SIGA O EM

Mortes nas estradas mineiras neste fim de ano já chegam a 28

Somente neste domingo, nove pessoas morreram quatro acidentes. A região Sul de Minas é a que mais registrou óbitos desde sexta-feira

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 23/12/2012 15:38 / atualizado em 23/12/2012 19:20

João Henrique do Vale , Marina Rigueira

Três pessoas morreram em uma ficou gravemente ferida em um acidente na tarde deste domingo na BR-491 em Paraguaçu, na Região Sul de Minas Gerais. As vítimas estavam em um Astra que capotou na altura do km 199. Dois ocupantes foram arremessados do veículo. Desde a última sexta-feira, quando teve início o movimento de Natal nas rodovias, 28 óbitos já foram registrados nas estradas que cortam Minas Gerais.

De acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMRV), o veículo seguia no sentido Paraguaçu/Alfenas. Testemunhas informaram que o motorista fez uma ultrapassagem no km 199. Ao voltar para a mão de direção, perdeu o controle da direção. O veículo capotou várias vezes e bateu em um barranco.

Quatro ocupantes estavam no carro no momento do acidente. Dois deles, provavelmente o motorista e o passageiro do banco da frente, foram arremessados para fora do veículo e morreram na hora. Uma outra vítima foi socorrida para um hospital em Paraguaçu, mas morreu ao dar entrada na unidade de saúde. O outro ferido foi levado para o Hospital Alzira Velano, em Alfenas, em estado grave.

Nesta manhã, um motociclista morreu depois de atropelar uma vaca na MG-111, em próximo a Ipanema, na Região do Rio Doce. Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), o animal surgiu de repente na rodovia. O condutor tentou parar, mas não conseguiu. O homem, de 29 anos, morreu na hora.

Nesta madrugada, dois jovens, que estavam em um motocicleta, morreram depois de serem atingido por um carro na MGC-146, em Guaxupé, na Região Sul de Minas Gerais. Cícero Augusto Araújo Morais Marques, de 26 anos, que dirigia um Fiat Punto, afirmou que seguia pela estrada no sentido Juruaia/Guaxupé quando ultrapassou um Fiat Uno. Logo que passou pelo veículo, atingiu uma moto que estava com os faróis apagados.

Com o impacto da batida, os dois ocupantes da motocicleta, Bruno Alves Xavier, de 15 anos, e Elidson Dias de Almeida, de 19, ambos de Formiga, morreram na hora. Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), Elidson não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Outro acidente grave aconteceu em Oliveira, na Região Centro-Oeste de Minas Gerais. Um Stilo, placa GYR-2617 de Oliveira, seguia pela BR-369, quando bateu de frente com um caminhão, placa GSW-2318, de Boa Esperança. Três ocupantes do veículo de passeio, que não foram identificados, morreram na hora. O motorista do caminhão teve ferimentos leves.

Devido o acidente, a rodovia teve de ser fechada. O Corpo de Bombeiros de Divinópolis foi acionado para retirar os corpos que ficaram presos às ferragens do carro.

Duas motocicletas se chocaram por volta de 1h da madrugada deste domingo na estrada para Campolide, povoado de Antônio Carlos, próximo a Barbacena, na MG 338, km 10. Ciro Henrique de Souza Junior, 29 anos, e José Augusto Pereira de Oliveira, 19 anos morreram no local do acidente. Na garupa da motocicleta guiada por José Augusto havia ainda uma pessoa que foi levada para a Santa Casa de Misericórdia em estado grave, com fratura no fêmur.


Sangue nas estradas

Levantamento do em.com.br indica que pelo menos 15 pessoas morreram desde sexta-feira nas rodoviais que cortam Minas Gerais. O sábado concentrou o maior número de acidentes fatais. O último registro ocorreu no fim da tarde na BR-369, próximo a Campos Gerais, no Sul de Minas. De acordo com o Corpo de Bombeiros, um carro de passeio bateu de frente em um caminhão. Dois ocupantes do veículo menor ficaram presos às ferragens e um morreu no local. O outro foi socorrido em estado grave.

Na BR-116, próximo a Dom Cavati, na Região do Rio Doce, dois vereadores e de uma funcionária administrativa da Prefeitura de São José do Divino, morreram depois que o veículo em que estavam bateu de frente com um caminhão. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu devido a uma ultrapassagem indevida do carro. Morreram na hora, José Romão de Faria, de 72 anos, Vanderlei Caetano Gonçalves, 36, e Ana Cláudia Mendes Vieira, de 24.

Na Grande BH, uma família que saiu de São Paulo com destino a Contagem, onde celebraria o Natal com parentes, teve os planos interrompidos quando já se aproximava do destino. Ao passar pela BR-381 em Betim, o carro em que viajavam, um Palio, bateu em um ônibus coletivo, matando uma das ocupantes na hora.

Também na BR-381, em Igarapé, um caminhão carregado com cocos tombou na rodovia, matando duas pessoas e deixando outra ferida. Já na BR-262, em Martins Soares, Região Central do Estado, uma pessoa morreu e outras cinco ficaram feridas na colisão frontal entre um Siena e uma Hilux.

Na Região Sul de Minas, onde choveu muito em várias localidades ao longo do sábado, dois acidentes deixaram quatro mortos. Um deles ocorreu na rodovia MG-050, em Passos, onde um ônibus e um carro de passeio bateram de frente deixando duas pessoas mortas. O outro ocorreu na MG-184, em Alterosa, com a batida também frontal entre um Saveiro e um Palio. Duas pessoas morreram na hora e outras duas ficaram feridas.

Ainda no Sul de Minas, na sexta-feira um homem morreu e outro ficou gravemente ferido na batida entre um caminhão e um Uno. Outro acidente, no mesmo dia, envolvendo veículo de carga e carro de passeio provocou mais morte na MG-050, em Passos.

Também no sábado, um homem morreu em uma batida de frente entre um Fiat 147 e um Fiat Strada, na BR-254, em Cana Verde, na Região Sul de Minas Gerais. O motorista da caminhonete fugiu do local. As causas do acidente ainda são desconhecidas.

Ainda no sábado, por volta das 21h10, Maria Valdívia Barbosa Duarte, 28 anos, que estava no banco traseiro de um Gol, placa DMD-4360, de Fartura (SP), morreu em um acidente no trevo de Itabiruçu, em Itabira, Região Central do Estado, na MG-129.

O Gol, levava ainda o marido da mulher. O carro conduzido pelo sobrinho da vítima cruzou a pista, sentido Itabira, e foi atingido por uma carreta que seguia sentido contrário. O motorista da carreta, placa GVH-4145, de BH, tentou frear, mas não conseguiu evitar a colisão.

O Samu esteve no local, mas a mulher já estava sem vida. O marido dela foi retirado das ferragens e levado ao Pronto-Socorro Municipal de Itabira. Os motoristas dos dois veículos não sofreram ferimentos. A Polícia Rodoviária Estadual também foi acionada para controlar o tráfego no local, que ficou complicado. 

Outro grave acidente ocorreu na sexta-feira na BR-040, próximo a Juiz de Fora. Uma carreta e um ônibus bateram de frente na altura do km 213. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista do ônibus, J.F.S de 37 anos, morreu na hora. Outras sete pessoas ficaram feridas.