koekje significa a mesma coisa e gerou termos como cookie e cracker.

2. Maria ou maisena?
Na comparação entre as versões, não existem grandes diferenças: o Maria é um biscoito redondo de formulação tradicional com leve sabor de baunilha e leite, enquanto o maisena tem o formato retangular ovalado, com formulação tradicional e aromas de baunilha, laranja e limão.

3. Cream cracker ou água e sal?
Em relação aos salgados, na verdade, não existe diferença de ingredientes. O que muda de um para o outro é a quantidade gordura, que é maior no cream cracker do que no do biscoito água e sal. Isso é necessário para deixar a massa do cracker mais cremosa e crocante.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade