Publicidade

Estado de Minas MERCADO S/A

Procuram-se investidores para filme sobre segregação racial

Segundo os produtores, a ideia é levar Anastácia para o mercado americano e internacional


postado em 08/08/2019 06:00 / atualizado em 08/08/2019 08:54

(foto: Reprodução/USSlave)
(foto: Reprodução/USSlave)

Enquanto o presidente Jair Bolsonaro continua pregando o fim da Agência Nacional de Cinema (Ancine), o mercado cinematográfico internacional segue firme e forte. Hoje, o produtor americano John Kuri e o brasileiro Yuri Sanada se encontram com investidores no Rio de Janeiro para apresentar o projeto do filme Anastácia – Hanging Captain Gordon, que retrata o tráfico de escravos no Brasil e nos Estados Unidos. Sanada produziu Amazon Adventure 3D, o primeiro filme brasileiro com tecnologia Imax, e Kuri tem um longo histórico de serviços prestados para os estúdios de Hollywood. Segundo os produtores, a ideia é levar Anastácia para o mercado americano e internacional. O projeto é ambicioso. Com base na performance financeira de filmes sobre segregação racial (A cor púrpura, Conduzindo Miss Daisy e Green Book, para citar obras premiadas no Oscar), os produtores estimam que o retorno para os investidores será de 20 vezes o capital desembolsado em um período de até dois anos.

(foto: Son Salvador)
(foto: Son Salvador)

O fim do cartão de ponto

O controle da jornada de trabalho, em que o colaborador precisava bater o ponto todos os dias rigorosamente no mesmo horário, começa a entrar em desuso. Isso é o que mostra a Pesquisa de Benefícios Aon 2018-2019, que consultou executivos de 640 empresas. De acordo com o estudo, 38% das companhias brasileiras oferecem horário flexível, número que saltou 192% desde que a última edição foi publicada, há dois anos. As mudanças são reflexo da reforma trabalhista.

US$ 7 por mês: é quanto vai custar o serviço de streaming da Disney, valor inferior ao cobrado pela concorrência. A Disney quer superar Netflix e Amazon e se tornar a maior empresa de streaming do mundo


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
RAPIDINHAS
 
  • A redução de juros é uma realidade para as instituições financeiras. O Itaú Unibanco diminuiu as taxas cobradas no crédito com garantia de imóvel. Desde julho, elas começam a partir de 1,08% ao mês + TR, variando de acordo com o perfil do cliente e o relacionamento com o banco. Antes, os valores iniciavam em 1,17% ao mês TR.
  • Hoje é um dia decisivo para a indústria brasileira do cigarro. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) realizará audiência pública para decidir sobre a liberação da venda de dispositivos eletrônicos no Brasil. Conhecidos como cigarros eletrônicos, eles são vistos pelas empresas do setor como a única solução para a decadente indústria tabagista.
  • Com apoio da Diageo, dona de marcas como Johnnie Walker, Ypióca e Smirnoff, a ONU e o governo do Distrito Federal assinaram uma parceria para melhorar a segurança no trânsito. Os detalhes serão conhecidos na Conferência Internacional em Segurança Viária, que será realizada hoje, em Brasília.
  • Está difícil para o varejo deslanchar. Segundo o IBGE, as vendas do comércio ficaram estáveis em junho, com avanço modestíssimo de 0,1% na comparação com maio. Em relação a junho de 2018, o varejo caiu 0,3%. O calendário atrapalhou, já que junho de 2019 teve dois dias úteis a menos do que no ano passado.
Israelenses contra os fake cliques
As fraudes na publicidade digital geram perdas anuais de US$ 35 bilhões para os anunciantes. Para atacar o problema, a israelense Clickcease, que acaba de chegar ao Brasil, desenvolveu um produto que identifica e bloqueia tráfego inautêntico no Google. De acordo com análises da empresa, até 20% dos cliques em anúncios na internet são falsos, por terem sido feitos por robôs, usuários que não têm interesse real por aquele conteúdo e concorrentes da empresa anunciante.

Instituto Butantan leva vacina brasileira para China e EUA
(foto: Guilherme Lara Campos/A2 Fotografia/Divulgação)
(foto: Guilherme Lara Campos/A2 Fotografia/Divulgação)
 
O Instituto Butantan, um dos principais centros de pesquisa da América do Sul, vai transferir tecnologia de produção de vacina contra o rotavírus para a chinesa Bravovax e a americana Exxell Bio. Segundo o diretor do instituto, Dimas Tadeu Covas, o acordo será um importante cartão de visitas para a geração de novos negócios. O executivo assinou o acordo na própria sede da Bravovax, em Wuhan, província chinesa de Hubei.
Guilherme Lara Campos/A2 Fotografia/Divulgação

''O Brasil conquista, a partir de hoje, o seu reequilíbrio fiscal e se prepara para uma década de crescimento continuado, sustentável e capaz de suprir a demanda das 13 milhões de pessoas que buscam empregos''

Onyx Lorenzoni, ministro da Casa Civil, depois da aprovação da reforma da Previdência em segundo turno na Câmara

 
(foto: Marcos Corrêa/PR/Divulgação (2013 18/6/19))
(foto: Marcos Corrêa/PR/Divulgação (2013 18/6/19))
 



Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade