SIGA O EM

Rodrigo Maia diz que responsabilizar juízes e promotores não configura retaliação

Câmara votou na madrugada desta quarta-feira projeto de combate à corrupção, incluindo no pacote o crime de responsabilidade da magistratura e de promotores e procuradores

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1089442, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Alex Ferreira/Ag\xeancia C\xe2mara', 'link': '', 'legenda': 'O presidente da C\xe2mara, deputado Rodrigo Maia, durante entrevista \xe0 imprensa na manh\xe3 desta quarta-feira', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/11/30/828733/20161130120316699455e.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 30/11/2016 11:50 / atualizado em 30/11/2016 12:05

Estado de Minas

Alex Ferreira/Agência Câmara

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, comentou na manhã desta quarta-feira a aprovação, na madrugada de hoje (30), do projeto que combate a corrupção.

Maia afirmou que pessoalmente não concorda com a responsabilização de juízes e promotores por abuso de autoridade como prevista no texto aprovado, porque entende que já tramita no Senado um projeto que discute o assunto. No entanto, ele avalia que não se pode questionar uma votação expressiva com relação à emenda que tratou do tema.

“Foi uma votação transparente, nominal. Cada deputado vai responder perante o eleitor em relação a seu voto”. O presidente da Câmara negou que a aprovação deste ponto seja uma retaliação ao Poder Legislativo. “A Câmara vota o que acha importante”, afirmou.

Ao comentar o fato de que a maioria dos pontos do pacote anticorrupção previstos no relatório do deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) não foram aprovados em Plenário, Rodrigo Maia ressaltou que tudo ocorreu seguindo um processo democrático, com cada parlamentar votando de acordo com seu entendimento.

Com Agência Câmara
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
eduardo
eduardo - 30 de Novembro às 23:19
Esse Congresso não representa o povo.Um bando de vagabundos!
 
Jeova
Jeova - 30 de Novembro às 18:08
Safado!
 
José
José - 30 de Novembro às 18:02
Esse aí já deu um tiro na própria cabeça em termos políticos.
 
José
José - 30 de Novembro às 18:02
Do blog do Josias de Souza: José Dossapa Tolargo Já disse isso aqui e volto a repetir. Político só vai respeitar o cidadão e o patrimônio público no dia em que aqueles que estão sendo processados não puderem entrar em aeroportos ou qualquer outro lugar público tamanha a quantidade de vaias que receberão.
 
Marcelo
Marcelo - 30 de Novembro às 15:04
So da sujeira mesmo. Agiram na calada da noite e enquanto o povo estava em choque com o acidente da Chapecoense. Ou isso nao e coisa de bandido?
 
Claudia
Claudia - 30 de Novembro às 14:26
Nojentos! Mudaram as medidas a favor deles mesmos, na madrugada como todo ladrão sem escrúpulos e agora vem com esse papo de votação maçica, até quando o povo brasileiro vai tolerar tantos desmandos. Agora vem a pec da maldade que propõe somente pobreza e atraso e é aprovada tbem por eles que não se incluem neste sofrimento. Acorda povo!!
 
Adão
Adão - 30 de Novembro às 14:24
O que estes canalhas eleitos pelo povo para representá-los estão fazendo é inconcebível, estão roubando o país na cara de pau, ameaçam e cumprem. São tão caras de pau que, o presidente da câmara se diz contrário e defende a aprovação das aberrações por ter sido votação democrática; desta forma temos que ouvir alguns clamando pela volta do regime militar e...fazer o que?
 
Edilson
Edilson - 30 de Novembro às 13:39
TUDO MENTIRA, IRÃO CONTINUAR A ROUBAR AS ESCONDIDAS, PACOTE ANTI CORRUPÇÃO APROVADA É TUDO MENTIRA, DESDE QUANDO POLÍTICO IRÁ APROVAR ALGUMA LEI QUE ATRAPALHA ELES A ROUBAR DINHEIRO PÚBLICO, TD PIZZA, O POVO BRASILEIRO DEVERIA IR PRA RUAS E CONTRATAR HOMENS BOMBAS MUÇULMANOS E EXPLODIR SENADO FEDERAL TODINHO, ISSO MESMO SEM DEIXAR UM TIJOLO SE QUER NAS PAREDES JUNTO COM SENADOR E DEPUTADO.
 
Marcus
Marcus - 30 de Novembro às 13:14
Vergonha Nacional , Este deveria ser o Verdadeiro nome do Congresso Nacional. Facínoras dissimulados disfarçados de representantes da população. Pessoas sem escrúpulos com raríssimas exceções. Brasil é um país sofredor de povo valente porem , também é conivente quando lhe convêm. P.Q.P.
 
sebastião
sebastião - 30 de Novembro às 12:48
Olha a tomatada ai gente!!!!!
 
Luciano
Luciano - 30 de Novembro às 12:37
DEFINITIVAMENTE NÃO TEM JEITO!!! PARA BARRAR A REAÇÃO DOS POLÍTICOS CORRUPTOS ÀS INVESTIGAÇÕES E POSSÍVEIS PENALIZAÇÕES SÓ AS FORÇA ARMADAS!! NÃO HÁ A MENOR CHANCE DE MUDANÇA NA RALIDADE NACIONAL COM OS MESMOS PERSONAGENS QUE COLOCARAM O PAIS NESTE ATOLEIRO.
 
Alfredo
Alfredo - 30 de Novembro às 12:29
Políticos!!!!!!!! Uma raça que poderia ser extinta da face da terra. Porém, conheci um político honesto. Aquele, o da novela do "Rei do Gado". E foi só este. Acorda Brasil.