Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Mercado S/A

Moeda virtual ligada a jogos eletrônicos tem valorização de 11.300% em 2021

'A indústria de games é o fenômeno do momento. Segundo a consultoria Accenture, setor já movimenta US$ 300 bilhões por ano no mundo


27/09/2021 04:00 - atualizado 27/09/2021 08:03

Quanto maior for o número de jogadores, mais chances existirão de a moeda virtual ligada ao game se valorizar
Quanto maior for o número de jogadores, mais chances existirão de a moeda virtual ligada ao game se valorizar (foto: Frederic J. Brown/AFP - 12/6/18)

A indústria de games está revolucionando o mercado de investimentos. Agora, os games têm as suas próprias moedas virtuais – algumas delas geraram retornos espetaculares. A AXS, criptomoeda do jogo Axie Infinity, teve valorização de 11.300% em 2021, mais do que qualquer outro ativo O que explica o crescimento explosivo?

O Axie Infinity enquadra-se na categoria que os especialistas chamam de “play-to-earn” (“jogue para ganhar”, em português).

Como o nome diz, a modalidade permite que os jogadores ganhem dinheiro conforme avancem de fases ou melhorem as suas habilidades.

Quanto mais jogadores, maior a chance de a moeda virtual ligada ao game se valorizar. Obviamente, há riscos para os investidores, pois é impossível cravar que uma moeda virtual irá, de fato, subir.

A indústria de games é o fenômeno do momento. Segundo a consultoria Accenture, ela já movimenta globalmente US$ 300 bilhões por ano, ou um quinto do PIB brasileiro.

Contratação de temporários será a maior em 8 anos

Em um cenário de emprego escasso, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) traz algum alento: a contratação de trabalhadores temporários para o Natal será a maior em 8 anos. Estima-se que 94,2 mil vagas serão abertas até dezembro. Os estados de São Paulo (25,55 mil), Minas Gerais (10,67 mil), Rio de Janeiro (7,63 mil) e Paraná (7,19 mil) concentrarão mais da metade (54%) das ofertas, enquanto os setores de vestuário e supermercados deverão trazer mais oportunidades.

Uber e motoristas não se entendem, e passageiros sofrem

É cada vez mais visível que a Uber precisa encontrar uma saída para o impasse com seus motoristas. Com a disparada do preço do combustível e do aluguel de carros, apenas algumas corridas valem a pena para os profissionais. Resultado: eles passaram a cancelar boa parte das viagens, ficando apenas com aquelas que trazem melhor margem. Os passageiros sofrem: há relatos de esperas que chegam a 40 minutos. Só na semana passada, a Uber baniu 1,6 mil motoristas pelo cancelamento excessivo de viagens.

78%

Dos executivos brasileiros acham que os controles que as suas empresas possuem atualmente são eficazes contra a corrupção. No mundo, o índice é de 74%. Os dados são da Kroll, companhia americana de gestão de riscos e investigações corporativas

Brasileiros com mais de 50 anos impulsionam a economia

O aumento da expectativa de vida nos últimos anos tornou o público sênior um dos mais relevantes para a economia brasileira. Segundo dados da Maratona da Longevidade, maior evento do país voltado para o segmento, os brasileiros acima de 50 anos movimentam R$ 1,8 trilhão anuais, mas o número poderá dobrar em uma década. A maratona será realizada virtualmente entre 1º e 4 de outubro e contará com a participação de nomes como o ex-ministro Joaquim Levy, 60 anos, e a atriz Bruna Lombardi, 69.


''Há muita inovação na América Latina e as oportunidades de negócios nunca foram tão grandes na região''

Masayoshi Son, fundador do conglomerado japonês SoftBank, que criou um fundo de US$ 3 bilhões para investir em empresas de tecnologia do continente


Rapidinhas

A indústria brasileira de colchões deverá movimentar R$ 11,2 bilhões em 2021, um recorde. Não à toa, empresas como a alemã Emma – The Sleep Company faturam alto no país. Em 2021, suas vendas quase triplicam em relação a 2020. Com isso, a operação brasileira já ocupa o sexto lugar em faturamento entre os 30 países em que a Emma atua.

Os altos índices de criminalidade no Brasil obrigam as empresas a adotar estratégias que não são encontradas em outros países. Cada vez mais, as companhias de delivery contratam entregadores autônomos para a remessa de mercadorias. Como eles usam seus próprios carros, sem identificação, o risco de roubo de cargas é menor.

O e-commerce da Guarani, marca de varejo do grupo francês Tereos, cresceu 183% em 2021 em relação ao ano passado. O número de clientes também aumentou durante o período – 271% a mais. O portfólio de produtos foi ampliado. Além das linhas de açúcares, a companhia passou a vender amido de milho e fécula de mandioca.

A Amazon passou a defender oficialmente a legalização da cannabis em todo o território americano. Recentemente, a empresa, que é uma das maiores empregadoras dos Estados Unidos, deixou de exigir testes toxicológicos negativos para a contratação de funcionários, quebrando um tabu da cultura corporativa americana.
 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade