Publicidade

Estado de Minas CONFORTO E TECNOLOGIA

Conheça o Tan EV, SUV elétrico que será a porta de entrada da BYD no Brasil

SUV de 7 lugares da marca chinesa tem 517cv de potência e acelera até 100km/h em 4,6s. Tela do sistema multimídia pode ser usado na horizontal e na vertical


11/12/2021 04:00

Tan EV
O Tan EV, SUV elétrico de sete lugares, será a porta de entrada da marca no Brasil. Modelo chega por aqui ainda no primeiro semestre de 2022, importado da China (foto: Fotos: BYD/Divulgação)

 
A marca chinesa BYD já está ensaiando sua chegada ao mercado brasileiro. O fabricante acaba de anunciar seu primeiro produto, o Tan EV, um SUV elétrico de sete lugares que chega por aqui no primeiro semestre de 2022. Por esse motivo, o preço do modelo ainda não foi divulgado, mas trata-se de um veículo premium, seguindo a linha do valor agregado, em detrimento do volume.
O modelo será importado da China, mas, segundo Henrique Antunes, diretor comercial da BYD no Brasil, o plano da marca é fabricar veículos no país. A empresa acaba de nomear a primeira concessionária local, em São Paulo, mas a intenção é fechar o ano de 2022 com 35 concessionárias próprias, localizadas nos principais mercados do país.
 
DESIGN O visual do Tan EV não é nada familiar, como se espera de um SUV de sete lugares. O design da gama BYD, assinado por Wolfgang Egger, ex-head de design da Audi, segue um conceito denominado Dragon Face. A dianteira é tomada pela imensa grade, que tem frisos finos cromados. Vincos marcados no capô e nas laterais contornam a “musculatura”. A linha de cintura é elevada, transmitindo força, ao mesmo tempo em que a linha superior das janelas tem uma queda suave que sugere esportividade.
 
A vista lateral ainda destaca o teto flutuante, que termina com um spoiler acentuado, e as rodas de 22 polegadas. Na traseira, o ponto principal é a lanterna, percorrendo toda a sua extensão. As dimensões do modelo são 4,87 metros de comprimento, 1,95m de largura, 1,72m de altura e entre-eixos de 2,82m. A massa do veículo é de 2.479 quilos.
 
INTERIOR O interior tem poucos comandos, que foram deslocados para a tela do sistema multimídia, que é flutuante e tem 15,6 polegadas. Além de grande, a tela pode ser eletricamente rotacionada, ficando na horizontal ou na vertical. O quadro de instrumento é totalmente digital e configurável, com 12,3 polegadas. O acabamento tem bancos em couro e painel com material de toque macio com costura, simulando couro. Também tem apliques em couro no volante, painéis de porta e no apoio de braço central. O interior traz luz ambiente em LED com 30 opções de cor.
 
Com os sete lugares em uso, o porta-malas tem volume de 235 litros. Porém, se a terceira fileira de bancos for rebatida, o volume declarado do compartimento de bagagem é de 940 litros (provavelmente medidos até o teto). A abertura e fechamento da tampa são elétricos, com opção de comando por sensor de movimento sob o para-choque. Os bancos dianteiros têm ajustes elétricos, aquecimento e ventilação. Já o volante também pode ser aquecido, para dar conforto nos dias frios. O modelo também vai trazer de série teto solar panorâmico.

ELÉTRICO O Tan EV tem dois motores elétricos, um em cada eixo, tendo, portanto, tração integral. Enquanto o motor frontal tem 245cv de potência, o traseiro tem 272cv, somando 517cv de potência combinada e 69,3kgfm de torque conjunto. A velocidade máxima é de 186km/h (limitada eletronicamente), enquanto a aceleração até os 100km/h dura 4,6 segundos.
 
A autonomia combinada (cidade/estrada) do SUV elétrico de sete lugares é de 437 quilômetros, segundo medições do Inmetro. A bateria de 86,4kWh, denominada Blade Battery, utiliza células de lítio-ferro-fosfato (LFP), sendo mais fina e segura. A garantia para as baterias é de oito anos, enquanto o restante do veículo terá cinco anos de cobertura.
 
A recarga total em um ponto ultrarrápido (110kW em corrente contínua) dura uma hora e meia. Nesse mesmo ponto, uma recarga de 30% a 80% da bateria dura 30 minutos, situação que tende a ser comum nas estradas à medida que os postos de recarga forem se multiplicando. Já em um Wallbox doméstico, a recarga total dura 15 horas.

TECNOLOGIA O destaque em termos de conteúdo são sistema semiautônomos como o controle de cruzeiro adaptativo, alerta de tráfego cruzado com monitoramento de pontos cegos, assistente de permanência na faixa de rodagem, frenagem automática de emergência e monitoramento para abertura segura das portas traseiras. A BYD já abriu pré-reserva do Tan EV pelo site www.bydcars.com.br. (PC)

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade