Publicidade

Estado de Minas COMPARATIVO

Três vezes sete lugares

Analisamos SUVs de três fileiras de bancos na faixa dos R$ 170 mil: Caoa Chery Tiggo 8, Mitsubishi Outlander e Volkswagen Tiguan Allspace. Descubra os predicados de cada um


22/08/2020 04:00

(foto: chery/divulgação)
(foto: chery/divulgação)
O segmento dos SUVs de sete lugares ganhou mais um competidor recentemente, o Caoa Chery Tiggo 8, que, na faixa de preço de R$ 170 mil,  se junta ao Volkswagen Tiguan Allspace e Mitsubishi Outlander. Quem procura por esse tipo de modelo espera, primeiro, bom espaço interno, seguido por uma performance no mínimo ágil. Um bom pacote de equipamentos de conforto também é bem-vindo, além do preço atraente. Debulhamos esses três modelos para ajudar você a escolher. Confira nosso comparativo.

O Caoa Chery Tiggo 8 tem design moderno e formas robustas, e com a terceira fileira de bancos rebatida a montadora declara 886 litros de volume no porta-malas(foto: chery/divulgação)
O Caoa Chery Tiggo 8 tem design moderno e formas robustas, e com a terceira fileira de bancos rebatida a montadora declara 886 litros de volume no porta-malas (foto: chery/divulgação)
ESPAÇO INTERNO Com entre-eixos de 2,79 metros, o Tiguan tem o espaço interno mais generoso, seguido pelo Chery Tiggo 8, com 2,71m, e o Outlander, com 2,67m. Agora, para quem acha que já pode fazer uns “bicos” de van escolar com esses modelos, saiba que mesmo o SUV da Volkswagen tem espaço acanhado para os passageiros da terceira fileira de bancos. Outra característica comum é o assoalho muito alto especificamente nesse espaço, causando desconforto. O acesso à terceira fileira também costuma estar longe do ideal, sendo necessário rebater parte do banco da segunda e se encolher para entrar.
 
(foto: chery/divulgação)
(foto: chery/divulgação)
Desde que não se use a terceira fileira de assentos, os porta-malas desses modelos são bastante generosos. De acordo com a Caoa Chery, o espaço para bagagem do Tiggo 8 tem volume de 886 litros, o mais espaçoso, mas o fabricante não elucidou se o critério da medição considerou o volume até a altura dos vidros ou até o teto do veículo. É o mesmo caso do Outlander, que tem volume de 715 litros quando a terceira fileira está rebatida. O porta-malas do Tiguan tem 686 litros, medido até a altura dos vidros. Já com a terceira fileira em uso, em todos os casos o espaço para bagagem é bem pequeno: 216 litros no Tiguan; 193 litros no Tiggo 8 e 150 litros no Outlander.

VW Tiguan Allspace tem motor 1.4 turbo de 150cv, e na configuração de sete lugares a capacidade do compartimento de carga pode variar de 216 a 686 litros, medidos até a altura dos vidros(foto: jair amaral/em/d.a press)
VW Tiguan Allspace tem motor 1.4 turbo de 150cv, e na configuração de sete lugares a capacidade do compartimento de carga pode variar de 216 a 686 litros, medidos até a altura dos vidros (foto: jair amaral/em/d.a press)
PERFORMANCE Com seu motor 1.6 turbo – 187cv e 28kgfm de torque – e câmbio automatizado de dupla embreagem de sete marchas, o Tiggo 8 é o concorrente mais potente. Já o Tiguan se destaca nas medições de aceleração até os 100km/h. Com seu motor 1.4 turbo (150cv e 25,5kgfm) e o câmbio automatizado de dupla embreagem de seis marchas, o SUV de sete lugares da Volkswagen acelera até 100km/h em 9,5 segundos, enquanto o Tiggo 8 o faz em 9,9 segundos, e o Outlander em 11,1 segundos. O que justifica a diferença do utilitário-esportivo médio da Mitsubishi nesse quesito é que seu motor 2.0 é aspirado, além do câmbio CVT que simula seis marchas, que naturalmente têm respostas mais graduais. A versão de entrada do Outlander tem 160cv e 20,1kgfm, mas o modelo tem versões mais caras com motores V6 e a diesel.

(foto: jair amaral/em/d.a press)
(foto: jair amaral/em/d.a press)
EQUIPAMENTOS Caoa Chery Tiggo 8 1.6 (R$ 168.600) – O SUV de sete lugares da Caoa Chery é o mais bem equipado entre os concorrentes do segmento na mesma faixa de preço. O Tiggo 8 se destaca por trazer chave presencial com diversas funções, além de destravar as portas automaticamente e dar a partida no motor por botão. Com ela, também é possível abrir a tampa do porta-malas eletricamente, bastando ficar parado em frente à mesma, o que é muito prático quando se está com as mãos ocupadas. Teto solar panorâmico, quadro de instrumentos digital, assistente de ponto cego, câmera de 360 graus, controle de descida, assistente de partida em rampa, banco do motorista com ajustes elétricos, partida remota do motor, sistema multimídia com tela de 10 polegadas, faróis de LED e freio de estacionamento acionado por botão com função auto-hold são alguns dos principais equipamentos de série no SUV com versão única.
 
(foto: jair amaral/em/d.a press)
(foto: jair amaral/em/d.a press)
Mitsubishi Outlander 2.0 HPE (R$ 165.990) – Nessa faixa de preço, esse utilitário-esportivo da Mitsubishi fica com a segunda colocação no quesito equipamentos de série. Os destaques são a chave presencial, porta-malas com abertura elétrica, teto solar e assistente de frenagem de emergência.
 
O Mitsubishi Outlander tem motor 2.0 HPE aspirado associado ao câmbio CVT, além de jeitão parrudo, e seu porta-malas tem 150 litros na configuração de sete lugares (foto: mitsubishi/divukgação)
O Mitsubishi Outlander tem motor 2.0 HPE aspirado associado ao câmbio CVT, além de jeitão parrudo, e seu porta-malas tem 150 litros na configuração de sete lugares (foto: mitsubishi/divukgação)
VW Tiguan Allspace 1.4 Comfortline (R$ 171.690) – Os destaques desse SUV médio são o sistema multimídia com tela de oito polegadas, com navegador GPS nativo, e o ar-condicionado com três zonas de temperatura, além de quadro de instrumentos digital, faróis de LED e freio de estacionamento eletrônico com função auto-hold.
 
(foto: mitsubishi/divukgação)
(foto: mitsubishi/divukgação)
 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade