Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas MERCADO S/A

Pandemia faz aumentar procura por psiquiatras no Brasil

Entre 77 mil consultas na área, 40.016 pacientes, ou seja, mais de 50%, receberam diagnóstico de depressão ou doenças relacionadas


26/03/2021 04:00 - atualizado 26/03/2021 07:41

A maior procura por psiquiatras ocorre entre pessoas de 21 a 30 anos, representando 30% do total(foto: knowload.com.br/Divulgação - 7/12/16)
A maior procura por psiquiatras ocorre entre pessoas de 21 a 30 anos, representando 30% do total (foto: knowload.com.br/Divulgação - 7/12/16)

Estudo realizado pela rede de centros médicos Dr. Consulta, e antecipado com exclusividade pela coluna, revela os danos causados pela pandemia. De abril de 2020 a fevereiro de 2021, o grupo realizou 88 mil consultas (on-line e presenciais) entre psiquiatria e psicologia, o equivalente a cerca de 350 atendimentos por dia. Sim, por dia.

Entre as 77 mil consultas realizadas na área de psiquiatria, 40.016 pacientes – mais de 50%, portanto – receberam diagnóstico de depressão ou doenças relacionadas, como transtorno de humor ou ansiedade.

De acordo com o levantamento, as mulheres responderam por 67% das consultas com psiquiatras. O recorte por faixa etária indica que a maior procura se deu entre pessoas de 21 e 30 anos, com 30% do total, seguidas pelo grupo de 31 a 40 anos (24%). A pandemia certamente deixará marcas na área da saúde, e os transtornos psiquiátricos estarão entre as mais duradouras.

Metade dos lojistas de shopping teme encerrar o negócio

Não está fácil para ninguém, mas para alguns a situação é mais difícil ainda. Segundo a Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), 84% dos empresários demitiram desde o início da crise do coronavírus e pouco mais da metade (53%) teme fechar o negócio em definitivo. Para piorar, os lojistas têm sofrido para obter recursos. “As medidas de ampliação de crédito não chegaram de maneira uniforme aos empreendedores pequenos, que representam 70% das lojas”, diz Nabyl Sahyoun, presidente da Alshop.
 

''Cada país valoriza seu monopólio ao controlar a oferta e a demanda. Não querem a operação ou competição de outras moedas, pois as coisas podem sair de controle. Já proibiram o ouro e é por isso que proibir o bitcoin é uma boa probabilidade''

Ray Dalio, bilionário americano e um dos investidores de melhor desempenho da história

 

iFood quer ser mais sustentável

O iFood anunciou meta ambiciosa: eliminar as suas emissões de carbono até 2025. Como se dará o milagre? Segundo o plano chamado Regenera, a ideia é investir em veículos elétricos, desenvolver embalagens sustentáveis e realizar parcerias com cooperativas de reciclagem. Não é de hoje que a sustentabilidade entrou no horizonte da empresa. Desde o ano passado, os clientes podem optar por receber ou não talheres e outros utensílios de plástico em suas entregas.

Guedes não convence mais o mercado?

As declarações exageradamente otimistas do ministro da Economia, Paulo Guedes (foto), parecem não convencer mais o mercado financeiro. Depois de prometer privatizar tudo, acelerar as reformas e entregar sólida retomada econômica – nada disso ocorreu, ressalte-se –, agora ele enxerga um novo horizonte de crescimento daqui a 60 dias. Ao contrário do furor que seus discursos geravam antes, agora os economistas, analistas e gestores permanecem em silêncio toda vez que Guedes fala.

RAPIDINHAS


  • A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), órgão que regula o mercado de saúde privada no Brasil, reiterou a sua posição a respeito do uso da terapia nusinersena para o tratamento da atrofia muscular espinhal (AME) na rede de saúde suplementar, de acordo com a Lei 9.656/1998.

  • “Esperamos que as seguradoras e operadoras de saúde cumpram a obrigatoriedade da cobertura”, diz Aline Giuliani, uma das liíderes da associação de pacientes Instituto Viva Íris. “Esta é a quarta vez que a ANS reforça esse entendimento. A AME é uma doença progressiva e incapacitante, e não podemos perder tempo.”

  • Pela primeira vez, a Qualicorp, administradora de planos de saúde coletivos, terá em seu portfólio um produto destinado a pequenas e médias empresas de Belo Horizonte. O projeto, chamado PME Administrado, é fruto de parceria com a Unimed-BH e está disponível para companhias que tenham entre uma e 99 vidas.

  • O resultado foi ruim, mas poderia ter sido pior. Segundo a empresa de pesquisas Kantar, o consumo em hotéis e restaurantes do país caiu 22% em 2020, na comparação com 2019. Fontes do mercado achavam que a queda poderia chegar a 40%. Mesmo assim, o setor tem longo caminho pela frente até recuperar os níveis pré-pandemia.

13%

foi quanto cresceu a procura das empresas por crédito em fevereiro, na comparação com o mesmo período de 2020, antes da pandemia. O estudo é da Serasa Experian

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade