Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas MERCADO S/A

Paralisia e insensibilidade afastam empresariado do governo federal

Atraso das reformas, a ineficaz agenda econômica e até a insensibilidade presidencial abalaram o ânimo do setor produtivo


31/12/2021 04:00 - atualizado 31/12/2021 07:11


O humor dos empresários mudou de direção. Se até pouco tempo atrás boa parte deles depositava alguma esperança no governo Bolsonaro, agora são cada vez mais raros os que ainda defendem a atual gestão. A pouca disposição para realizar as reformas tributária e administrativa, a confusa e ineficaz agenda econômica e até a insensibilidade presidencial para lidar com as tragédias nacionais – como as enchentes na Bahia e em Minas Gerais – abalaram o ânimo do setor produtivo.

Alguns indicadores detectaram esse movimento. Em dezembro, por exemplo, o Índice de Confiança Empresarial medido pela Fundação Getulio Vargas caiu 1,8 ponto. Na média do quarto trimestre, o indicador recuou 3,9 pontos em relação ao período anterior. “O resultado negativo foi disseminado entre os setores e também ocorreu tanto na percepção sobre o momento atual quanto nas expectativas” disse Rodolpho Tobler, economista do FGV Ibre. Em outras palavras: a descrença é generalizada.

SulAmérica compra seguradora japonesa

No apagar das luzes de 2021, a SulAmérica, maior grupo segurador independente do país, fechou a compra de 100% da seguradora japonesa Sompo Saúde por R$ 230 milhões. A Sompo tem 116 mil usuários de convênio médico no Brasil e encerrará o ano com receitas de R$ 650 milhões. Não é de hoje o apetite da SulAmérica por aquisições. Recentemente, comprou a Paraná Clínicas, operadora verticalizada de Curitiba, e a carteira de planos de saúde da Santa Casa de Misericórdia de Ponta Grossa (PR).


Meta tem investido na nova fronteira
(foto: CHRIS DELMAS/AFP)

Facebook começa a fazer dinheiro com metaverso

O metaverso, o universo digital que combina elementos da tecnologia como realidade virtual, realidade aumentada e vídeo, começa a gerar receitas para algumas empresas. É o caso do Facebook, que recentemente mudou o nome para Meta. As vendas de seu capacete virtual Oculus triplicaram em 2021 em relação a 2020, chegando a US$ 734 milhões. Não à toa, a Meta tem investido na nova fronteira. Seu ambiente virtual de trabalho, o Facebook Horizon Workrooms, já consumiu US$ 10 bilhões.

iFood vende 1 milhão de unidades de seu vale-presente

A iFood lançou vale-presente que dá créditos na compra de alimentos e espera incremento de 80% no número de pedidos
A iFood lançou vale-presente que dá créditos na compra de alimentos e espera incremento de 80% no número de pedidos (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press - 16/4/20)


O iFood Card, vale-presente que dá créditos na compra de alimentos, caiu no gosto dos usuários da plataforma de delivery. Antes do Natal, o cartão teve 1 milhão de unidades vendidas – o número representa um aumento de 47% em relação ao ano passado. O valor médio dos presentes, R$ 63, cresceu 105%. Segundo Stephanie Sant'Anna, responsável pela área de marketing da empresa, é esperado um acréscimo de aproximadamente 80% no número de pedidos pagos com o gift card até a virada do ano.

Rapidinhas

energia elétrica
 

Minas Gerais é o estado que receberá o maior volume de investimentos na área de energia elétrica entre 2022 e 2026: R$ 9,9 bilhões. O número é um dos destaques da edição revisada do Plano da Operação Elétrica de Médio Prazo do Sistema Interligado Nacional (PAR/PEL), do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

Os recursos terão como destino a ampliação da rede de transmissão entre os estados que fazem parte do Sistema Interligado Nacional. A implantação das linhas possibilitará o aumento da capacidade de escoamento de geração do sistema mineiro de transmissão e a expansão de intercâmbio entre as regiões Norte e Sudeste/Centro-Oeste do país.

A operadora TIM realizou uma pesquisa com 202 mil usuários sobre as perspectivas dos brasileiros em 2022. Segundo o levantamento da plataforma TIM Ads, 43% dos entrevistados esperam melhorar a situação financeira, 24% querem um emprego ou uma promoção, e outros 24% desejam mais saúde. Os planos para 2022 incluem viajar e conhecer lugares novos (38%).

Disney
(foto: DISNEY/DIVULGAÇÃO)


As maiores empresas de streaming do mundo vão gastar ao menos US$ 115 bilhões na produção de novos filmes e séries em 2022, segundo levantamento realizado pelo jornal britânico “Financial Times”. Apenas a Disney desembolsará US$ 23 bilhões, acima dos US$ 17 bilhões previstos pela Netflix.

R$ 100 bilhões

é quanto os estrangeiros investiram na B3 em 2021. Na comparação com 2020, os aportes subiram 1.200%. O motivo: os ativos brasileiros estão baratos

“O combustível vai subir em 2022, mas de forma mais moderada. O preço da gasolina deve ficar entre R$ 7 ou R$ 8 por litro para o consumidor no próximo ano”
Sérgio Vale, economista-chefe da MB Associados

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade