Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas MERCADO S/A

Recuperação da economia brasileira depois da pandemia será em 'V'?

O BofA calcula que o PIB fechará 2020 com queda de 4%, ante 4,9% da estimativa anterior. No início da pandemia, alguns bancos falaram em tombo de até 8%


09/10/2020 04:00 - atualizado 09/10/2020 07:30

Resultados das vendas do comércio, que cresceram 3,4% em agosto, na comparação com julho, animam os analistas do mercado financeiro(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press 12/9/20)
Resultados das vendas do comércio, que cresceram 3,4% em agosto, na comparação com julho, animam os analistas do mercado financeiro (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press 12/9/20)

 
A curva da economia brasileira virou? Para o gigante americano Bank of American, a resposta é sim. De acordo com a instituição, a recuperação do país será em “V” – significa que a atividade retomará rapidamente, ou poderá até superar, o nível pré-crise. O BofA calcula que o PIB fechará 2020 com queda de 4%, ante 4,9% da estimativa anterior.

No início da pandemia, alguns bancos falaram em tombo de até 8%. “Os motivadores da provável surpresa do PIB neste ano são os estímulos fiscais e monetários”, destacou o relatório. As boas notícias começam a surgir na área econômica.

Ontem, o mercado se animou com o resultado das vendas do varejo brasileiro. Em agosto, elas cresceram 3,4% na comparação com julho, acima do consenso (3%).

relação ao mesmo mês do ano passado, a alta foi ainda mais incisiva: 6,1%, diante de uma expectativa de 5%. O desempenho não deixa dúvidas: a recuperação, de fato, segue em ritmo acelerado.

 
Shoppings iniciam retomada  

 
A recuperação começa a ser notada até nos shopping centers, um dos ramos mais atingidos pela paralisação da atividade econômica durante a pandemia. Segundo a Abrasce, a associação que representa as empresas do setor, cerca de 6 mil lojas, das 11 mil que fecharam as portas entre abril e agosto, já foram relocadas. Uma das razões para a retomada é o apetite das lojas-âncoras, as grandes varejistas que, animadas com a perspectiva do aumento de consumo, estão em busca de mais espaço. 

O brechó bilionário

Os brechós sempre foram vistos como negócios modestos administrados por núcleos familiares. Criado em 2009, o brechó online Enjoei quebrou há muito tempo esse estigma e agora se prepara para dar um passo bastante ousado. A empresa planeja uma oferta pública inicial de ações de até R$ 1,8 bilhão – valor surpreendente em se tratando de um ramo que consiste em vender itens usados. Além de roupas e acessórios, a plataforma negocia móveis, artigos para casa e videogames.

20% foi quanto aumentou a produção de bebidas alcoólicas no Brasil em agosto na comparação com o mesmo mês do ano passado, segundo dados do IBGE

Criminosos de olho no PIX

É impressionante a velocidade com a qual criminosos digitais se ajustam a uma nova realidade. O PIX, plataforma recém-lançada pelo Banco Central e que permite transações bancárias em tempo real, entrou na mira dos bandidos. Segundo a empresa de cibersegurança Kaspersky, pelo menos 60 sites falsos foram criados para simular cadastros e, assim, roubar os dados de pessoas que tentaram aderir à nova tecnologia. Até ontem, o BC contabilizou 16 milhões de CPFs cadastrados.

"No mundo dos negócios, o importante não é saber, mas ter o telefone de quem sabe"

Larry Ellison, fundador da Oracle

Rapidinhas

O Amazon Prime, o segundo serviço de streaming mais popular do Brasil (atrás da Netflix), mudou a estratégia de venda de conteúdo. Em vez de fornecer apenas um pacote completo de filmes e séries por preço fixo, passou a oferecer filmes e séries adicionais em parceria com outras plataformas de streaming.

Se o cliente quiser, por exemplo, acessar a série “O Nome da Rosa”, baseada no livro homônimo de Umberto Eco, precisará pagar um pouco mais. Ele fará isso por meio da plataforma Starzplay, que pode ser acessada com um clique no Amazon Prime – em troca, claro, de uma pequena taxa extra.

A Nestlé inaugurou em São José dos Campos (SP), um centro tecnológico que se dedicará a acelerar o processo de transformação digital da empresa e fomentar a chamada indústria 4.0. O espaço funcionará no Parque Tecnológico da cidade, onde estão estabelecidas 30 empresas, 40 startups e quatro universidades.

A telemedicina avança no Brasil. O InCor, em São Paulo, reduziu em 30% os atendimentos presenciais do ambulatório de cirurgia torácica graças ao serviço de teleconsulta. Desde agosto, a especialidade atende remotamente 20 pacientes por semana. “Já são 14 especialidades médicas com consultas via web, em horários agendados”, diz Carlos Carvalho, coordenador do projeto Telemedicina InCor.





*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade