Publicidade

Estado de Minas ATLÉTICO

Ademir é apresentado e comemora: 'Um sonho que se realiza'

Atacante promete empenho para dar assistências e fazer gols. Regularizado, ele já pode jogar


25/01/2022 04:00 - atualizado 25/01/2022 08:39

Atacante, ex-América, afirma que vai brigar por seu espaço e garante que 'vamos colher muitos frutos' juntos
Atacante, ex-América, afirma que vai brigar por seu espaço e garante que "vamos colher muitos frutos" juntos (foto: Pedro Souza/Atlético)

O Atlético perdeu o experiente Diego Costa, que chegou a acordo para rescindir o contrato, mas ganhou um atacante que pode não ter a mesma rodagem que o brasileiro naturalizado espanhol, mas que chega com muita vontade de acertar. Trata-se de Ademir, de 26 anos e que foi o destaque na boa campanha do América na Série A do Campeonato Brasileiro de 2021, que rendeu ao Coelho inédita vaga na Copa Libertadores.

“É um sonho que se realiza, e agradeço muito pela confiança no meu trabalho. Sem dúvida nenhuma vocês não fizeram a escolha errada, mas sim a escolha certa. Vou me dedicar muito, dar o meu melhor, e se Deus quiser chegar ao meu maior nível até hoje. Quero fazer muitos gols, distribuir assistências e, se Deus quiser, conquistar títulos. Vamos em busca de grandes coisas”, disse o jogador, ao ser apresentado pelo novo clube, na tarde de ontem.

Com contrato até o fim de 2023, ele vem treinando na Cidade do Galo desde a segunda-feira da semana passada e já começa a se sentir em casa no novo local de trabalho. O grupo é excelente. Não é à toa que vem conquistando títulos. Eu conheço vários dos jogadores por jogar contra, mas a partir do momento que você está junto, muda totalmente. Tive uma recepção incrível. Um grupo muito família. Isso é muito importante no futebol: um grupo unido, que se respeita, que brinca e deixa o ambiente leve. Quando eu cheguei, eu percebi. É um grupo tranquilo, bem leve.”

Mas Ademir também sabe que, com a bola rolando, cada um vai defender o próprio espaço. E ele acredita ter características que podem ajudar o Galo a partir de agora. “Sou um atacante que joga pela extrema direita. De velocidade, habilidade e com boa finalização. Estou trabalhando para evoluir em algumas características que ainda não são tão boas, mas tenho certeza que os jogos vão mostrar mais. Os torcedores vão me conhecer melhor e vão ter muitas alegrias com tudo o que eu estou pensando e vou colocar em prática neste ano. Eu tenho que respeitar, primeiramente, os jogadores que aqui estão. Brigar pelo meu espaço. Mas sem sombra de dúvidas, acredito que estou pronto sim. A hora que chegar minha oportunidade, espero estar pronto para não ser só um diferencial mas contribuir muito com o grupo”, afirmou ele, que tem como concorrentes principais por vaga de titular o venezuelano Savarino, o chileno Vargas e o brasileiro Eduardo Sasha.

As negociações com o Atlético estavam fechadas desde o meio do ano passado. Porém, o América não permitiu que ele saísse antes do fim do contrato, em dezembro. “Minha intenção era vir logo, mas respeitei a opinião do meu ex-clube, o América, a opção deles de não me liberar, porque contavam comigo para a temporada, que era muito importante. A partir do momento em que ficou tudo acertado dessa forma, me dediquei ao máximo para sair bem e deixar o clube na melhor situação, e foi o que aconteceu. Profissionalismo e caráter a pessoa tem que ter sempre. Podem ter certeza que o clube fez a escolha certa. Trouxe um profissional de caráter, e vamos colher muitos frutos juntos.”

Como já teve o nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, Ademir já pode estrear com a camisa alvinegra. Mas não está confirmado se ele estará relacionado para o jogo contra o Villa Nova, amanhã, às 19h30, em Nova Lima. Quem está fora com certeza é outro recém-contratado, o zagueiro Godín, convocado para a Seleção Uruguaia de futebol. Já Vargas está com a Seleção Chilena. O prata da casa Sávio, que testou positivo para COVID-19 ontem, também não vai para o jogo.

Torcida Depois da estreia em 2022, o Galo vai enfrentar o Tombense, sábado, às 16h30, no Independência. Será o primeiro contato da torcida de BH com o time que agora será comandado pelo argentino Antonio “El Turco” Mohamed, cujo contrato foi publicado ontem no BID e já pode estrear.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade