Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Equador chega e ganha 'reforço'

Primeira a desembarcar em BH, Seleção Equatoriana %u2013 que jogará duas vezes na capital mineira - teve apoio especial de armador atleticano no treino da noite


postado em 12/06/2019 04:18

A delegação do Equador chegou pela manhã em Confins, foi escoltada até hotel na Região Centro-Sul e, com a presença de Cazares, fez treinamento no Sesc Venda Nova(foto: Fotos: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
A delegação do Equador chegou pela manhã em Confins, foi escoltada até hotel na Região Centro-Sul e, com a presença de Cazares, fez treinamento no Sesc Venda Nova (foto: Fotos: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
  

Primeira seleção a desembarcar em Belo Horizonte para a Copa América, o Equador ganhou visita ilustre do armador atleticano Cazares ontem à noite, no Sesc Venda Nova, onde os jogadores fizeram treinamento. A equipe estreia contra o Uruguai, domingo, às 19h, no Mineirão, pelo Grupo C, que ainda conta com Chile (atual bicampeão) e Japão.

Depois de participar do treino do Atlético, na Cidade do Galo, Cazares foi visitar ex-companheiros com os quais atuou na seleção em anos anteriores. Com performance irregular pelo alvinegro nas últimas temporadas, o armador de 27 anos não tem sido chamado para o selecionado e ficou fora da Copa América. O meio-campista diz que vai assistir aos duelos entre equatorianos e uruguaios no Gigante da Pampulha. Ele curtirá 10 dias de férias durante a competição em solo brasileiro: “Vim para rever meus amigos de infância. Espero ver o jogo domingo e torcer por meu país”.

A preparação começou com treino leve no Sesc Venda Nova, sem exigir muito esforço dos jogadores. A delegação encarou um voo longo vindo de Dallas (EUA), onde a equipe perdeu amistoso diante do México por 3 a 2, no fim de semana. O desembarque em Confins, pela manhã, foi tranquilo, sem muita festa. Com segurança reforçada, batedores da polícia escoltaram a delegação até um hotel na Região Centro-Sul de BH.

A seleção chega à Copa América disposta a recuperar o brilho que a levou a disputar as Copas do Mundo de 2002 e 2006. Foi líder de boa fase das últimas Eliminatórias, mas caiu de rendimento na reta final e não se classificou para o Mundial na Rússia. Um dos mais conhecidos na lista de convocados é o zagueiro Arboleda, que joga pelo São Paulo. Ele entende que sua seleção poderá mostrar algo positivo no torneio: “A gente vem trabalhando para surpreender na competição, fazer bons jogos. Esperamos fazer boa Copa América”.

De volta à Seleção do Equador, depois de comandar o Panamá na Copa do Mundo da Rússia, o técnico colombiano Hernán Dario Gómez afirma que o favoritismo na estreia está do lado dos uruguaios: “O Uruguai tem um dos melhores técnicos do mundo, Óscar Tabárez. E tem também jogadores de muita hierarquia, que jogam em grandes equipes mundiais. É uma equipe que chega às fases finais das Copas do Mundo. É uma partida linda para nosso time”.

Ele descarta o Equador como uma das seleções mais fortes da competição e reconhece que ainda busca entrosamento: “É uma seleção ordenada. Temos bons jogadores, porém, está faltando trabalho. Os jogadores ainda estão se conhecendo. Temos jogado partidas importantes para corrigir nossos erros. Estamos tentando trabalhar bem, mas creio que teremos uma boa equipe para a competição”. Além dos uruguaios, os equatorianos farão uma segunda partida no Mineirão: encaram o Japão dia 24, às 20h.

A delegação veio para a Copa América com um problema de lesão. O volante Orejuela (ex-Fluminense) sofreu edema na coxa direita e corre risco de ficar fora da estreia. A comissão técnica equatoriana confirmou que ele permanecerá com o grupo. Ontem, ele acompanhou a equipe no Sesc Venda Nova, mas ficou em tratamento com o departamento de fisioterapia.

Uruguai  Adversários do Equador na estreia, os uruguaios seguem treinando em Montevidéu, têm chegada a BH prevista para amanhã e treino na Cidade do Galo à tarde. Grande astro da Celeste Olímpica, Suárez se recupera de cirurgia no joelho direito e sua participação no primeiro confronto da competição ainda é incerta.


Publicidade