Publicidade

Estado de Minas

Bandidos explodem agência da Caixa em Capelinha

Vídeo mostra tiros durante a madrugada. Polícia ainda está à procura dos bandidos


postado em 02/08/2017 08:27 / atualizado em 02/08/2017 10:12

A polícia está à procura do bando que atacou uma agência da Caixa na madrugada desta quarta-feira em Capelinha, no Vale do Jequitinonha. O crime levou pânico aos moradores da cidade. Em um vídeo que circula nas  redes sociais, é possível ver fumaça perto do local da explosão e ouvir vários disparos.

Segundo o tenente Leandro Mendes de Carvalho Leite, comandante o 1º Pelotão da Polícia Militar em Capelinha, o crime ocorreu pouco antes das 2h. Foi possível ouvir disparos em pelo menos três pontos da cidade, perto do quartel da PM, a Polícia Civil e da área central. As explosões ocorreram em seguida.

A agência bancária tinha pelo menos sete caixas eletrônicos, conforme vigilantes informaram à polícia. O local foi completamente destruído e está sob escolta até a chegada da Polícia Federal (PF), que deverá fazer a perícia.
Agência da Caixa foi completamente danificada pela ação dos criminosos(foto: Reprodução internet/WhatsApp)
Agência da Caixa foi completamente danificada pela ação dos criminosos (foto: Reprodução internet/WhatsApp)

(foto: Reprodução internet/WhatsApp)
(foto: Reprodução internet/WhatsApp)

Além dos disparos, os bandidos jogaram miguelitos (objetos usados para furar pneus de veículos) nas vias da cidade para evitar perseguição. Os criminosos usavam armas de grosso calibre. Conforme o tenente Mendes, foram recolhidos estojos de munição nos calibres ponto 40, 9 milímetros, calibre 12 e de fuzis 566 e 762.

“Pelas imagens divulgadas pelo WhatsApp na cidade, tem pelo menos uma caminhonete grande de cor clara. Não dá pra precisar o número de autores envolvidos. Diversas equipes estão no rastreamento dos autores, as equipes de policiamento da cidade e outra fazendo a preservação do local”, explica o militar.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade