Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Mercado S/A

Vendas no setor rodoviário têm melhor janeiro em seis anos

Sinal indica retomada econômica. Emplacamentos de carretas e reboques totalizaram 6,7 mil unidades no período, 45% mais que em 2020


09/02/2021 04:00 - atualizado 08/02/2021 21:44

(foto: JUAREZ RODRIGUES/EM/D.A PRESS - 22/10/19)
(foto: JUAREZ RODRIGUES/EM/D.A PRESS - 22/10/19)

As vendas de implementos rodoviários aceleraram 31% em janeiro, na comparação com o mesmo mês de 2020. Trata-se do melhor desempenho para o período em seis anos – é um sinal incontestável da retomada econômica. Segundo dados da Anfir, a associação dos fabricantes do setor, os emplacamentos de carretas e reboques (foto) totalizaram 6,7 mil unidades, 45% acima do número registrado um ano atrás. “Iniciamos o ano em forte recuperação”, diz Norberto Fabris, presidente da entidade.

Golpes no comércio eletrônico disparam

Os crimes digitais são uma febre no Brasil. Segundo estudo da Clearsale, empresa especializada em sistemas antifraude, as tentativas de roubos no comércio eletrônico cresceram 54% em 2020 na comparação com 2019. O valor médio dos golpes foi de R$ 1 mil, o dobro do ano anterior. Em 12 meses, a Clearsale analisou 106 bilhões de transações digitais e identificou 3,5 milhões de tentativas de fraude. Foi também o maior número da história. O problema é sério, mas as autoridades não dão a devida atenção.

No Brasil, caminho livre para as vendas digitais

A pandemia e a quarentena forçada alavancaram o comércio eletrônico brasileiro. As vendas on-line demoraram 20 anos – de 1999 a 2019 – para chegar a uma penetração de 6% do varejo do país. Em 2020, a participação alcançou 10%. Mesmo assim, ainda é pouco perto do que ocorre em outros países. Na China, o e-commerce responde por 30% dos negócios totais do varejo. Nos Estados Unidos, o índice está em torno de 20%. No Brasil, as operações digitais começaram a deslanchar apenas agora.

(foto: REPRODUÇÃO - 8/4/19)
(foto: REPRODUÇÃO - 8/4/19)

''O Brasil não está em suas melhores épocas em termos de sentimento internacional. O pessoal fica com o pé atrás, não sabe direito o que vai acontecer. A legislação muda toda hora, tem o problema da Amazônia, a Ford indo embora''

Jorge Paulo Lemann, um dos empresários mais influentes do país e acionista de empresas como ABInbev, Burger King e Kraft Heinz

56%

dos brasileiros têm dificuldade para guardar dinheiro, segundo pesquisa da fintech Acordo Certo, que entrevistou 1,5 mil pessoas de todas as regiões do país

Rapidinhas

A Tesla forneceu combustível extra para o avanço de bitcoins e afins. A empresa de Elon Musk informou que em breve aceitará moedas digitais como pagamento por seus carros elétricos. “Sou um grande defensor do bitcoin”, disse Musk ao justificar a iniciativa. As criptomoedas continuam sua escalada de preços em 2021.

O Mercado Livre realizará hoje, às 17h, um evento virtual sobre educação e tecnologia. Participam Eduardo Lyra (fundador do Instituto Gerando Falcões), Fernando Yunes (líder de commerce do Mercado Livre), Sebastian Mackinlay (CEO da Digital House) e Alexandre Thomaz (diretor da Globant). Na ocasião, a empresa anunciará 700 bolsas de estudos no país.

A participação feminina na B3, a bolsa de valores de São Paulo, cresce em ritmo veloz. No final de 2018, as mulheres tinham 180 mil contas registradas e autorizadas a operar. No final do ano passado, o número chegou a 810 mil e é certo que ultrapassará a marca de 1 milhão até o final de 2021.

Estudo realizado pela consultoria Sports Value constatou que os 20 maiores clubes do Brasil perderam R$ 2,5 bilhões em 2020, o que representa um retrocesso sem precedentes na história do futebol brasileiro. Com a pandemia, a situação tornou-se dramática e os níveis de endividamento podem se tornar impagáveis.
 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade