Publicidade

Estado de Minas

Prêmio Nobel de Física vai para inventores do LED


postado em 07/10/2014 07:49 / atualizado em 07/10/2014 08:08

Foto mostra o laser azul que foi pesquisado por Shuji Nakamura(foto: REUTERS/UCSB Photographic Services/Randall Lamb/Lehtikuva/Files/Handout via Reuters)
Foto mostra o laser azul que foi pesquisado por Shuji Nakamura (foto: REUTERS/UCSB Photographic Services/Randall Lamb/Lehtikuva/Files/Handout via Reuters)

Dois japoneses e um americano nascido no Japão, Isamu Akasaki, Hiroshi Amano e Shuji Nakamura, foram anunciados nesta terça-feira como os vencedores do Prêmio Nobel de Física pela invenção do LED (diodo emissor de luz) azul.

A invenção dos três cientistas permite economizar energia em quantidade muito importante, destacou o júri do Nobel em um comunicado divulgado em Estocolmo.

Os LEDs verde e vermelho já existiam desde 1960, mas foi só com a invenão do azul, nos anos 1990, que foi possível a combinação para criação da luz branca.
Lâmpadas incandescentes iluminaram o século 20; o século 21 será iluminado por duradouras e eficientes lâmpadas de LED que podem contribuir para salvar os recursos da Terra(foto: divulgação/www.nobelprize.org)
Lâmpadas incandescentes iluminaram o século 20; o século 21 será iluminado por duradouras e eficientes lâmpadas de LED que podem contribuir para salvar os recursos da Terra (foto: divulgação/www.nobelprize.org)

Ao inventar as lâmpadas de LED (light-emitting diode, diodo emissor de luz), uma nova fonte de luz, "tiveram sucesso em um âmbito no qual todos haviam fracassado", destaca o júri, que chama a descoberta de "revolucionária".

Isamu Akasaki, de 85 anos, desenvolveu suas pesquisas com Hiroshi Amano, nascido em 1960, na Universidade de Nagoya.

Shuji Nakamura, nascido em 1954 no Japão, que trabalha atualmente na Universidade da Califórnia, trabalhou na mesma área em uma pequena empresa japonesa.

Os vencedores dividirão igualmente o prêmio de oito milhões de coroas suecas (1,1 milhão de dólares, 881.000 euros). A cerimônia de entrega acontecerá no dia 10 de dezembro em Estocolmo.

(foto: BERTIL ERICSON / TT NEWS AGENCY / AFP)
(foto: BERTIL ERICSON / TT NEWS AGENCY / AFP)
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade