Publicidade

Estado de Minas ATLÉTICO

Sufoco financeiro do Galo tem os dias contados

Conselho Deliberativo do Atlético aprova venda dos 49,9% restantes do shopping e dinheiro será integralmente investido no pagamento de dívidas de R$ 1,3 bilhão


31/05/2022 04:00 - atualizado 31/05/2022 11:26

Conselho Deliberativo do Atlético
No primeiro dia de votação para aprovação da venda de 49,9% que o clube ainda detém do DiamondMall, os conselheiros do Atlético mostraram amplo apoio aos atuais dirigentes e apoiadores do clube, definindo com mais de 280 votos favoráveis até o meio da tarde (foto: Bruno Sousa/Atlético)


O Conselho Deliberativo do Atlético aprovou ontem a venda dos 49,9%  restantes do DiamondMall, no bairro de Lourdes, região Centro-Sul de Belo Horizonte. A alienação do empreendimento era uma das prioridades da atual diretoria e dos apoiadores do clube, os chamados 4Rs, que estimam arrecadar entre R$ 300 milhões e R$ 350 milhões com a operação. O montante será integralmente investido para quitar grande parte da chamada dívida onerosa do clube com bancos, agentes e outros credores, que compromete profundamente a saúde financeira atleticana. A votação termina hoje, mas os mais de 280 votos dos conselheiros, que garantiram a aprovação, foram obtidos ontem mesmo. Só em 2021, o Galo teve prejuízo com juros e outras dívidas da ordem de R$ 87 milhões. A dívida bruta gira em torno de R$ 1,3 bilhão.

Além da venda do centro de compras, os conselheiros também aprovaram a realização de uma operação de crédito para antecipar R$ 200 milhões do Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI) da Arena MRV. Como garantia, o clube colocará os valores a receber das vendas de cadeiras, camarotes e patrocínios da nova casa do Galo, que será aberta ao público possivelmente no primeiro trimestre de 2023.

O presidente do Atlético, Sérgio Coelho, comemorou a aprovação da venda do Diamond. “Estou otimista para que nos próximos anos a gente torne o Atlético um clube financeiramente mais saudável. Faremos de tudo para conseguir isso. Estou feliz, agradecido e esperançoso por dias melhores para o nosso amado Clube Atlético Mineiro", afirmou.“Fomos felizes nas demonstrações, aos conselheiros, das razões por que temos que vender a nossa parte do Diamond. É uma necessidade do clube. Eu parabenizo aqueles que, no passado, tiveram a brilhante ideia de construir esse patrimônio para o Atlético. Hoje, ele está sendo útil para que possamos equilibrar as nossas finanças.”

Pagamento à vista

Vice-presidente do Atlético, José Murilo Procópio prometeu que o Galo está disposto a quitar as dívidas à vista aos credores que propuserem 50% de desconto ao clube. "O que vamos fazer no Atlético, pela confiança e pela responsabilidade que hoje estamos recebendo, é justamente, a partir de agora, criar regras para a venda (do shopping). Será formada uma comissão. O doutor Castellar (Guimarães Filho, presidente do Conselho Deliberativo do clube) terá uma participação preponderante nisso. Depois, se houver a venda, se o mercado receber este imóvel, vamos fazer um trabalho extenso. Não só eu, mas toda a diretoria, no sentido de negociar esse passivo”, revelou.

Sem oferta

Principal mecenas do Atlético, Rubens Menin garantiu que ainda não há oferta oficial para a compra dos 49,9% do shopping pertencentes ao clube. O empresário, que compareceu ontem à sede de Lourdes, local da votação, disse que, mesmo sem propostas oficiais, já existem interessados em adquirir parte do centro comercial.

“Vou trabalhar para vender (risos). Quanto mais rápido, melhor, para poder cumprir o objetivo da venda, que é diminuir a dívida do Atlético. Só agora a gente poderá tomar alguma medida, mas tem grupos interessados e, com certeza, a Multiplan é um deles”, salientou o empresário. A Multiplan, empresa de investimentos imobiliários, é detentora de 50,1% de participação no DiamondMall desde janeiro de 2020. Na época, a empresa adquiriu o percentual junto ao Atlético por R$ 296,8 milhões, dinheiro que está sendo paulatinamente investido na construção da nova arena do Galo.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade