Publicidade

Estado de Minas

Galo 'escalado' na Libertadores

Atlético envia os inscritos no torneio, cuja estreia será na quarta. Antes, encara o Boa


17/04/2021 04:00 - atualizado 18/04/2021 10:27

O meia Hyoran diz que a briga interna por posições será positiva para o alvinegro, tornando o time mais competitivo(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press %u2013 20/2/20)
O meia Hyoran diz que a briga interna por posições será positiva para o alvinegro, tornando o time mais competitivo (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press %u2013 20/2/20)

Com um olho no Campeonato Mineiro e outro na Libertadores, o Atlético enviou ontem à CBF a lista dos atletas inscritos na Copa Libertadores de 2021. A equipe estreia na competição na quarta-feira, às 19h, contra o Deportivo Guaira-VEN, em Caracas.

Os nomes dos que terão a missão de lutar pelo bicampeonato não foram divulgados, mas constarão de comunicado da Conmebol. Não haverá novidades, já que, em função das dificuldades impostas pela pandemia de COVID-19, o número de vagas foi ampliado de 30 para 50 – atualmente, o grupo principal atleticano conta com 39 profissionais. Até atletas das equipes de base devem figurar no grupo.

Cuca será inscrito, mas está fora dos dois primeiros jogos, suspenso por ter sido expulso quando comandava o Santos na final da Libertadores de 2020 contra o Palmeiras. Assim, também não estará à beira do campo diante do América de Cali-COL, dia 27, no Mineirão.

Um problema a menos para a comissão técnica é que, na Libertadores, não há limite de estrangeiros relacionados para as partidas. Nas competições nacionais, são só cinco e o Galo tem sete, tendo de preterir dois. Nas oitavas é possível ainda realizar cinco trocas da lista de 50 atletas.

Mas antes de pensar no torneio continental, o alvinegro volta as atenções para a 10ª rodada do Mineiro, pela qual recebe o ameaçado Boa, amanhã, às 16h, no Mineirão. Se vencer, rebaixa o adversário, garante o primeiro lugar e vantagens nos mata-matas. Existe a possibilidade de que Cuca escale uma formação alternativa.

“A gente sabe da importância do jogo deste domingo. Temos de buscar uma vitória para conseguir o primeiro lugar geral, que vai nos dar uma boa vantagem no campeonato. Depois é pensar na Libertadores. A gente sabe das prioridades, mas temos de pensar primeiro no Mineiro. Uma boa vitória vai nos dar confiança para depois fazer um bom jogo na Libertadores”, afirma o armador Hyoran.

DISPUTA Titular em 2020 com Jorge Sampaoli, ele virou segunda opção com Cuca. Mas vê com naturalidade. “É um elenco muito bom, com muitos jogadores de qualidade na posição. A perda de espaço é normal pela chegada do treinador. Cabe a mim trabalhar no dia a dia, buscar meu espaço novamente e estar preparado para as oportunidades. Com um elenco recheado como o nosso, com jogadores de qualidade, todos terão oportunidades. É aproveitar da melhor maneira e buscar meu espaço no time titular. Essa briga sadia vai fazer o Atlético crescer e os atletas evoluírem, deixando a gente muito bem para as competições”, diz.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade