Publicidade

Estado de Minas

Google libera Art Selfie no Brasil com novos retratos da Pinacoteca

Oitenta imagens de artistas brasileiros se integram às 1,6 mil já na base de dados


postado em 07/06/2018 11:21 / atualizado em 07/06/2018 14:22

Art Selfie: comparação de rostos com obras de arte(foto: Divulgação/Google)
Art Selfie: comparação de rostos com obras de arte (foto: Divulgação/Google)

São Paulo (*) - Art Selfie, o recurso do Google Arts & Culture que compara selfies a obras de arte, foi lançado oficialmente no Brasil, anunciou o Google em evento nesta quinta-feira (6/7). A novidade incorpora, aos 1,6 mil retratos já na base de dados, outros 80, da Pinacoteca de São Paulo.

No telão, durante o lançamento no Auditório Oscar Niemeyer do Ibirapuera, na capital paulista, surgiu gigantesca a imagem de "O Mestiço" (Candido Portinari, 1934).

Espera-se que, assim, não se repita a repercussão que houve, quando o app bombou nos EUA, sobre problemas de representatividade - havia poucas correspondências apropriadas para pessoas negras ou orientais, então. A conferir. As imagens foram captadas com a Art Camera do Google, em altíssima resolução.

Como usar


A funcionalidade permanecia, desde 2011, restrita aos EUA, embora os brasileiros mais ávidos tenham conseguido usar, por meio daquelas gambiarras com aplicativos que burlam a localização do telefone.

1 - Ao baixar o aplicativo gratuito Arts & Culture, o recurso está disponível na tela inicial.

2 - É preciso concordar com os termos de privacidade: o texto esclarece que as fotos não são mantidas no servidor.

3 - Com a câmera do app, faça a sua selfie.

4 - O sistema entrega algumas opções, por meio da comparação com os traços do rosto

Privacidade


Em momento periclitante para a privacidade online, Phil Sharp, gerente de produto do Google Arts & Culture, explica que esta foi uma das grandes preocupações do time de desenvolvimento: "Não usaremos estas imagens para nenhuma outra finalidade, isso está explicitado nos termos de aceitação. Tanto que, se você quiser usar o recurso novamente, terá de tirar uma outra selfie".
(foto: Fred Bottrel/EM/DA Press)
(foto: Fred Bottrel/EM/DA Press)

Gênero


Quando testou ao vivo a funcionalidade, na apresentação oficial no palco, Phil viu sua selfie comparada ao autorretrato a óleo da pintora americana Ellen Emmet Rand, de 1927. Acontece.

(*) O jornalista viajou a convite da Google Brasil

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade