Estado de Minas - Acompanhe as últimas notícias sobre Minas Gerais, economia, política, nacional, internacional, ciência e tecnologia Mundo Pet

SIGA O EM

FALA, ESPECIALISTA

Filhotes, como educá-los?

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 08/08/2015 05:59 / atualizado em 08/08/2015 08:15

Sarah Simões

Quando um filhote ganha um novo lar é preciso ter alguns cuidados ao educá-lo, principalmente pessoas que nunca tiveram um bichinho de estimação. A primeira coisa a fazer é levá-lo ao médico-veterinário para uma primeira consulta e colocar em dia as vacinas e vermifugação. Os cães são animais de matilha e, por essa natureza, necessitam de um líder. Se nenhum membro da casa assumir esse papel, o filhote o assumirá. Portanto, é de suma importância que alguém mostre a ele quem comanda o território.

São bagunceiros e brincalhões, mas é preciso tomar cuidado com algumas brincadeiras, principalmente com as de morder, que podem causar sérias consequências no futuro. Por isso, nunca deixe que o filhote morda suas mãos, ofereça brinquedos. Quando fizerem algo errado, é necessário chamar sua atenção, de preferência no momento da travessura, pois, se passar tempo demais, eles não vão entender o que fizeram de errado. Depois de estar com todas as vacinas em dia e já puder passear em locais públicos, a coleira deve ser colocada e ele deve caminhar sempre ao lado do dono.

Se quiser passar na sua frente, puxe a coleira chamando sua atenção. E sempre que obedecer aos comandos, agrade-o com palavras e carinhos, algumas vezes até com petiscos. Já os gatos são mais independentes. A maioria vai aprender sozinha a fazer as necessidades na caixinha de areia. Como têm essa personalidade, eles preferem caçar o próprio alimento.

Portanto, seria interessante mudar a vasilha de ração de lugar, em vez de deixá-la sempre no mesmo local, como a dos cães. É preciso aproveitar que são filhotes para ensiná-los a ter bons hábitos, já que, depois de adulto, essa tarefa fica bem mais difícil. E se tiver muita dificuldade, procure um especialista. O ideal é que até no máximo com um ano de idade o animal já esteja bem disciplinado.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600