Publicidade

Estado de Minas PREÇO SALGADO!

Nova geração do Nissan Versa chega com preços entre R$ 72.990 e R$ 92.990

Quase totalmente renovado, sedã compacto entra para o subsegmento premium mantendo bom espaço interno e com ganho em design e interior. Porém, motor 1.6 aspirado é o mesmo que já equipava a geração antiga


31/10/2020 04:00 - atualizado 31/10/2020 00:05

O novo Nissan Versa ganhou linhas mais aerodinâmicas na carroceria, com moldura cromada em V na grade(foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
O novo Nissan Versa ganhou linhas mais aerodinâmicas na carroceria, com moldura cromada em V na grade (foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
 
A Nissan lançou a nova geração do Versa no Brasil, que chega em sua rede de concessionárias já em novembro em quatro versões, com preços entre R$ 72.990 e R$ 92.990. O novo sedã é fabricado no México, de onde virá sem a incidência de imposto de importação. Acredite ou não, a geração antiga está no Brasil desde 2011 sem ter recebido muitos investimentos. Acredite ou não, a geração antiga, fabricada no Brasil, continua a ser vendida com a nova denominação V-Drive, como opção mais barata. Já a nova geração sobe um degrau e passa a concorrer entre os sedãs compactos premium.
 
Na traseira, destaque para a inclinação acentuada do teto, que se funde com o vidro(foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
Na traseira, destaque para a inclinação acentuada do teto, que se funde com o vidro (foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
 
 
Como o Nissan Versa 2021 já tinha sido apresentado há mais de um ano no mercado norte-americano, seu design não era novidade. Como a beleza nunca foi destaque na geração anterior, temos uma grande evolução. As linhas são aerodinâmicas, com vincos bem marcados. O melhor ângulo do novo Versa é o traseiro, com a inclinação do teto se fundindo com o vidro de trás. Mais largo e baixo, o sedã ganhou um porte mais esportivo. As novas medidas do modelo são 4,49 metros de comprimento, 1,74m de largura (mais 5cm) e 1,47m de altura (menos 3cm).
 
O sedã compacto premium cresceu 2cm na distância entre-eixos, que agora é de 2,62m(foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
O sedã compacto premium cresceu 2cm na distância entre-eixos, que agora é de 2,62m (foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
 
 
No interior, a evolução foi maior ainda. O painel do novo Versa é quase idêntico ao do SUV Kicks. Na versão de topo Exclusive, a qual dirigimos, o acabamento tem revestimento em couro nos bancos, portas e painel. Já a tela de sete polegadas do sistema multimídia e a telinha configurável do quadro de instrumentos é de série a partir da versão intermediária Advance. Com 2,62m de distância entre-eixos (mais 2cm), o espaço interno continua ge- neroso. O porta-malas também cresceu e agora varia entre 466 e 482 litros, dependendo da versão.
 
O painel é quase idêntico ao do Kicks, e na versão Exclusive o acabamento inclui detalhe em couro na cor bege(foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
O painel é quase idêntico ao do Kicks, e na versão Exclusive o acabamento inclui detalhe em couro na cor bege (foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
 

MOTOR O motor é o mesmo 1.6 flex, mas agora com 114cv de potência e 15,5kgfm de torque. Esse é um ponto negativo deste novo projeto, principalmente na versão de topo, já que seus concorrentes contam com motores 1.0 turbo. Porém, a experiência com o veículo não chega a ser ruim, com desempenho mediano na cidade e na estrada, sem brilho. A versão de entrada Sense conta com a opção do câmbio manual de cinco marchas. Todas as demais trazem transmissão automática tipo CVT.
 
O porta-malas também cresceu em volume, que agora varia entre 466 e 482 litros, dependendo da versão(foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
O porta-malas também cresceu em volume, que agora varia entre 466 e 482 litros, dependendo da versão (foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
 
 
A versão equipada com câmbio manual tem consumo urbano de 11,8km/l (com gasolina) e 8,1km/l (com etanol) e rodoviário de 13,8km/l (g) e 9,6km/l (e). Quando o câmbio é automático, o consumo urbano é de 11,7km/l (g) e 8km/l (e) e o rodoviário, de 13,9km/l (g) e 10km/l (e). Os números são do Inmetro. As suspensões têm boa relação entre conforto e estabilidade. Já a direção tem assistência elétrica variável, com pesos adequados.
 
A Nissan resolveu manter o antigo motor 1.6 de 114cv, que proporciona bom desempenho, mas sem brilho(foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
A Nissan resolveu manter o antigo motor 1.6 de 114cv, que proporciona bom desempenho, mas sem brilho (foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
 

EQUIPAMENTOS O pacote de segurança chama a atenção já na versão de entrada Sense 1.6 Manual (R$ 72.990) – com airbags frontais, laterais e de cortina, controles de tração e estabilidade, além de assistente de partida em rampa –, que ainda traz chave presencial, ar-condicionado e rodas de aço de 15 polegadas. Já a versão Sense 1.6 CVT (R$ 77.990) ainda agrega, além do câmbio automático, apoio de braço frontal e controle automático de velocidade.
 
A versão intermediária Advance 1.6 CVT (R$ 83.490) acrescenta rodas de liga leve aro 16 polegadas, faróis de neblina e alerta de objetos e pessoas no banco traseiro. Já na versão de topo Exclusive 1.6 CVT (R$ 92.990), o destaque e o diferencial do novo Versa são o “escudo de segurança”, com itens autônomos como alerta de colisão frontal com assistente de frenagem, alerta de tráfego cruzado traseiro, monitoramento de ponto cego e visão 360 graus com detector de movimento. O pacote ainda traz ar-condicionado digital, faróis em LED, rodas de liga leve aro 17 polegadas e GPS integrado.
 
As rodas da versão de topo de linha são de liga leve de 17 polegadas(foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
As rodas da versão de topo de linha são de liga leve de 17 polegadas (foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
 

CONCORRENTES Os principais modelos do segmento dos sedãs compactos premium são o Chevrolet Onix Plus e o Volkswagen Virtus, que em suas versões de topo trazem motorização 1.0 turbo. O pacote mais caro do sedã da Chevrolet custa R$ 85.490 e agrega funções como alerta de ponto cego e assistente de estacionamento automático. Já a versão mais cara do Virtus custa R$ 98.950 e não agrega qualquer item semiautônomo.
 
 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade